31 março 2014

Juvenis derrotados em Lamego


Cracks Lamego - Académico Viseu 3:0
(JUVENIS B)


NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e que pudesse disponibilizar alguma informação sobre o mesmo que me envie esses dados para jorge.miguel.sa@gmail.com. Desde já o meu obrigado!



Outros resultados:
Resende - Moimenta Beira 3:2
Vouzelenses - Crasto 3:2
Oliveira Frades - Sátão 1:2
Drizes - Viseu Benfica 9:0
Viriatos - Cinfães :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Drizes221822802256
Cracks Lamego221642732552
Sátão221426593144
Crasto221318513640
Oliveira Frades221228533338
Cinfães211218533637
Académico Viseu22949473031
Resende228311433427
Vouzelenses226313396221
Viriatos215412255319
Moimenta Beira223217398711
Viseu Benfica 220220171302

Infantis derrotados por Penalva Castelo

 Académico Viseu - Penalva Castelo 1:5

NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!  

Outros resultados:
Vouzelenses -Viseu Benfica 6:0
Lusitano Vildemoinhos - Crasto 2:3
Resende - Dínamo Estação 9:7
CFT Viseu - Drizes 3:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Resende1918101494255
CFT Viseu1916211145050
Lusitano Vildemoinhos1914141193143
Dínamo Estação191027755732
Drizes19919516428
Oliveira Frades19838627627
Crasto197210427523
Vouzelenses196211447720
Penalva Castelo193313388212
Viseu Benfica1931152710710
Académico Viseu201217281165

Benjamins perdem e deixam escapar liderança

 Académico Viseu - Resende 2:4

NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!  


Outros resultados:
Santo André - São João Pesqueira :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Resende5401381512
Académico Viseu530227199
Santo André31111174
Vila Chã Sá411222114
São João Pesqueira30030460

Escolas surpreendidos em casa

Académico Viseu - Penalva Castelo 1:2

NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!  

Outros resultados:
Cracks Lamego - Quintela Orgens 11:0
Repesenses - Crasto 1:1
Vouzelenses - Viseu Benfica 1:9
Lusitano Vildemoinhos - Dinamo Estação 5:4
Oliveira Frades - Viriatos 10:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cracks Lamego2118211451656
Lusitano Vildemoinhos2115241003947
Viseu Benfica2114431052146
Oliveira Frades211326974341
Académico Viseu211074973437
Crasto211128926135
Repesenses B211038694333
Penalva Castelo219210485829
Dínamo Estação218211525726
Vouzelenses212019311926
Viriatos211218151685
Quintela Orgens210219161352

Pestinhas atrevidos vencem escolas B academistas

Académico Viseu - Pestinhas 4:0

Os escolas B academistas deslocavam-se a Tondela para defrontar a equipa local dos Pestinhas.
A equipa local foi mostrando a maior maturidade nos momentos chave e com quatro golos obtidos conseguiu alcançar uma vitória que os mantêm nos lugares mais cimeitos da tabela classificativa


NOTA: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa ajudar na elaboração da noticia que me envie alguns dados para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados: 
Vila Chã Sá - Santo André 4:0
Galfarritos - Mangualde 13:0
Viseu benfica - Repesenses 1:11
Viseu 2001 - Pinguinzinho 2:10
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Pinguinzinho1918102081355
Repesenses1917021712251
Vila Chã Sá1915041145145
Pestinhas1911161034035
Viseu 200119819506225
Mortágua196310468921
Galfarritos198011606024
Santo André196211579520
Académico Viseu195311278618
Viseu Benfica193214239111
Mangualde19001942540

Ataques vencem defesas em jogo recheado de golos

Académico Viseu - Estação 6:4
Académico Viseu: Rui Pipo (1, 22, 26 e 59), Lucas (3, de g. p) e Micoli (90).
Estação: Jacas (20), Gaspar (27), Ruben Sousa (27), Joca (85, de g. p)
Académico Viseu: Diogo; Pedro, Gonçalo Pipo, Vinicius, Rafael (Hugo, 69), Márcio (Rafael Barreiros (45), Bruno, Rafa, Rui Pipo (Micoli, 62), João Soares e Lucas.
Suplentes não utilizados: Elísio, Moita, Eduardo e Rodrigo
Treinador: José Pipo
AD Estação: Real; Gaspar, Osvaldo (Ruben Sousa, 45), Igor, Miguel Rocha, Guilherme Pinto (Marciano, 62), Eugénio, Salú Baldé, Henrique, Jacas e Joca.
Suplentes não utilizados: Guilherme
Treinador: Nuno Cunha
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Márcio (10), Rafael (23), Gaspar (41), João Soares (82) e Pedro (84).
Árbitro: Ricardo Morais, Auxiliares: João Martins e Miguel Tronco (A.F. Bragança)

Os juniores academistas tinham neste jogo a oportunidade para regressar às vitórias e assim continuar a lutar pela manutenção.
O Académico entrou de rompante e aos três minutos já vencia por 2-0. O golo inaugural surgiu no primeiro lance de ataque viseense. João Soares passou por toda a gente e rematou ao poste e Rui Pipo abrir o activo na recarga.
Galvanizados os academistas mantiveram a toada de ataque e aos três minutos João Soares foi travado em falta na grande de área. Lucas não falhou a grande penalidade. Enganou-se que pensou que a vitória seria fácil. Os visitantes contra-ataque e com a defesa local apática a ver jogar, permitiu o golo a Jacas.
Estava relançado o jogo, depois dos dianteiros locais terem falhado por duas ou três vezes o 3-0. Dois minutos depois Rui Pipo recoloca a diferença no marcador.
 mesmo Rui Pipo aos 26 minutos isolou-se e à saída de Real atirou a contar. Com 4-1, tudo levava a crer que o triunfo não fugia. Não pensaram assim os forasteiros e em mais uma oferta incrível da defesa contrária, marcaram por Gaspar, no minuto seguinte.
Os viseenses voltaram ao ataque e João Soares falhou escandalosamente o golo só com Real pela frente. No reatamento a AD Estação entrou com Rúben Sousa no lugar de Osvaldo e a equipa pareceu melhor organizada passando a incomodar mais a baliza à guarda de Diogo.
O Académico recompôs-se e Rui Pipo depois de uma boa jogada de João Soares que foi à linha do fundo cruzar, encostou para o 5-2.
A turma de Nuno Cunha não atirou a toalha ao chão e na conversão de um canto, com a defesa da casa a ver jogar, Rúben Sousa reduziu para dois golos de diferença.
Acreditaram os forasteiros e aos 85 minutos obrigaram Pedro a fazer falta dentro da grande área e Joca colocou o marcador na margem mínima, quando antes o Académico tinha falhado o golo por Bruno e João Soares, este duas vezes na cara do guarda-redes Real.
Com o credo na boca os academistas só suspiraram de alívio quando no último minuto do tempo regulamentar Micoli faz o 6-4. Nos três minutos de descontos os donos da casa geriram a vantagem.
Boa arbitragem.

NOTA: Obrigado ao amigo Silvino Cardoso pelo envio da crónica que assim permite uma noticia mais pormenorizada sobre este jogo.

Outros resultados:
Núcleo Guarda - Mealhada 2:0
Oliveira Frades - Leiria Marrazes 2:0
Tocha - Tourizense 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tourizense952213652
Tocha9423111042*
Mealhada916291041
Núcleo Guarda9432161136
Oliveira Frades961210635
Académico Viseu9224161633*
Leiria Marrazes922561124
Estação9126112216
* Castigo reflectido pois a Federação Portuguesa de Futebol não deu provimento ao recurso do Académico Viseu.

30 março 2014

Alma guerreira na base da vitória academista

Avanca - Académico Viseu 1:2
Golos Académico Viseu: Simão Pipo (2 min), Tiago Mendes (42 min)
Académico Viseu: Tomé, Filipe, nuno, Leo, Bernardo, Cláudio, Totti (Rafa, intervalo), João Caiado, Miguel Oliveira (Tiago Mendes, intervalo), Ângelo(Olavo, 67 min), Simão Pipo (Patrick, 55 min)
Suplentes não utilizados: Pedro, João Costa e Ruben.
Treinador: Vitor Santos e João Figueira e Fábio Mendes.


Os academistas deslocavam-se a Avanca para defrontar a equipa local e procurar dar mais um passo decisivo para a manutenção. Desta forma os forasteiros entraram bem na partida a pressionar o adversário, e num passe de rotura do Cláudio, Simão Pipo ganha bem a frente ao defesa e isolado com o guarda-redes faz golo inaugural.
Em seguida o jogo teve 5-10 min de equilibrio, e aos poucos o Avanca foi subindo no terreno e dificultando a construção do jogo academista, facto que os obrigou a jogar grande parte do restante tempo da primeira parte no nosso meio campo.
Apesar de não terem a iniciativa do jogo os academistas foram sempre muito solidários e disciplinados tacticamente e os locais só tem um verdadeira ocasião para marcar perto do final da primeira parte mas onde o seu avançado remata ao lado da baliza academista.
A segunda parte começou da mesma forma que a primeira com os academistas a mostrarem-se melhor, com mais qualidade na posse de bola e num livre sobre o lado direito marcado pelo Leo a bola sobra para o Tiago Mendes que ao segundo poste faz golo que deu uma maior tranquilidade aos academistas.
No resto do jogo os academistas conseguiram controlar o jogo, embora o Avanca tivesse criado muitas dificuldades nas bolas paradas onde numa delas o guarda-redes academista Tomé faz uma defesa enorme a evitar o golo local.
Em 2 ou 3 contra-ataques os academistas podiam ter matado o jogo, visto a equipa local se encontrar desde metade da segunda parte reduzido a 10 elementos, por lesão de um jogador local na sequência de um contra-ataque, num choque com o pipo e o guarda-redes local.
No último lance do jogo, a defesa academista não consegui aliviar a bola na sequência de um lance de bola parada e após um série de ressaltos a bola sobra para um jogador do Avanca fazer o golo que contudo não retirou a vitória aos academistas.
Com esta vitória os academistas aproximam-se cada vez mais do seu grande objectivo fruto de uma grande recuperação protagonizada tal como hoje com muita garra e querer. 
Em resumo um jogo em que a vitória academista acaba por se justificar pela forma pragmática como encarou o jogo perante uma equipa do Avanca bem organizada, com excelentes atletas e que não se poupou a esforços para não perder.
A arbitragem esteve bem tirando o exagero no uso de cartões amarelos num jogo disputado com muita lealdade por todos os intervenientes.


