31 outubro 2015

Benjamins com primeira parte dominadora conquistam nova vitória

Oliveira Frades - Académico Viseu 4:6
Golos Académico: Gui Neves (2), Miguel, António Cunha, Sequeira e David Carriço.
Académico Viseu: David Ribeiro, João Miguel, Daniel Antunes, António Cunha, André Faria, Gabriel Gonçalves, Miguel Cardoso, Guilherme Neves, Bernardo Sequeira,  David Carriço, Tiago Santos e Tomás Fonseca.
Treinador: Coelho.

NOTA: Gostaria de pedir ajuda na elaboração da noticia. Desta forma queria pedir ajuda e assim quem assistiu ao jogo, pedia que me mandasse informações sobre o mesmo para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Nelas - Dínamo Estação 2:14
Sátão - Penalva Castelo 11:2
Lusitano Vildemoinhos - Vouzelenses 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu22001946
Dínamo Estação11001423
Lusitano Vildemoinhos21011043
Viseu Benfica1100613
Sátão21011283
Oliveira Frades 2101983
Vouzelenses2101463
Penalva Castelo20024200
Nelas B20022270

Melhor o resultado que a exibição em nova vitória junior academista

video

Académico Viseu - Estação 1:0
Golo Académico Viseu: João Lage (44 min)
Académico Viseu: Tiago Marques, Caramelo, Rodrigo, Pedro Santos (Tiago Francisco,30 min), Tigas, Kiko (Gonçalo, 64 min), Bié, Rafa, Benjamim (Simão, 83 min), João Lage e Rafael Barreiros.
Suplentes não utilizados: Elísio, Tiago Lopes, David, Diogo Ribeiro.
Treinador: Rui Lage.
Estação: André Sucena, João Oliveira, Diogo Fonte, Tinga, Maia(Francisco Pereira, 86 min), Luis Proenca, Telhas, José Ramos (João Pimenta, 67 min), João Gonçalves, Pedro Ramos e Diogo Almeida (Fábio Marques, 72 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Pombo, Djibril Cante, Miguel.
Treinador: Paulo Santos.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Bié (42 min), Tigas (47 min), João Lage (87 min)
Estação: Telhas (52 min), João Oliveira (80 min)
Árbitro: Hugo Geraldes, Auxiliares: José Bicho e Hugo Amaral. (A.F. Guarda)
Os juniores academistas defrontam a equipa do Estação no jogo que marca o encerramento da primeira volta do Campeonato Nacional de Juniores.
Inicio de partida com mais posse de bola dos academistas mas ainda sem perigo para ambas as balizas. Aos 18 minutos surge a primeira ocasião de golo para a equipa do Estação com Luis Proença solto de marcação e perante Tiago Marques rematar ao lado da baliza academista.
Dez minutos depois novo remate de Luis Proença com algum perigo para a baliza local. Aos 33 minutos boa subida de Rafael Barreiros a centrar mas sem nenhum dos seus colegas dar o melhor seguimento ao mesmo.
Três minutos depois centro de Diogo Fonte para Pedro Ramos ter um remate pronto e obrigar Tiago Marques a boa defesa a evitar o golo forasteiro.
Aos 44 minutos o marcador viria a ser inaugurado para os academistas quando João Lage responde da melhor forma a um livre na ala direita do ataque academista.
Golo na altura certa que assim dá uma vantagem aos academistas.

A segunda parte começa com a equipa do Estação a ter mais posse de bola na procura do golo do empate. Com isso os academistas estão mais recuados no terreno.
Aos 62 minutos livre marcado por João Oliveira a obrigar Tiago Marques a boa defesa.  No minuto seguinte Pedro Ramos remata de muito longe para defesa atenta do guarda-redes local.
Aos 69 minutos grande remate de Gonçalo ao qual André Sucena voa e tem uma grande defesa. No seguimento do canto Tigas marca bem o mesmo e Bié cabeceia um pouco ao lado.
Partida jogada a um ritmo lento sem grandes momentos de interesse e só aos 93 minutos é que isso aconteceria num remate de Francisco Pereira.
Resultado melhor que a exibição para os academistas que assim conseguem alargar a sua vantagem na luta pelo 2º lugar na prova.

