08 maio 2016

Chuva de golos em jogo diabólico

video

Académico Viseu - Vila Chã Sá 5:5
Golos Académico Viseu: Rodrigo Coelho (10, 33, 60 min), Rodrigo Gaspar (34 min), Zé Mendes (43 min).
Golos Vila Chã Sá: Pedro Simão (21, 47 min), Pedro Mendes (27 min), Gustavo Oliveira (30 min), Zé Miguel (56 min)
Académico Viseu: Gustavo, Tiago Figueiredo, Miguel Sousa, Rodrigo Coelho, Rodrigo Gaspar, Gonçalo, Gonçalo Sousa, Zé Mendes, Pedro Fernandes, Tiago Santos e Bernardo Sequeira.
Treinador: Couto e Rúben.
Vila Chã Sá: Luís Carlos, Gustavo Oliveira, Francisco Figueiredo, Vitor Peixoto, Simão Cardoso, Pedro Mendes, Pedro Simão, Zé Miguel. 
Treinador: Filipe Cruz.
video
Os infantis sub12 academistas defrontavam a equipa do Vila Chã Sá.
A equipa forasteira entrou melhor na partida e no primeiro minuto Francisco Figueiredo remata colocado para uma primeira defesa de Gustavo. No minuto seguinte Pedro Simão desmarca bem Zé Miguel que isolado falha o mais fácil que seria o golo.
Aos 3 minutos cruzamento de Pedro Mendes para Zé Miguel rematar ao poste da baliza academista.
A resposta local dá-se na sequência de um canto marcador por Rodrigo Gaspar a solicitar Rodrigo Coelho que ao segundo poste cabeceia perto da baliza contrária.
O marcador viria a ser inaugurado aos 10 minutos quando Rodrigo Coelho sobre a linha final ganha o lance ao seu adversário e de ângulo apertado remata para o golo.
Aos 15 minutos canto de Rodrigo Gaspar para Miguel Sousa rematar forte obrigando Luis Carlos a boa defesa. No minuto seguinte novamente Rodrigo Gaspar a desmarcar desta vez Rodrigo Coelho que em boa posição remata bem mas vê o guarda-redes negar-lhe o golo.

O empate acabaria por acontecer num desequilibrio da defensiva academista quando Pedro Mendes consegue ser mais lesto que a defesa academista e centrar da melhor forma para Pedro Simão vindo de trás encostar para o golo.
Aos 25 minutos contra-ataque de Gonçalo a desmarcar da melhor forma Pedro Fernandes que isolado não consegue o melhor remate.
A cambalhota no marcador viria a acontecer aos 27 minutos quando Tiago permite uma a recuperação de bola a Pedro Mendes que já na área academista faz o remate que bate Gustavo.
Aos 29 minutos Gonçalo remata colocado vendo Luis Carlos a boa defesa.
Já sobre o apito para o intervalo novo golo viria a surgir quando Gustavo Oliveira num livre remata forte mas Gustavo é algo infeliz a defender e vê a bola rumar para as suas redes.
Derrota parcial dos academistas resultado de alguns erros defensivos que permitiram à equipa forasteira a cambalhota no marcador.
video
Ao contrário da primeira parte, os academistas entraram melhor nos derradeiros 30 minutos da partida e aos 34 minutos num bom lance individual ultrapassa dois defesas contrários e rematar para o golo academista.
No minuto seguinte Tiago Santos desmarca da melhor forma Rodrigo Coelho que no li
miar do fora de jogo consegue o remate que restabelece o empate na partida.
Aos 36 minutos Rodrigo Gaspar desmarca bem Rodrigo Coelho que surge isolado mas falha na direcção dada ao seu remate.
Na resposta Pedro Simão isolado permite a defesa do guarda-redes Gustavo.
Aos 43 minutos Zé Mendes aparece no local certo a fazer o golo após uma primeira defesa de Luís Carlos e assim colocar os academistas na frente do marcador novamente.
Três minutos depois Rodrigo Coelho em boa posição não consegue o golo quando os adeptos academistas já gritavam pelo golo.
Aos 44 minutos o empate viria a acontecer quando Francisco Figueiredo centra para Pedro Simão de primeira rematar forte para o golo.

Quatro minutos depois Miguel Sousa num livre obriga Luís Carlos a trabalhos reforçados a evitar o golo academista. No seguimento do canto Rodrigo Gaspar marca o mesmo para ao segundo poste aparecer Gonçalo Sousa, solto de marcação, cabecear ao lado da baliza forasteira.
Aos 51 minutos Pedro Mendes remata colocado vendo o poste devolver o mesmo. Na resposta é Gonçalo Sousa a ter a mesma sorte e assim o empate continuava a mandar no marcador.
Aos 56 minutos, nova cambalhota no marcador viria a acontecer quando Francisco Figueiredo bem solicitado por Zé Miguel, remata de primeira para o golo que coloca a equipa do Vila Chã de Sá na frente do marcador.
Os academistas não baixam os braços e no minuto seguinte Rodrigo Coelho desmarca da melhor forma Gonçalo Sousa que na altura do remate escorrega e desperdiça assim uma ocasião flagrante para o empate.
Esse empate viria a acontecer à passagem do minuto 59 quando num canto marcador por Rodrigo Gaspar, Rodrigo Coelho aparece a ser mais lesto que a defesa contrária e rematar da melhor forma para o golo.
Empate que se ajusta num jogo diabólico onde as constantes mudanças do marcador tornaram o jogo empolgante até ao apito final.   

Outros resultados:
Mangualde - Viseu Benfica 4:0
Viseu 2001 - Viriatos 3:6
Dínamo Estação - Quintela Orgens :

Sem comentários: