27 abril 2014

Infantis goleadores entram em grande na fase de título

Resende - Académico Viseu 3:8
Golos Académico Viseu: Rafa 2, Vasquinho 2, António, Gonçalo, Raul e Rodrigo.

Académico Viseu: Mário, Xico, Nuno, Raul, Gonçalo, André, Rafael, Miguel, Rodrigo, Vasquinho, Luiz, Antonio.
Treinador: Carlos Lopes e Joel.

Os infantis sub12 academistas deslocavam-se a Resende para defrontar a equipa local.
Antevia-se um jogo complicado pois os locais ainda não tinham conhecido o amargo travo da derrota em jogos oficiais mas onde os academistas em nítida subida de forma procuravam ser os primeiros a derrota-la.
Num jogo jogado taco-a-taco os academistas foram-se conseguindo superiorizar e viriam ainda antes do intervalo marcar por duas situações e assim dar uma vantagem no marcador que se ajustava para os academistas.
Os academistas entraram na segunda parte de forma dominadora e em dez minutos quase que sentenciaram a partida com a obtenção de 4 golos.
O Resende reagiu conseguindo reduzir a sua desvantagem mas os academistas nunca deixaram que essa reação coloca-se em jogo a sua vantagem e desta forma alcançam uma vitória importante num terreno sempre complicado e frente a um adversário que tudo fez para conquistar outro resultado.


NOTA: Gostava de solicitar uma ajuda a quem assistiu a esta partida e que possa ajudar na elaboração da noticia que me envie dados para para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com!

Outros resultados:
Repesenses - CFT Viseu 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu1100833
CFT Viseu1010111
Repesenses1010111
Resende1001380

Juniores vencem e agarram a esperança da manutenção com todo o querer

video
Oliveira Frades - Académico Viseu 1:2

Os juniores academistas deslocaram-se a Oliveira de Frades para defrontar a equipa local, num confronto importante para ambas as equipas na luta pela manutenção.
Os academistas apesar de começar na situação de desvantagem no marcador conseguiram mostrar um forte querer e entrega que lhes permitiu dar a cambalhota no marcador e assim alcançar uma vitória importante.

NOTA: Gostava de solicitar uma ajuda a quem assistiu a esta partida e que possa ajudar na elaboração da noticia que me envie dados para para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com!

Outros resultados:
Tocha - Núcleo Guarda 0:0
Tourizense - Estação 3:2
Leiria Marrazes - Mealhada 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tourizense12633191256
Mealhada12363171547
Tocha12543131147*
Núcleo Guarda12552201541
Oliveira Frades1272313939
Académico Viseu12327202136*
Leiria Marrazes12426131530
Estação12129173416

Juvenis ganham e caminham a passos largos para manutenção

Académico Viseu - Marinhense 2:1

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida e tenha informações sobre o mesmo que me envie por favor para o mail: jorge.miguel,sa@gmail.com. O meu obrigado desde já!

Outros resultados:
Repesenses - Núcleo Guarda 6:0
Sp. Covilhã - Anadia 2:0
Naval - Beira Mar 0:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Beira Mar10523231047
Académico Viseu10253121343
Repesenses10532231440
Anadia10415151239
Naval10712241332
Marinhense10235121531
Núcleo Guarda10406122428
Sp. Covilhã10136113122

25 abril 2014

Acreditar é um passo para a vitória final

Enquanto houver minutos para se jogar sei que VAMOS CONSEGUIR....

ACREDITO na VOSSA ALMA e QUERER!

Infantis acordam tarde e saiem derrotados



Académico Viseu - Carregal Sal 1:3
Golo Académico Viseu: Rodrigo Cruz (59 min)
Golos Carregal Sal: Domingos (17,40 min), João Henriques (27 min)
Académico Viseu: Rafael Correia, Anacleto, Rodrigo Cruz, Duarte, Diogo Bravo, Timóteo, Luis, Diogo Paiva, João Couto e Guilherme Costa.
Treinador: Paulo e Nuno.
Carregal Sal: Guilherme, Rúben, Pedro, Tiago, Rui Santos, Luis Paulo, Simão, João Henrique, Domingos, João Canã e David.
Treinador: Canã.
Árbitro: Rafael Formoso e Diogo Ferreira.

Os infantis sub12 A academistas defrontavam a equipa do Carregal do Sal neste que era o primeiro jogo da fase derradeira da prova.
O Carregal do Sal entrou melhor na partida e no primeiro minuto Domingos remata para defesa de Rafael Correia.
O ascendente inicial coube aos forasteiros aproveitando desta forma para criar perigo para a baliza academista e aos 4 minutos é Rui Santos a levar o perigo.
Aos 6 minutos Diogo Bravo a aparecer em boa posição não conseguindo dar o melhor seguimento ao seu remate.
Dois minutos depois Simão remata longe mas perto da baliza academista.
O jogo decorria de forma lenta e sem grandes lances de perigo e o empate ajustava-se.
Contudo aos 17 minutos o marcador viria a ser inaugurado num remate colocado de Domingos que bate Rafael Correia colocando assim os forasteiros na frente do marcador.
A primeira jogada de perigo dos academistas surge aos 22 minutos quando Luís desmarca Timóteo mas este atrasa o seu remate vendo Guilherme antecipar-se e interceptando o mesmo.
Cinco minutos depois canto de Rui Santos para João Henrique mostrar-se mais lesto que a defensiva academista e à segunda tentativa fazer o golo dando uma maior segurança à sua equipa.
Vitória que acabava por se ajustar numa primeira parte fraca dos academistas.

A segunda parte começou a um ritmo lento e com as equipas aliadas do jogo e só aos 40 minutos surgiria uma ocasião de golo onde Rui Santos tem uma boa jogada centrando para Domingos aparecer a encostar ampliando a vantagem forasteira.
O Carregal do Sal dominava por completo a partida e aos 49 minutos Pedro remata forte para defesa de recurso com os pés de Rafael Correia.
Cinco minutos depois Luis Paulo remata perto da baliza academista. Na resposta Rodrigo Cruz aparece em boa oposição valendo a defesa atenta de David. Os academistas pareciam mais libertos e a procurarem o golo e aos 57 minutos Duarte desmarca Rodrigo Cruz que aparece isolado a rematar à base do poste da baliza forasteira.
O prémio para os academistas acabaria por acontecer aos 59 minutos quando Rodrigo Cruz tem um remate indefensável batendo David.
Vitória justa dos forasteiros numa exibição algo desinspirada dos academistas.

Out: exibição tristonha academista. Os academistas tiveram algo desmotivados e pareceram algo descrentes do seu valor. Com o tempo foram conseguindo equilibrar mas já sem tempo para anular a desvantagem no marcador.
In: entrada forasteira. Os jogadores forasteiros mostraram-se melhores sobretudo nos primeiros 30 minutos e com isso alcançaram uma vantagem que souberam preservar.

Entrada academista premiada com vitória final


Viseu Benfica - Académico Viseu 1:4
Golo Viseu Benfica: Guilherme (12 min)
Golos Académico Viseu: Bernardo Sequeira (2 e 9 min), Cunha (13 min), João Miguel (27 min).
Viseu Benfica: Freitas, Gui, João Silva, Zé Pedro, Guilherme, J. Leão, Josué, Diogo Varanda e Sandro.
Treinador: Leão.
Académico Viseu: Bernardo, Cunha, Tomás, Bernardo Sequeira, Daniel, Guilherme Neves, Tiago, João Miguel, Gabriel, Nuno Félix e Pacheco.
Treinador: Coelho.
Árbitro: Rafael Formoso e Diogo Ferreira.

Os escolas B academistas tinham neste inicio da fase final um derby citadino onde o seu adversário era a equipa do Viseu Benfica.
Os academistas entraram pressionantes na partida e viriam a inaugurar o marcador logo ao minuto 2 com Bernardo Sequeira a aparecer a rematar de forma colocada batendo a oposição de Freitas.
No minuto três Guilherme Neves aparece em duas ocasiões a rematar com muito perigo à baliza benfiquista.
Aos 7 minutos é a vez de Cunha rematar cruzado vendo o mesmo passar muito perto do poste da baliza local. Dois minutos depois Tiago desmarca da melhor forma Bernardo Sequeira que aparece solto na área contrária a rematar para novo golo da sua equipa.
Aos 11 minutos Bernardo Sequeira remata forte valendo a defesa de Freitas.
No minuto seguinte a equipa benfiquista realiza uma boa jogada com João Silva a desmarcar Guilherme que remata para o golo benfiquista.
Ainda os benfiquistas comemoravam o golo e o Académico viria a conseguir novo golo com Cunha a rematar forte e colocado dando desta forma uma maior segurança à sua equipa.
Após este lance a partida torna-se mais equilibrada sem grandes lances de perigo para ambas as balizas que só voltariam a acontecer aos 23 minutos com João Silva em duas ocasiões a obrigar Bernardo a duas boas defesas.
No minuto seguinte Gabriel remata forte vendo o mesmo passar perto da barra da baliza benfiquista.
Chegava-se ao intervalo com uma vitória parcial academista que se ajustava ao maior ascendente da equipa do Académico Viseu.

Tal como na primeira parte os academistas entraram melhor nos derradeiros 25 minutos da partida e Guilherme Neves aparece a rematar forte vendo o seu remate passar perto da baliza benfiquista.
Melhor esteve João Miguel que remata da melhor forma ampliando a vantagem da sua equipa e quase que sentenciando a disputa pelo resultado final.
Os benfiquistas tentavam o golo também e aos 30 minutos Guilherme aparece em boa posição mas falha na altura do remate deixando Gabriel se antecipar. Na resposta primeiro Gabriel e depois Guilherme Neves obrigam Freitas a duas boas defesas.
Aos 17 minutos Guilherme Neves remata muito perto da baliza benfiquista. Na resposta é Sandro a rematar para defesa atenta de Bernardo.
Cinco minutos depois Tiago remata forte na sequência de um livre à barra da baliza benfiquista sendo este o último lance de perigo da partida e desta forma os academistas conseguiriam uma vitória que se ajusta face ao seu maior ascendente em grande parte da partida.
Arbitragem com alguns erros onde fica a dúvida em dois lances para os academistas na área benfiquista, onde parece ficar uma grande penalidade por assinalar e no golo anulado a Guilherme Neves parece terem ajuizado de forma correcta.

Out: entrada adormecida benfiquista. Os benfiquistas entraram algo receosos e adormecidos na partida e isso revelou-se fatal para as suas intensões pois aos 10 minutos já perdiam por dois golos. Depois foram despertando e equilibrando a partida mas sem conseguir ultrapassar a desvantagem já adquirida.
In: golos academistas resultado de melhor entrada na partida. Os academistas entraram bastante pressionantes e desde cedo procuraram o golo. Com boas jogadas os golos nasceram naturalmente e outras boas ocasiões foram desperdiçadas mas nada que influenciasse a vitória final.

Outros resultados:
Dínamo Estação - Vouzelenses :

Goleada academista assegura boa rota para a manutenção


Crasto - Académico Viseu 0:5
Golos Académico Viseu: Ângelo (4, 26 e 39 min), Caiado (49 e 60 min)
Académico Viseu: Tomé; Filipe (Olavo aos 53´), Nuno (Tiago Ferreira ao intervalo), Leo e Bernardo; Cláudio, Totti e Caiado; Guga (Rui Miguel ao intervalo), Ângelo e Tiago Mendes (Ruben aos 53´).
Suplentes não utilizados: Palhares, Patrick e Rafa.

O Académico teve o domínio do jogo desde o minuto inicial e logo aos 4´Ângelo inaugura o marcador.
O Crasto na primeira parte teve arte e engenho para criar perigo junto da baliza de Tomé mas eram os academistas que estavam por cima e criavam mais oportunidades de golo.

No segundo tempo só deu mesmo Académico que foi avolumando o placard e criando outras tantas oportunidades de golo. O Crasto nunca se desorganizou, nem se entregou mas era uma tarefa difícil perante a excelente atitude dos viseenses.

NOTA: Gostava de pedir como de costume a quem assistiu a esta partida que me envie alguns dados sobre a mesma para: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!


Outros resultados:
Avanca - Sanjoanense 1:0
Gondomar - Repesenses 3:4
Taboeira - Lusitano Vildemoinhos 0:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense12714241250
Repesenses12732241349
Gondomar12336182847
Avanca1281322944
Académico Viseu12714221437
Taboeira12436172235
Lusitano Vildemoinhos12426141429
Crasto120486358

23 abril 2014

SELECÇÃO DA A.F. VISEU "SUB – 14" Treino de Observação

A selecção de sub14 vai realizar no dia 25.Abril.2013 um treino de observações no Estádio Municipal das Chãs - Vouzela.

Convocados do Académico Viseu: 

  • João Costa 
  • Tomé Tadeu Lopes Moreira 
  • Tiago Salgado
  • Rúben Lopes 
  • Filipe Soares 
  • Tiago Ferreira 
Os jogadores acima indicados devem comparecer pelas 16:30H no Estádio Municipal das Chãs, Vouzela.

20 abril 2014

Infantis ficam em 3º lugar no Torneio da Páscoa da Figueira Foz

Os sub 13, ficam em 3º lugar no Torneio da Páscoa - Quadrangular organizado pela Associação Naval 1º de Maio

Resultados:

Académico de Viseu FC X SC Leiria e Marrazes - 0-1
Vieirense X Académico de Viseu FC - 0-5
Naval 1º de Maio X Académico de Viseu FC - 5-0

 Troféu de melhor jogador do torneio: Diogo Ponte (AVFC).

18 abril 2014

Iniciados B vencem Torneio da Páscoa em Carregal Sal.


Os iniciados B academistas deslocaram-se a Carregal do Sal, para disputar a primeira edição do futebol de 11no Torneio da Páscoa organizado pela equipa local.

Viseu 2001 - Académico Viseu 0:2
Golos Académico Viseu: Marco (4 min) e Rúben Almeida (9 min)
Académico Viseu: Tomé, Pedro Santos, Gonçalo Daniel, David Lopes, Tiago Salgado, Rúben Almeida, Rafa, Marco, Pedro, Diogo Matos, Colaço, Tiago Ferreira, João Lourenço, Filipe, Zé, Nené e Diogo.

Os jovens academistas entraram fortes na partida procurando desde cedo a baliza contrária e viriam a inaugurar o marcador quando Marco ganha o lance ao defesa contrário e bate o guarda-redes do Viseu 2001.
O golo era o corolário do domínio academista que viria a conseguir novo golo aos 9 minutos quando Rúben Almeida aparece mais lesto que a defesa contrária respondendo da melhor forma a um centro de Rafa.
 Dois minutos depois é Filipe a rematar perto da baliza contrária. Aos 13 minutos Nené tem um bom centro solicitando o toque final a um dos seus colegas mas o qual não acontece.
No minuto seguinte Martins aparece em boa posição respondendo a um cruzamento de Palhares e remata colocado valendo a atenção de Tomé.
Aos 17 minutos Filipe desmarca Marco que em boa posição não consegue o melhor remate,
Sobre os vinte e cinco minutos David Lopes desmarca Diogo mas que remata fraco.
O último remate com perigo acontece aos 28 minutos quando Jacaré aparece em boa posição a rematar para grande defesa de Tomé. Vitória justa dos academista que assim entra da melhor forma no Torneio assumindo a liderança do mesmo.

Académico Viseu - Tabuense 1:0
Golo Académico Viseu: Tiago Salgado (14 min)
Académico Viseu: Tomé, Pedro Santos, Gonçalo Daniel, David Lopes, Tiago Salgado, Rúben Almeida, Rafa, Marco, Pedro, Diogo Matos, Colaço, Tiago Ferreira, João Lourenço, Filipe, Zé, Nené e Diogo.

Os academistas defrontavam o Tabuense equipa que tinha empatado o seu primeiro jogo. O primeiro remate coube aos tabuenses com Carlos a rematar com perigo à baliza de Tomé.
Aos 5 minutos é Nené a rematar perto da baliza tabuense. No minuto seguinte David Lopes desmarca bem Diogo que aparece em boa posição mas não consegue o melhor remate.
Aos 9 minutos em duas situações João fica perto do golo falhando na direcção dada aos seu remate.
Melhor direcção teve o remate no eixo atacante e em zona frontal de Tiago Salgado que resulta num bom golo aos 14 minutos.
Cinco minutos depois é Gabriel a aparecer em boa posição mas sem dar conseguir o melhor remate.
Aos 23 minutos Zé marca o canto para Rafa aparecer a cabecear muito perto da baliza tabuense. O mesmo jogador fica perto do golo mas o guarda-redes contrário nega o mesmo com uma boa defesa a remate colocado.
Vitória que se ajusta num jogo complicado para a turma academista.

Carregal Sal - Académico Viseu 0:1
Golo Académico Viseu: Marco (1 min)
Académico Viseu: Tomé, Pedro Santos, Gonçalo Daniel, David Lopes, Tiago Salgado, Rúben Almeida, Rafa, Marco, Pedro, Diogo Matos, Colaço, Tiago Ferreira, João Lourenço, Filipe, Zé, Nené e Diogo.

Este era o jogo decisivo do torneio onde se defrontavam as equipas candidatas ao lugar mais cimeiro do mesmo.
Os academistas entraram bem e aos 20 segundo já estavam na frente do marcador quando David Lopes desmarca bem Marco que não desperdiça a boa oportunidade colocando os academistas na frente do marcador. A equipa local consegue reagir bem ao golo tendo mais posse de bola e empurra os academistas para terrenos mais atrasados com Loureiro a ficar perto do golo valendo a atenção de Pedro Santos.
A equipa local sabia que só a vitória lhes daria a vitória no seu Torneio e aumentou a pressão e viria a conseguir o golo do empate numa jogada de insistência com o jogador do Carregal do Sal a vencer a oposição da defensiva academista.
Partia-se para dez minutos finais que se previam bastante emotivos e aos 21 minutos Tiago Salgado remata muito perto da baliza local.
Aos 24 minutos Marco aparece em boa posição mas desperdiça uma grande ocasião rematando fraco para defesa fácil.
Dois minutos depois é Loureiro a rematar perto da baliza academista gorando também ele uma boa oportunidade para colocar a sua equipa na frente do marcador.
Apesar de ter pressionado muito nos últimos minutos sobretudo em lances de bola parada os jogadores locais não conseguiriam bater Tomé e com isso os academistas viriam a conquistar o empate e com isso a vitória na prova.

Grelha de resultados:
1º Jogo: Tabuense - Carregal Sal 0:0
2º Jogo: Viseu 2001 - Académico Viseu 0:2
3º Jogo: Carregal Sal - Viseu 2001 1:0
4º Jogo: Académico Viseu - Tabuense 1:0
5º Jogo: Académico Viseu - Carregal Sal 1:1
6º Jogo: Tabuense - Viseu 2001 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu3210317
Carregal Sal3120215
Tabuense3111124
Viseu 20013012141

Melhor marcador: Marco Neves

14 abril 2014

Infantis academistas confirmam pé goleador

Académico Viseu - Sátão 7:0

NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!  


Outros resultados:
Estrelas Mondego - Cracks Lamego 1:4
Repesenses - Drizes 9:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses880059924
Académico Viseu8511381919
Cracks Lamego8404332812
Estrelas Mondego821519407
Drizes821512357
Sátão801720431

13 abril 2014

Vitória dos iniciados permite termino em grande


Penalva Castelo - Académico Viseu 0:2
Golos Académico Viseu: Marco (40 e 60 min)
Académico Viseu: Tome, Filipe Colaço, 66 min), Tiago, Costa e Ze (Rúben Almeida, 55 min), Salgado(Pedro Lopes, 66 min), Nene e David Lopes, Rafa (João Lourenço, 66 min), Diogo (Marco, intervalo) e Ruben Lopes
Os iniciados academistas deslocavam-se a Penalva do Castelo para defrontar a equipa local, neste que era o último jogo da época.
A primeira parte foi equibrada sem nenhuma das equipas conseguir marcar e assim seria com um nulo com que ambas as equipas viriam a regressar aos balneários.
Os academistas vieram mais afoitos nos ultimos 35 minutos e com isso viriam a marcar em duas situações, com um bis do recém-entrado Marco que desta forma permitiu as forasteiros uma vitória que confirma a grande ascensão destes jovens jogadores ao longo do Campeonato.


Outros resultados:
Viriatos - Resende 6:2
Paivense - Cracks Lamego 1:1
Moimenta Beira - Vouzelenses 1:2
Ferreira Aves - Drizes 0:9
Viseu 2001 - Oliveira Frades 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cinfães242040841564
Cracks Lamego241671672055
Vouzelenses241743602355
Paivense241185431941
Viriatos2411310464036
Oliveira Frades2411211343635
Académico Viseu2410311352933
Drizes2410311423833
Penalva Castelo249114335228
Resende248412505928
Viseu 2001248214384426
Moimenta Beira242418216210
Ferreira Aves240123141301

Juniores perdem e dão passo atrás na luta pela manutenção

Académico Viseu - Mealhada 1:2

NOTA: Gostava de solicitar uma ajuda a quem assistiu a esta partida e que possa ajudar na elaboração da noticia que me envie dados para para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com!

Outros resultados:
Núcleo Guarda - Tourizense 2:2
Oliveira Frades - Tocha 0:0
Estação - Leiria Marrazes 1:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tourizense11533161053
Mealhada11362161347
Tocha11533131146*
Núcleo Guarda11542201540
Oliveira Frades1172212739
Académico Viseu11227182033*
Leiria Marrazes11326111427
Estação11128153116

Iniciados perdem derby


Académico Viseu - Repesenses 3:0
Académico Viseu: Tomé; Filipe, Nuno, Rui Miguel (Patrick ao intervalo, e Bernardo; Cláudio, Caiado e Totti (Ruben ao intervalo; Tiago Mendes (Miguel Ângelo ao intervalo - Rafa aos 60´), Ângelo e Pipo.
Suplentes não utilizados: Palhares, Costa e Olavo.
Treinador: Vitor Santos,João Figueira.

Um jogo atípico por parte da equipa do Académico, onde no aquecimento Costa lesiona-se e tem de ser Rui Miguel a ocupar o eixo da defesa. Pressentia-se que o jogo começava mal. E assim foi.
O Repeses foi durante a primeira parte a equipa que controlou o jogo, criou oportunidades e concretizou duas perante a apatia da equipa academista.
No segundo tempo o jogo já foi mais repartido entre os dois meios campos, mas foi o Repeses numa boa jogada de transição a «matar» a partida ao fazer o terceiro golo.
Destaque ainda, ara mais um azar, a lesão de Miguel Ângelo que teve de ser assistido em campo e transportado ao hospital.
Em resumo um jogo com um vencedor justo, numa arbitragem tranquila.
O Académico com esta derrota e a conjugação de outros resultados cai uma posição na tabela classificativa.

NOTA: Gostava de agradecer pela ajuda dada aos amigos Pedro Tadeu e Vitor Santos. O meu obrigado!


Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Gondomar 5:1
Crasto - Avanca 0:2
Sanjoanense - Taboeira 1:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense11713241150
Gondomar11335152447
Repesenses11632201046
Avanca1171321941
Taboeira11435172135
Académico Viseu11614171434
Lusitano Vildemoinhos11326131426
Crasto110476308

12 abril 2014

Juvenis alcançam vitória importante


Núcleo Guarda- Académico Viseu 1:2
Os juvenis academistas deslocavam à Guarda para defrontar a equipa local, do Núcleo da Guarda.
Os viseenses procuravam a sua primeira vitória nesta fase derradeira da prova e com isso dar um passo decisivo para a obtenção da manutenção.
A equipa local a lutar igualmente pela vitória criou sempre dificuldades aos academistas e o seria com empate que ambas as equipas regressariam aos balneários para o merecido descanso
Nos derradeiros 40 minutos da partida os academistas viriam a conseguir colocar-se na frente do marcador através de uma grande penalidade a castigar falta sobre Gonçalo Sousa no interior da área local.
Chamado a marcar Marcelo remata da melhor forma e faz o golo que ditava uma vantagem preciosa dos academistas. Vantagem essa que os forasteiros conseguiram preservar com muita raça mesmo quando reduzidos a 10 elementos por expulsão de Rafael Barreiros.

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida e tenha informações sobre o mesmo que me envie por favor para o mail: jorge.miguel,sa@gmail.com. O meu obrigado desde já!




Outros resultados:
Sp Covilhã - Repesenses 2:2
Anadia - Beira Mar 2:0
Marinhense - Naval 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Beira Mar9423211044
Académico Viseu9153101240
Anadia9414151039
Repesenses9432171437
Naval9711241132
Marinhense9234111331
Núcleo Guarda9405121828
Sp. Covilhã903693119

11 abril 2014

UNIDOS VAMOS VENCER

Nos momentos mais complicados e perante missões que dizem ser impossíveis a ALMA GUERREIRA, QUERER e o ACREDITAR UNICO leva-nos a VENCER.



FORÇA AI CAMPEÕES!

09 abril 2014

Sorteio fase final de sub12

Está sorteado a fase final do escalão de sub12, onde os academistas irão lutar com as equipas do Resende, Casa do Benfica e Repesenses pelo título do escalão:

1ª Jornada: Resende - Académico
2ª Jornada: Académico - Repesenses
3ª Jornada: Casa do Benfica - Académico
4ª Jornada: Académico - Resende
5ª Jornada: Repesenses - Académico
6ª Jornada: Académico - Casa do Benfica

07 abril 2014

Infantis mostram superioridade e goleiam

Académico Viseu - Drizes 5:1
Golos Académico Viseu: João Félix 3; Diogo Ponte; Pedro.
Académico Viseu: Rodrigo; Zé Félix; Leo; Matos; Ponte; Pedro; João Félix; Marcos; Bruno; Miguel; Costa; Ruben.
Treinador: Xavier.

Foi um jogo bem conseguido em que conseguiram trocar a bola sem pressa e sem se precipitarem. Tivemos o domínio do jogo e fomos uma equipa bem organizada. Conseguimos criar muitas situações para finalizar e fizemos muitos remates ao longo do jogo.

NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!  


Outros resultados:
Cracks Lamego - Repesenses 3:9
Sátão - Estrelas Mondego
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses770050921
Académico Viseu7511311916
Cracks Lamego730429279
Drizes721412267
Estrelas Mondego620415336
Sátão600617400

06 abril 2014

Cambalhota no marcador

video

Académico Viseu - Paivense 2:1
Golos Académico Viseu: Nené (37 min), Tiago Salgado (70 min)
Golo Paivense: Nuno (25 min)
Académico Viseu: Pedro, Rafa, Tiago, Costa, Lourenço (Filipe, intervalo), Tiago Salgado, Marco (Rúben, 45 min), Nené, Rúben Lopes (Diogo, 60 min), David Lopes e Zé.
Suplentes não utilizados: Beto, Gonçalo, Pedro.
Treinador: Duarte e Tiago.
Paivense: Márcio, Rúben, Nuno, Samuel, Simão (Gabriel, 22 min), Pedro, Ricardo, Leonardo(Gonçalo, intervalo, Jorge (70 min)), Vasco, Marco (João, 46 min) e Stefan.
Treinador: Pedro.
Árbitro: Vitor Silva, Auxiliares: Rafael Silva e Bernardo Simão.

Os iniciados B academistas defrontam o Paivense. Aos 4 minutos surge o primeiro remate com Vasco a rematar bem obrigando Pedro a boa defesa.
Cabe à equipa forasteira o domínio inicial da partida. A reacção academista surge aos 8 minutos num remate perigoso de David Lopes que passa perto da baliza paivense. Aos 12 minutos centro de Nené para Costa aparecer a rematar um pouco por alto.
Partida equilibrada mas aos 25 minutos surge o golo inaugural num livre marcado por Nuno que só para nas redes academistas apesar da tentativa de defesa de Pedro.
Os academistas parece sentirem em demasia o golo e não conseguem assumir a partida e aos 32 minutos Vasco aparece em boa posição para obrigar Pedro a boa defesa.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial da turma paivense.

Aos 37 minutos Stefan aparece em boa posição a rematar para defesa atenta de Pedro.
O empate viria a ser restabelecido num momento de grande inspiração de Nené que na marcação de um livre faz a bola sobrevoar Márcio para um golo de belo efeito.
Aos 43 minutos Rúben solicita David Lopes que remata para defesa a dois tempos de Márcio.
Ambas as equipas procuram agora assumir o controlo da partida.
Aos 53 minutos Rúben Lopes vê o seu remate embater na base do poste da baliza paivense. No minuto seguinte Filipe solicita Tiago que aparece em boa posição a rematar sem a melhor direcção.
Aos 57 minutos David Lopes desmarca bem Rafa que aparece em boa posição mas não consegue dar o melhor seguimento ao lance.
Cinco minutos depois Rafa centra bem mas Diogo aparece um pouco adiantado sem conseguir o melhor cabeceamento gorando-se assim uma boa ocasião para os academistas se adiantarem no marcador.
A reviravolta no marcador dá-se aos 69 minutos quando num remate de Costa a bola chega enrolada a Tiago Salgado que na disputa de bola com Márcio é mais forte e coloca pela primeira vez os academistas na frente do marcador.
Aos 72 minutos livre de Nuno a passar muito perto da baliza academista. No minuto seguinte em novo livre Nuno obriga Pedro a grande defesa a evitar o golo academista.
Vitória arrancada a ferros dos academistas que conseguiram dar a volta a um resultado adverso.

Out: entrada adormecida dos academistas. Os academistas entraram algo apáticos e adormecidos na partida e só aos 15 minutos despertaram um pouco mas com o Paivense a ter o domínio da partida e com isso as melhores oportunidades para marcar.
In: transformação academista na 2ª parte. Por outro lado os academistas entraram mais afoitos e empenhados nos derradeiros 35 minutos e com isso começou a pressionar os paivenses, criando lances de perigo e a cambalhota no marcador mesmo no final da partida acaba por ser resultado de uma enorme entrega e querer por parte dos academistas.

Outros resultados:
Drizes - Viseu 2001 3:0
Resende - Moimenta Beira 1:0
Vouzelenses - Ferreira Aves 4:0
Oliveira Frades - Penalva Castelo 1:3
Cinfães - Viriatos :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cinfães231940801561
Cracks Lamego231661661954
Vouzelenses231643582252
Paivense231175421840
Viriatos221039403433
Oliveira Frades2310211323532
Académico Viseu239311332930
Drizes239311333830
Penalva Castelo239113335028
Resende238411485328
Viseu 2001238213374226
Moimenta Beira232417206010
Ferreira Aves230122141211

Lances de bola parada decisivos na partida

video

Académico Viseu - Sp. Covilhã 2:2
Golo Académico Viseu: Benjamim (16 min), Pedro (80+1 min)
Golo Sp. Covilhã: Miguel Ramos (28 min), Pedro Santos (33 min)
Académico Viseu: Elísio, Renato (Bié, 58 min), Carlos, Pedro, Tigas, Rafael Barreiros, Marcelo, Benjamim (Vasco, 72 min), Lopes (Caramelo, 53 min), Hugo e Gonçalo Sousa.
Suplentes não utilizados: Miguel, Henrique, Gustavo.
Treinador: Roger.
Sp. Covilhã: Paulinho, Rui Gomes, Tinga, Pedro Santos (Vasco Pinheiro, 77 min), Pedro Jorge, Vasco Ferreira, Miguel Duarte, Miguel Ramos, Pimenta (Gigante, 59 min) , Gil (Mota, 46 min) e Gelly.
Suplentes não utilizados: Afonso.
Treinador: João Fonseca.
Cartão amarelo:
Sp. Covilhã: Mota (73 min)
Árbitro: Leonardo Marques, Auxiliares: Luis Branco, Bruno Silva (A.F. Aveiro)