Out: ritmo partida. Foi um jogo algo tristonho em que ambas as equipas se mostraram algo desinspiradas na componente ofensiva e com isso as ocasiões de perigo contam-se com os dedos de uma mão.
In: golo academista. Foi o ponto mais quente, numa partida jogada a ritmo algo baixo e frio. Num lance de bola parada o golo saiu da cartola de João Lage que assim consegue dar a vitória aos academistas.

Outros resultados:
Desportivo Castelo Branco - Naval 0:0
Marinhense - Vigor Mocidade 2:3
Anadia - S.L Marinha 5:1
Beira Mar - Gouveia 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Naval981030625
Académico Viseu952215717
Marinhense9342151113
Beira Mar9342131513
Vigor Mocidade9333141512
Gouveia923413189
Anadia923411159
SL Marinha922510238
Estação91 4411227
D.Castelo Branco914410107

28 outubro 2015

Juvenis academistas vencem derby citadino

Académico Viseu - Viseu Benfica 3:0

NOTA: Gostaria de pedir ajuda na elaboração da noticia. Desta forma queria pedir ajuda e assim quem assistiu ao jogo, pedia que me mandasse informações sobre o mesmo para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Estrela Mondego - Viseu 2001 4:4
Carregal Sal - Mangualde 1:1
Mortágua - Santo André 15:0
Lusitano Vildemoinhos - Molelos 8:0
Ranhados - Nelas 0:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos33002429
Mortágua33002319
Académico Viseu33001509
Molelos3201986
Viseu 20013111974
Carregal Sal3111564
Nelas2101433
Estrela Mondego3021682
Viseu Benfica3012381
Mangualde30123122
Ranhados30030200
Santo André20020260

Benfiquistas com pé quente goleiam infantis academistas

CFT Viseu - Académico Viseu 11:0

NOTA: Gostaria de pedir ajuda na elaboração da noticia. Desta forma queria pedir ajuda e assim quem assistiu ao jogo, pedia que me mandasse informações sobre o mesmo para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
ViseuBenfica - Dínamo Estação 3:0
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 6:0
Repesenses - Viseu 2001 0:5
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
CFT Viseu11001103
Lusitano Vildemoinhos1100603
Viseu 20011100503
Viseu Benfica1100303
Dínamo Estação1001030
Repesenses1001050
Penalva Castelo1001060
Académico Viseu10010110

25 outubro 2015

Vitória benfiquista em jogo de muito nervo

video

Académico Viseu - Viseu Benfica 3:5
Golo Académico Viseu: Bernardo (11 min), Carlos (51 min), Rafael Correia (55 min)
Golo Viseu Benfica: Viriato (14 min), Gonçalo (23, 26 min), Caldeira (31 min), Viriato (60 min)
Académico Viseu: Rafael Correia, Tiago Varela, Carlos, Jéssica, Filipe, Tomás, Bernardo, Martim, Miguel Miragaia, Edgar, Francisco Santos e Rodrigo Santos.
Treinador: Fábio.
Viseu Benfica: Gui Rocha, Viriato, Rodrigo Amaral, João Pedro, Caldeira, Rodrigo Martins, Carvalhinha, David, Gonçalo Almeida, Gonçalo Nunes, Gabriel Costa e Telmo.
Treinador: Leão.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Bernardo (16 min)
Árbitro: Paulo Amaral e Dylan Fernandes.
video

Os infantis academistas após folgarem na jornada anterior defrontam a equipa do Viseu Benfica.
Início de partida com mais posse de bola dos benfiquistas a empurrarem os academistas para terrenos mais atrasados do qual saiem em rápidos contra-ataques.
Aos 6 minutos primeira grande oportunidade para o golo quando Viriato sobre a linha final centra bem e vê a bola passar toda a linha de golo sem nenhum colega conseguir o toque para o golo.
Três minutos lance contestado na área benfiquista com Bernardo a entrar bem na área benfiquista parecendo ser tocado em falta. Contudo em cima do lance o árbitro manda seguir o lance, ficando a dúvida.
Aos 11 minutos o marcador viria a ser inaugurado numa grande penalidade a castigar falta sobre Martim. Chamado a marcar Bernardo remata forte de nada valendo a defesa ainda de Gui Rocha.
Dois minutos lance de perigo num livre marcado por Viriato ao qual Rafael Correia responde com boa defesa.
Aos 14 minutos surge o empate de forma justa num canto marcado por Gabriel Costa com a bola a chegar a Viriato que remata forte e colocado para o golo.
Partida bastante disputada e de muito frenesim também nas bancadas.
Os academistas parecem algo afastados do jogo e aos 23 minutos a cambalhota no marcador viria a acontecer num lance de bola parada com a bola a chegar a Gonçalo que remata cruzado fazendo o golo.
Aos 26 minutos novo golo benfiquista quando num lançamento lateral bem marcado por Viriato a bola chega a Gonçalo que isolado faz o remate que resulta no terceiro golo forasteiro.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos benfiquistas que se ajusta ao maior ascendente da equipa vermelha.

Aos 31 minutos Caldeira consegue ser mais forte que Jéssica e perante Rafael Correia faz o golo. No minuto seguinte Gonçalo Almeida tem um centro atrasado com Gonçalo Nuno a rematar ao poste da baliza academista.
Quatro minutos depois Edgar desmarca bem Bernardo que remata perto da baliza benfiquista. Os academistas têm mais posse de bola e procuram o golo mas por vezes sem o melhor discernimento.
Aos 42 minutos remate forte de Viriato ao qual Rafael Correia responde com boa defesa. Cinco minutos depois Simão Carvalhinha sobe bem no terreno e obriga Rafael a boa defesa. No minuto seguinte é David a obrigar o guarda-redes academista a nova boa defesa.
Aos 51 minutos lançamento longo de Rafael Correia a desmarcar Carlos que se superioriza ao seu adversário e faz o golo que anima os academistas.
A emoção no resultado aumenta quando num livre marcado de forma eximia que resulta no terceiro golo da equipa academista.
Aos 58 minutos lançamento lateral de Viriato com Simão Carvalhinha a cabecear ao poste.
Grande penalidade a castigar falta de Bernardo. Chamado a marcar Viriato faz o golo que coloca o ponto final no resultado.
Aos 62 minutos remate de Rafael Correia à barra e na sobra o avançado academista não consegue o golo final.
Péssima arbitragem que foi acumulando vários erros em prejuízo de ambas as equipas tornando-se o ponto negativo desta partida.
Out: dupla de arbitragem. Sei que todos erram mas a dupla de arbitragem esteve menos bem e acumulou muitos erros em prejuízo de ambas as equipas e com isso o seu trabalho foi o foco de contestação. 
In: emoção. Foi um jogo nem sempre bem jogado mas com muita raça e querer de ambas as equipas. A emoção esteve sempre presente e o resultado este em aberto quase que até ao apito final.
Melhor em campo: Viriato. Um jogador forte fisicamente e que sabe bem os terrenos que pisa tanto a defender como a atacar. Foi um patrão da sua equipa e a sua exibição viria a ser coroada com o golo que sentenciou a vitória da sua equipa.

Outros resultados: 
Dínamo Estação - Viriatos 4:3
Pinguinzinhos - Penalva Castelo 2:1
Sátão - Vouzelenses 6:0
Oliveira Frades - Viseu 2001 3:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Pinguinzinhos440017212
Dínamo Estação440018512
Sátão440017812
Lusitano Vildemoinhos32101957
Viseu 2001410310133
Viseu Benfica 31027103
Académico Viseu310211103
Viriatos2011561
Oliveira Frades20025100
Penalva Castelo30034140
Vouzelenses 40041310

24 outubro 2015

Lider navalista vence juniores academistas

Naval 1º Maio - Académico Viseu 3:0
Golos Naval 1º Maio: David (34 min, p.b), Mica (52 min), JP (85 min)
Naval 1º Maio: Carlos, Bernardo, Soqueiro, Wilson (Toca, 67 min), Gonçalo, Matos, Gil, Monteiro ( Xavier, 76 min), Mica, Flávio (Djibi, 55 min) e JP.
Suplentes não utilizados: Igor, Pina, Loic e Ari.
Treinador: Marinho Serpa.
Académico Viseu: Elisio, Tiago Lopes, Pedro, Tigas, Rafael Barreiros, Gonçalo (João Lage, 75 min), Benjamim, David (Caramelo, 56 min), Kiko, Tiago Francisco (Rafa Santos, 55 min) e Bié.
Suplentes não utilizados: Tiago Marques, Diogo, Rodrigo e Simão.
Treinador: Rui Lage.
Cartão amarelo:
Naval 1º maio: Wilson (31 min) e Bernardo (84 min)
Académico Viseu: David (24 min)
Àrbitro: Cátia Tavares, Auxiliares: Beatris Campos e Fábio Oliveira (A.F. Coimbra)

Os juniores academistas deslocavam-se à Figueira da Foz para defrontar a equipa local do Naval 1º Maio.
Os viseeenses procuravam ser o primeiro clube a bater o pé ao lider ainda invicto na prova.
Foi um jogo bastante disputado mas onde os navalistas mostraram-se superiores aos academistas desde o inicio da partida e foram apertando o cerco à defensiva academista que viria a ser materializado no abrir do marcador aos 34 minutos num lance infeliz de David que introduz a bola nas suas redes.


Era um resultado que ainda não fazia os academistas desistir e com isto os mesmos entraram mais subidos no terreno na procura do empate.
Contudo esta subida territorial revelou-se fatal pois numa perca de bola, recuperada por JP e consegue galgar terreno num forte arranque ultrapassando vários defesas academistas e na altura cerca servir da melhor forma Mica que encosta da melhor forma para o segundo golo da equipa local.
O resultado final viria a ser materializado aos 85 minutos numa grande penalidade marcada desta vez por JP e a assim os navalistas alcançam uma vitória que lhes permite continuar a sua marcha 100% vitoriosa.

Outros resultados:
Gouveia - D. Castelo Branco 3:2
Estação - Marinhense 2:2
Vigor Mocidade - Anadia 4:1
S.L. Marinha - Beira Mar 3:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Naval880030624
Académico Viseu842214714
Marinhense834113813
Beira Mar8332111312
Vigor Mocidade823311139
SL Marinha82249188
Gouveia822411168
Estação81 4311217
D.Castelo Branco813410106
Anadia81346146

Chuva de golos em exibição academista de um só sentido

video

Académico Viseu - Nelas B 13:0
Golos Académico Viseu: Tiago Santos (1, 19, 20 min), Miguel Cardoso (8 min), António Cunha (16, 42 min), Daniel Antunes (18 min), Henrique (35 min, autogolo), Guilherme Neves (41, 44,45, 46, 49 min)
Académico Viseu: Bernardo Coelho, Daniel Antunes, António Cunha, André Faria, Gabriel Gonçalves, Miguel Cardoso, Guilherme Neves, Bernardo Sequeira, David Ribeiro, David Carriço, Tiago Santos e Tomás Fonseca.
Treinador: Coelho.
Nelas B: Marcelo Pais, Ricardo Rodrigues, Henrique Santiago, Guilherme Marques, Guilherme Pinto, Tiago Almeida, João Rosas, Miguel Amaral, António Madeira, Carlos Marques e Francisco Lopes.
Treinador: Rui Dias.
video

Os benjamins sub11 academistas entraram de rompante na partida e logo no primeiro minuto viriam a conseguir obter o primeiro golo logo no minuto inicial quando Tiago Santos remata de muito longe e vê a bola passar por debaixo das pernas de Marcelo sem este conseguir a defesa.
Estava aberto o marcador que poderia ter sido ampliado aos 4 minutos quando Miguel Cardoso centra bem mas nenhum seu colega consegue dar o melhor seguimento ao mesmo.
Quatro minutos depois Miguel Cardoso remata de muito longe e vê o mesmo só parar quando se anicha nas redes da baliza nelense.
A equipa academista dominava por completo a partida e ficaria perto do golo primeiro num remate de Guilherme Neves e depois por António Cunha que vê o seu remate ser devolvido caprichosamente pela base do poste da baliza forasteira.
O terceiro golo dos academistas viria a ser alcançado por António Cunha que é mais lesto que a defensiva contrária e perante Marcelo faz o golo que dá uma maior segurança à sua equipa.
Aos 17 minutos é a vez de David Carriço ver o seu remate ser devolvido pelo poste.
video
Aos 18 minutos Daniel Antunes descaído na esquerda da área nelense desfere um remate forte e cruzado batendo Marcelo e assim fazer o quarto golo da sua equipa.
Era um período de grande pressão dos academistas que viriam a conseguir novo golo no minuto seguinte num remate forte de Tiago Santos.
O mesmo jogador viria a fazer o hattrick aos 20 minutos quando remata colocado de nada valendo o esforço de Marcelo.
Aos 22 minutos André Faria desmarca David Carriço que em boa posição remata fraco gorando-se assim uma boa ocasião de golo.
Sobre o apito para o intervalo é a vez de Miguel Cardoso rematar muito perto da baliza forasteira.
video
A segunda parte começa com a mesma tónica ou seja a baliza nelense e aos 29 minutos Bernardo Sequeira liberta bem David Carriço que em boa posição não consegue o remate para o golo.
Aos 34 minutos remate de Tiago Santos para defesa atenta de Marcelo. No minuto seguinte remate de Tomás com a bola ainda embater em Henrique que faz a bola ruma para a baliza nelense. Lance algo infeliz do jogador forasteiro.
Aos 36 minutos primeiro Tiago Santos e depois Guilherme Neves vêm Marcelo nas duas situações negar-lhes o golo.
Aos 41 minutos António Cunha tem uma boa jogada libertando da defensiva contrária centrando da melhor forma para Guilherme Neves aparecer a encostar para o golo.
No minuto seguinte António Cunha remata de muito longe que só para nas redes contrárias estando feito desta forma o nono golo da equipa academista.
O décimo golo não tardaria pois viria a acontecer aos 44 minutos quando Guilherme Neves aproveita o espaço dado pela equipa contrária e desta forma rematar bem para novo golo.
Aos 45 minutos Miguel Cardoso desmarca bem Guilherme Neves que recebe bem e consegue rodar ganhando espaço para o remata que resulta em novo golo.
O mesmo jogador viria a conseguir novo golo no minuto seguinte desta vez num pontapé de muito longe que bate novamente a oposição de Marcelo.
O marcador viria a ser alterado pela última vez aos 49 minutos com Guilherme Neves a conseguir rematar bem fazendo o quinto golo da conta pessoal e assim contribuindo da melhor forma para a vitória final da sua equipa.
Arbitragem sem reparos num jogo fácil e onde os academistas acabam por sair vitoriosos num jogo de um só sentido.
video
Out: debilidades forasteiras. A equipa do Nelas mostrou-se algo frágil sem conseguir criar perigo para a baliza academista e ao longo dos 50 minutos da partida estiveram algo remetidos ao seu meio campo muito fruto da pressão academista.
In: superioridade academista. Os academistas desde o inicio se mostraram mais rápidos que a equipa contrária e com isso ganhar o ascendente na partida que tornou o jogo num só sentido: o da baliza nelense. Sempre que acelerou o ritmo conseguiu os golos que lhe permitem alcançar uma gorda goleada.

video


Outros resultados:
Vouzelenses - Oliveira Frades :
Viseu Benfica - Sátão 6:1
Penalva Castelo - Lusitano Vildemoinhos 2:9
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu11001303
Lusitano Vildemoinhos1100923
Viseu Benfica1100613
Dínamo Estação0000000
Vouzelenses0000000
Oliveira Frades 0000000
Sátão1001160
Penalva Castelo1001290
Nelas B10010130
Penalva Castelo30034140
video

Despertar resulta em vitória academista

video
Académico Viseu - Santo André 7:4
Golo Académico Viseu: Rodrigo Almeida (13 min), Duarte Carmo (22 min),  Guilherme Duarte (24, 40, 42 min), João Pedro (34 min), Luis Miguel (41 min)
Golos Santo André: Francisco (7, 30 min), João Couto (9 min), Duarte Carmo (45 min, p.b)
Académico Viseu: Denis, Gustavo, Luis Paiva, Tomás Pinto, Duarte Carmo, David Matos, Guilherme Duarte, Rodrigo Almeida, João Pedro, Tiago Silva e João Paulo.
Treinador: Tiago.
Santo André: Francisco, Rui, João Couto, Simão Lopes, Guilherme Pinto, João Andrade, Miguel Pinto, Rodrigo Saraiva, Bernardo Almeida, André Azevedo, Loureiro, Francisco e Pedro.
Treinador: Tó e Fernando.
Árbitro: Fábio Lopes.

Os benjamins sub10 academistas defrontam a equipa do Santo André. Primeiro remate cabe aos forasteiros sendo Simão Lopes o autor do mesmo.
Aos 2 minutos grande defesa de Denis a responder a um cabeceamento no sentido contrário de Luis Paiva.
Cinco minutos depois o marcador viria a ser inaugurado após remate de Francisco onde Denis parece ser algo mal batido.
Aos 9 minutos novo golo da equipa do Santo André com um remate forte de João Couto após defesa de Denis.
No minuto seguinte novo lance de perigo para os forasteiros quando Luis Paiva perde a bola
Aos 13 minutos a desvantagem academista viria a ser reduzida quando após má reposição de bola por parte de Francisco esta chega a Rodrigo Almeida que faz um remate cruzado que resulta no golo.
No minuto seguinte novo lance de perigo para os academistas mas ao qual Francisco responde com boa defesa a evitar o empate.
Aos 18 minutos cruzamento de Rodrigo Almeida com João Paulo a chegar atrasado ao mesmo.
O empate viria a acontecer aos 20 minutos num remate de Duarte Carmo após defesa de Francisco.
A reviravolta no marcador viria a acontecer aos 24 minutos quando após remate de Luis Paiva a bola chega a Guilherme Duarte que sobre a linha faz o golo.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas numa cambalhota do marcador fruto de uma subida de rendimento após uma entrada adormecida.

Aos 30 minutos boa jogada individual de Francisco que sobe bem no seu corredor e perante Denis faz o golo. Quatro minutos depois os academistas viriam a colocar-se novamente na frente do marcador num remate do meio da rua de João Pedro que bate Francisco.
Aos 38 minutos grande defesa de Denis a responder em grande nível a remate de Loureiro. Dois minutos depois Guilherme numa jogada de insistência consegue ganhar alguns ressaltos que o levam a isolar-se perante Francisco e desta forma encostar para o golo.
Aos 41 minutos Luis Miguel aparece a fazer o sexto golo aproveitando uma defesa incompletade Francisco após remate de Tomás.
Desentendimento entre Francisco e Loureiro, bem aproveitado por Guilherme que perante a baliza deserta faz um golo simples.
Aos 45 minutos novo golo viria a surgir por intermédio de André Azevedo que cruza e Duarte Carmo é algo infeliz e introduz a bola nas suas redes.
Chega-se ao final da partida de uma vitória que se ajusta aos academistas que apesar de uma entrada algo adormecida conseguiram reagir da melhor forma e a partir dos 15 minutos arrancar para uma vitória.

Out: entrada academista. Os academistas entraram adormecidos na partida e com isso viram o seu adversário conseguir alcançar uma vantagem de dois golos de forma justa. O despertador tardou mas ainda chegou bastante a tempo de alcançar uma vitória.
In: componente ofensiva. As duas equipas mostraram uma forte inclinação ofensiva que os levou a alcançar um grande nível de golos (11) levando sem dúvida a melhor à componente defensiva. Uma valente "chuvada" de golos num jogo emotivo.
Melhor em campo: Francisco. Foi um verdadeiro quebra-cabeças para a defensiva academista e a sua exibição merece um verdadeiro destaque. Premiou a sua exibição com a obtenção de dois golos, onde a jogada do segundo fica na retina. Um pequeno jogador com uma enorme exibição,

Outros resultados:
Vila Chã Sá - Dínamo Estação 0:5
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 16:0
Repesenses - Viseu Benfica 5:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses22001026
Viseu 200111001603
Viseu Benfica21011173
Mangualde1100203
Dínamo Estação2101553
Académico Viseu21019130
Sandro André1001470
Vila Chã Sá2002070
Lusitano Vildemoinhos10010160

17 outubro 2015

Juniores unidos vencem e sobem na tabela classificativa

video

Académico Viseu  - D. Castelo Branco 2:1
Golos Académico Viseu: Benjamim (27 min), Gonçalo Sousa (34 min)
Golo D. Castelo Branco: Pedro Santos (81 min)
Académico Viseu: Elísio, Tiago Lopes, Pedro Santos, Tigas, Caramelo (João Lage, 80 min), Gonçalo Sousa, Benjamim, Kiko (Rafael Barreiros, 71 min), Tiago Laranjeira, Simão (Rafa Santos, 65 min), Bié.
Suplentes não utilizados: Tiago Marques, Carlos Santos, Diogo Ribeiro, David Aguiar.
Treinador: Rui Lage.
D. Castelo Branco: Roque, Salvado, Caramelo, Gely, Toni, Manecas, Carrola (Pombo, 68 min), Luis Vaz, Bernardo, Pedro Jorge e Serra (Pedro Santos, 55 min).
Suplentes não utilizados: Capinha, Alex, Algarvio, Marques, Castela.
Treinador: Nuno Esteves.
Cartão amarelo:
D.Castelo Branco: Toni (72 min), Manecas (74 min)
Àrbitro: Cláudio Durães, Auxiliares: Bruno Alexandre, Sérgio Guelho.