Os juvenis academistas procuram a sua primeira vitória nesta fase derradeira da prova para assim dar um passo importante para a manutenção. Aos três minutos boa jogada de Gonçalo Sousa este centra bem mas Hugo chega um pouco atrasado ao mesmo.
Dois minutos depois Rafael Barreiros após passe atrasado de Gonçalo aparece em boa posição a rematar sem a melhor direcção.
Aos 7 minutos Lopes aparece isolado perante Paulinho mas decide não rematar e passar para Gonçalo Sousa e depois Hugo não conseguirem vencer a oposição dos defesas forasteiros. Que grandes ocasiões os academistas desperdiçaram!
O marcador viria a ser inaugurado aos 16 minutos quando Benjamim aparece a rematar de primeira vencendo da melhor forma a oposição de Paulinho. Aberto o marcador de forma justa para os locais.
Dois minutos depois Lopes remata forte para defesa a dois tempos de Paulinho. Na resposta Pedro Jorge remata forte e obriga Elísio a grande defesa.
Os academistas estão por cima da partida e aos 22 minutos Carlos desmarca Benjamim que centra bem para Hugo aparecer a rematar perto da baliza serrana.
Quando nada fazia prever o Sp. Covilhã chega ao empate aos 28 minutos num cabeceamento de Miguel Ramos onde fica a dúvida se Elísio não consegue evitar o golo antes desta atravessar a linha de golo. Muitas dúvidas mesmo que não tiveram o trio de arbitragem que valida o golo.
Aos 32 minutos Pedro Jorge aparece a rematar de forma lesta para defesa atenta de Elísio. Na resposta Hugo aparece em boa posição mas não vence a oposição de Paulinho.
A reviravolta no marcador acontece aos 33 minutos em novo lance de bola parada onde a defensiva academista não se mostra lesta a aliviar a bola e esta chega a Pedro Santos que faz o golo.
Dois golos resultado de lances de bola parada onde a defensiva academista se mostra algo permissiva e que intranquiliza os locais.
Chega-se ao intervalo com uma derrota ingrata dos academistas que apesar de se colocarem na frente do marcador com uma boa entrada na partida, relaxaram e viram a equipa serrana dar a volta ao marcador fruto de alguma permissividade em lances de bola parada.

Os academistas entram na segunda parte com a missão de dar nova cambalhota no marcador desta vez a seu favor tendo mais posse de bola mas os covilhanenses conseguem ter mais espaço para lançar rápidas transições protagonizadas sobretudo por Pedro Santos.
Aos 54 minutos Gelly sobre a linha de golo salvar o golo do empate após remate de Hugo. No seguimento do canto Hugo marca bem o canto para Carlos cabecear à barra da baliza forasteira.
Grande infelicidade esta!
Aos 60 minutos lance de golo anulado para os academistas em lance de livre marcado por Hugo com Rafael Barreiros a introduzir a bola na baliza de Paulinho mas o auxiliar anula o mesmo por fora de jogo.
Dois minutos depois Benjamim centra para Marcelo rematar sem a melhor direcção.
A equipa academista está a empurrar a equipa contrária para terrenos muito atrasados.
Aos 65 minutos Hugo desmarca Benjamim que aparece isolado a rematar mas Paulinho faz uma grande defesa a evitar o golo academista.
A equipa forasteira agora está mais remetida à sua defesa e aos 76 minutos livre de Marcelo a passar por toda a área contrária sem nenhum academista aparecer a rematar.
O merecido golo do empate surge aos 81 minutos quando Pedro aparece isolado a rematar restabelecendo o empate na partida.
Arbitragem tranquila mas com dois lances muito duvidosos (golo validado ao Sp. Covilhã, ainda na primeira parte e golo anulado aos academistas na segunda parte) onde ficam dúvidas acerca da decisão tomada.

Out: nervosismo e falta de confiança academista. Apesar de uma das melhores entradas do Campeonato, os academistas sentiram em demasia o primeiro golo sofrido e com isso os níveis de confiança baixaram bastante. Isso deu origem a alguns erros que permitiram aos jogadores forasteiros dar a volta ao marcador e colocar muitas dificuldades aos academistas. Os academistas parece que entraram num ciclo de falta de confiança que no intervalo souberam ultrapassar.
In: querer academista. Em situação complicada em relação ao resultado final, os juvenis academistas na segunda parte carregaram e sobretudo nos 20 minutos finais tiveram um domínio quase que completo na procura do golo do empate que acabaria por acontecer à entrada dos descontos. Empate fruto de uma atitude guerreira e de nunca desistir que teve os seus frutos.
Melhor em campo: Pedro Santos (Covilhã e Académico Viseu). Um dado curioso o dos dois melhores jogadores da partida terem o mesmo nome. O jogador forasteiro confirmou os bons predicados que já tinha mostrado ao longo de outros jogos e foi o elemento mais desequilibrador da equipa forasteira. Um jogador possante que ganhou muitos lances e criou muitas dificuldades para a defensiva academista. Nessa defensiva esteve Pedro Santos que se mostrou seguro nos duelos travados ganhando muitos deles. Para além disso nos minutos finais ainda procurou o ataque e seria mesmo ele a alcançar o golo do empate.
Ambos premiaram a sua exibição com um golo cada e assim merecem o destaque.