Os juniores academistas defrontam a equipa do D. Castelo Branco.
Inicio de partida equilibrado com o primeiro lance de perigo a surgir à passagem do minuto 14 quando Simão bem liberto por Kiko perde algum remate para o golo gorando assim uma boa ocasião para inaugurar o marcador.
No minuto seguinte é Caramelo a rematar perto da baliza albicastrense.
Aos 16 minutos é a vez de Carrola responder com um remate sem a melhor direcção.
Sobre os 20 minutos grande defesa de Roque a responder em grande nível a remate de Simão.
O marcador viria a ser inaugurado à passagem do minuto 27 na sequência da marcação de um livre a castigar falta sobre Kiko. Marcado de forma exemplar por Benjamim a bola só para nas redes forasteiras.
Sobre os 32 minutos Luis Vaz aparece em boa posição a rematar para defesa de Elísio.
A vantagem academista viria a ser ampliada aos 34 minutos numa grande jogada individual de Gonçalo Sousa que se liberta da defensiva contrária e perante Roque faz a bola o sobrevoar e só parar nas redes albicastrenses.
Aos 38 minutos Pedro Jorge remata perto da baliza academista. Dois minutos depois é Gonçalo Sousa a rematar bem para defesa complicada.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas que acaba por se ajustar.
O primeiro remate da segunda parte acontece aos 47 minutos tendo em Carrola o autor do mesmo.
A segunda parte joga-se a um ritmo bastante lento e onde o perigo está bastante longe de acontecer em ambas as balizas.
Para quebrar a monotonia aos 66 minutos surge o remate de Carrola.
À entrada dos dez minutos finais a equipa forasteira entra em jogo quando após perca de bola de Bié a bola sobra para Pedro Santos que de muito longe faz o golo que relança a partida.
Aos 85 minutos Rafa Santos centra para João Lage cabecear da melhor forma valendo a defesa de Roque.
No primeiro minuto de descontos Bié quase que faz o golo num remate que passa rente ao poste da baliza forasteira.
Vitória que acaba por se ajustar pelo maior ascendente dos academistas ao longo da partida.

Outros resultados:
Marinhense - Naval 1:2
Anadia - Estação 1:1
Beira Mar - Vigor Mocidade 2:2
Gouveia - SL. Marinha 0:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Naval770027621
Académico Viseu742114414
Marinhense733112712
Beira Mar7331101012
Estação71 3310206
D.Castelo Branco7133876
Anadia71335106
Vigor Mocidade71337126
SL Marinha71246175
Gouveia71248145

11 outubro 2015

Juvenis entram em prova com pé direito

Estrelas Mondego - Académico Viseu 0:2
Golos Académico Viseu: Guga e Silva.
Académico Viseu: Palhares, Filipe. Nuno, Leo, Rodrigo, Nené, Miguel Oliveira, Totti (Vitória), Monteiro, Guga (Silva) e Gustavo (Rúben).
Suplentes não utilizados: Tomé, Costa, Vouzela, David.
Treinador: Roger e Pedro

Os juvenis academistas deslocaram-se a Abrunhosa a Velha para defrontar a equipa do Estrelas do Mondego.
Os viseenses viriam a colocar-se na frente do marcador logo no primeiro minuto sendo o Guga o autor do golo.
Num terreno pequeno e algo irregular o futebol nem sempre foi bem praticado, com a bola a ser jogada muito pelo ar e com isso a qualidade não foi a melhor.
Os academistas foram sempre controlando a partida e viriam a conseguir marcar mais um golo na segunda parte e com isso carimbar a primeira vitória na prova.

NOTA: Gostaria de pedir ajuda a quem assistiu a esta partida e que me possa disponibilizar alguma ajuda para a enviar para: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Ranhados - Molelos 0:6
Lusitano Vildemoinhos - Mangualde 5:2
Mortágua - Viseu 2001 2:1
Carregal Sal - Viseu Benfica 3:1
Nelas - Santo André :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Molelos1100603
Lusitano Vildemoinhos1100523
Carregal Sal1100313
Académico Viseu1100203
Mortágua1100213
Nelas0000000
Santo André0000000
Viseu 20011001120
Viseu Benfica1001130
Estrelas Mondego 1001020
Mangualde 1001250
Ranhados 1001060

Iniciados com entrada em prova vitoriosa

Académico Viseu - Penalva Castelo 2:0
Golos Académico Viseu: Leo, Polónio.
Académico Viseu: Zé, Chico, Gaby, Kiki, Tó, Vasco (Teixeira), Costinha (Gonçalo), André Amaral (Leandro), Leo, Polónio e Rúben (Pedro).
Treinador: Carlos Santos.

Os iniciados academistas entraram com o pé direito nes Campeonato Distrital de Iniciados, com uma vitória frente à equipa do Penalva Castelo.
O golo inuagural seria alcançado na marcação de um livre marcado por Leo que assim bate da melhor forma o guarda-redes forasteiro.
Na segunda parte seria Polónio a conseguir fazer o segundo golo da equipa academista e desta forma a turma local alcança uma vitória que se ajusta.

Outros resultados:
Sátão - Viseu United 2:2
Viseu 2001 - Repesenses 2:1
Viriatos - Vouzelenses 2:1
Viseu Benfica - Lusitano Vildemoinhos 0:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu1100203
Viseu 20011100213
Viriatos1100213
Viseu United1010221
Sátão1010221
Lusitano Vildemoinhos1010001
Viseu Benfica1010001
Oliveira Frades0000000
Vouzelenses1001120
Repesenses 1001120
Penalva Castelo 1001020

Infantis com primeira parte de bom nível conquistam vitória

Oliveira Frades - Académico Viseu 2:6
Golos Académico Viseu: Carlos 2, Bernas 3, Filipe.
Académico Viseu: Rafael Correia, Tiago, Jéssica, Martim, Carlos, Bernardo, Tiago, Nuno, Tomás, Santos, Edgar e Miguel.
Treinador: Fábio Mendes.

Os infantis academistas, após a algo surpreendente derrota em casa na primeira jornada, deslocava-se a Oliveira de Frades para defrontar a equipa local.
Os viseenses entraram da melhor forma na partida e viriam a inaugurar o marcador aos 2 minutos tendo Carlos como o autor do golo.
O mesmo jogador viria a bisar na partida quando após livre de Rafael Correia, o avançado academista aproveita a bola deixada pelo guarda-redes local e assim ampliar a vantagem academista.
Os academistas dominavam a partida e Bernardo viria também ele a colocar o seu nome nos marcadores da partida, com um grande remate fazendo o melhor golo da partida.
Apesar da equipa local procurar reagir à desvantagem, os viseenses viriam a marcar o quarto na partida quando Filipe consegue uma boa jogada individual, ultrapassando vários oponentes e em boa posição fazer o golo.
O intervalo viria a chegar com os academistas a conseguirem ainda mais um golo tendo em Bernardo a autoria do mesmo.
A segunda parte seria marcada por várias experiências a niveis posicionais dos jogadores academistas e com isso a equipa local viria a equilibrar a contenda e isso permite-lhes a obtenção de um golo.
Contudo os academistas viriam a reagir da melhor forma com Bernardo a conseguir novo golo onde o guarda-redes local não fica bem na fotografia.
Até ao final da partida os locais viriam a conseguir reduzir a sua desvantagem mas sem conseguir em perigo a vitória final dos academistas que assim dão uma boa resposta a derrota inicial na prova.

Outros resultados:
Pinguinzinhos - Viseu 2001 3:1
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 8:2
Dínamo Estação - Vouzelenses 7:0
Sátão - Viseu Benfica :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos22001836
Dínamo Estação2200916
Pinguinzinhos2200716
Sátão1100323
Académico Viseu2101853
Viriatos0000000
Oliveira Frades1001260
Penalva Castelo1001280
Viseu 20012002250
Viseu Benfica 1001040
Vouzelenses 20021170