Outros resultados:
Beira Mar - Marinhense 0:0
Naval - Núcleo Guarda 5:0
Repesenses - Anadia 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Beira Mar842221844
Repesenses8422151237
Académico Viseu805381137
Anadia8314131036
Naval8701231031
Marinhense8224101230
Núcleo Guarda8404111628
Sp. Covilhã802672918

Escolas com pé quente

video

Viriatos - Académico Viseu 0:13
Golos Académico Viseu: Ivan (5, 6, 9, 35, 39 min), Miguel Sousa (6 min), Miguel Pessoa (11 min), Rodrigo (21, 23, 41 min), João António (22, 31, 46 min)
Viriatos: Filipe, Tomás, Tiago, Guilherme Matos, Bruno, Dinis, Rodrigo, Hugo, João, Gabriel e Pedro.
Treinador: Coutinho.
Académico Viseu: Gonçalo, João Pedro, João António, Rodrigo Coelho, Miguel Pessoa, Rodrigo Pereira, Miguel Sousa, Tiago, Ivan, Eduardo e Martim.
Treinador: Filipe.
Árbitros: Carlos Pereira e Daniel Bernardo.
video
Os academistas desde cedo mostraram que queriam os golos e no primeiro minuto Miguel Sousa desmarca Ivan que remata forte para defesa de Filipe. Na resposta Dinis obriga Gonçalo a boa defesa.
Aos 5 minutos o marcador viria mesmo a ser colorido quando Miguel Sousa desmarca bem Ivan que é lesto a rematar e assim fazer o golo inaugural da partida.
No minuto seguinte o mesmo jogador viria a bisar quando do meio campo marca um livre que surpreende Filipe e assim amplia a vantagem da sua equipa.
Aos 8 minutos Miguel Sousa, numa jogada de insistência que o caracteriza não desacredita e ganha o lance e perante Filipe faz o terceiro golo da sua equipa.
No minuto seguinte novo golo viria a surgir por intermédio de Ivan que remata colocado batendo a oposição do guarda-redes local.
Aos 11 minutos Rodrigo centra atrasado para Miguel Pessoa na passada rematar colocado e também ele colocar o seu nome nos marcadores de golos.
Os academistas dominavam por completo a partida e aos 15 minutos ficam perto do golo quando numa jogada de entendimento entre Ivan e Miguel Sousa a bola passa perto da base do poste da baliza dos Viriatos.
Aos 19 minutos Miguel Pessoa remata forte vendo Filipe negar-lhe o golo. Contudo aos 21 minutos o guarda-redes dos Viriatos nada pode fazer quando após livre de Rodrigo Coelho a bola ainda embate na barra e chega a Rodrigo que se mostra mais rápido que a defesa contrária fazendo o sexto golo da sua equipa.
No minuto seguinte João António faz um grande golo quando de muito longe remata colocado vendo a bola anichar-se nas redes locais.
Aos 24 minutos Rodrigo consegue um remate de muito longe com a bola a ultrapassar toda a defensiva local e anichar-se nas redes da baliza de Filipe.
Vitória parcial dos academistas fruto de uma boa exibição.
video
A segunda parte começou com o mesmo sentido da primeira, ou seja o da baliza dos Viriatos e logo no primeiro minuto primeiro Ivan e depois João António obrigam Filipe a boas defesas.
Aos 31 minutos contudo novo golo viria a surgir com João António na marcação de um livre vê o mesmo só parar nas redes locais.
No minuto seguinte Miguel Pessoa remata forte um pouco ao lado da baliza dos Viriatos.
Aos 34 minutos Miguel Sousa centra para Rodrigo aparece a cabecear um pouco ao lado da baliza de Filipe.
O guarda-redes local viria aos 35 minutos a ter uma má reposição de bola levando a bola a chegar aos pés de Ivan que têm um remate pronto ampliando a vantagem da sua equipa.
O mesmo jogador viria a conseguir novo golo com um remate indefensável à passagem do minuto 39.
Dois minutos depois é a vez de Rodrigo bem solicitado por Miguel Pessoa a ter um toque leve na bola que leva a bola a ultrapassar Filipe e rumar às suas redes ampliando assim a vantagem da equipa negra.
Aos 42 minutos Miguel Sousa remata forte para defesa atenta de Filipe. Três minutos depois novo golo academista viria a acontecer com João António a ser o autor do remate que coloca um pouco final ao resultado.
Aos 48 minutos acontece a melhor oportunidade para os Viriatos marcarem quando Rodrigo aparece isolado perante João pedro que se mostra atento e nega o melhor remate ao avançado dos Viriatos.
Já perto do apito final Ivan marca bem o livre mas Rodrigo não consegue dar o melhor seguimento ao lance.
Vitória justa dos academistas fruto de uma boa exibição sempre na procura dos golos.
video

Melhor em campo: Ivan. Cinco golos numa partida merece sempre destaque, mas para além disso o jovem jogador academista mostrou-se sempre persistente e na procura de ganhar todos os duelos travados e com isso muito contribui para a vitória da sua equipa.
video


Outros resultados:
Viseu Benfica - Lusitano Vildemoinhos :
Dínamo Estação - Oliveira Frades :
Quintela Orgens - Vouzelenses :
Crasto - Cracks Lamego 1:2
Penalva Castelo - Repesenses 2:6
video