Outros resultados:
taboeira - Crasto 1:1
Gondomar - Sanjoanense 1:5
Repesenses - Lusitano Vildemoinhos 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense1071223850
Gondomar10334141947
Repesenses10532171043
Avanca1061319938
Académico Viseu10613171134
Taboeira10235142032
Lusitano Vildemoinhos1022681323
Crasto100466288

Vitória robusca permite atingir fase de campeões

Pestinhas - Académico Viseu 1:5

Nota: Pedia a quem assistiu a esta partida e me possa enviar alguns dados sobre a mesma que o faça para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. obrigado desde já!

Outros resultados: 
Nelas - Mortágua 1:5
Viseu 2001 - Pinguinzinhos 2:4
Estrela Mondego - Repesenses 0:5
Galfarritos - Mangualde 4:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses1916121132849
Académico Viseu1916031332648
Pestinhas191504612545
Pinguinzinhos191513533143
Mortágua191405573542
Viseu 2001206113436519
Estrelas Mondego19469365718
Mangualde194312299514
Nelas193314417512
Carregal Sal19231415569
Os Galfarritos191216221114

24 março 2014

Nulo em jogo equilibrado e electrizante


Académico Viseu - Cracks Lamego 0:0
Académico Viseu: Beto, Colaço (c), Tiago, Lourenço e Zé ; Salgado, Néne e David Lopes ; Diogo, Marco e Bacalhau.
Jogaram ainda: Matos, Rubén e Leo
Não utilizados: Pedro Santos e Diogo Ponte
Treinador: Duarte, Tiago Santos e Paulo.

Jogo muito disputado e tático do inicio ao fim com os Cracks a tentarem fazer o seu jogo normal de bolas nas costas com a defesa do Académico sempre atenta e a controlar essas investidas.
No 1º tempo houve duas oportunidades para cada lado com o Cracks Lamego através de uma jogada individual a levar algum perigo à baliza de Beto.
A outra coube ao Académico quando na marcação de um livre cobrado por Néne, Marco, Lourenço e Colaço a não conseguiram o desvio e a bola a passar rente ao poste esquerdo do guarda redes.
A parte disso ambos os guarda redes não viram o perigo rondar as suas balizas, só tendo trabalho a sair dos postes para agarrar bolas metidas nas costas.
Na segunda parte com o Cracks a tentar jogar mais ao ataque, o Académico teve mais oportunidade para criar jogo atacante.
O Cracks tentava atacar mas a defesa academista esteve sempre muito atenta a cortar todos os lances lançando rápidos contra-ataques, e num desses lances Marco passa por dois adversários pelo corredor direito e junto á pequena área pica a bola por cima do guarda redes para Salgado sem oposição não conseguir o cabeceamento a dois metros da baliza.
Nos últimos 5 minutos da partida, mais os 5 de compensação dados pelo trio de arbitragem o Cracks Lamego pressionou e muito obrigando Beto à defesa da tarde na sequência de um canto depois de um disparo fortíssimo de primeira depois de uma confusão na área.
Beto teve ainda uma outra intervenção atenta indo buscar junto ao angulo uma bola rematada com pouca força mas colocada fora da área.
Arbitragem com um erro grave ao não assinalar um penalty claríssimo a favor do Académico com o defesa do Craks a saltar com oposição de Marco e a abraçar a bola com as duas mãos, largando-a depois e pontapeando a bola para a frente sem o arbitro nada assinalar.

Outros resultados:
Viseu 2001 - Vouzelenses 0:1
Paivense - Oliveira Frades 2:0
Penalva Castelo - Drizes 1:4
Ferreira Aves - Resende 1:8
Moimenta Beira - Cinfães 0:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cinfães221930781360
Cracks Lamego221651641753
Vouzelenses221543542249
Paivense221174411640
Viriatos221039403433
Oliveira Frades211029292932
Académico Viseu228311312827
Drizes228311303827
Penalva Castelo228113304925
Viseu 2001217212333723
Resende216411445122
Moimenta Beira212415185510
Ferreira Aves210119131091

23 março 2014

Golos em momento chave ditam vitória academista

video
Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos 2:0
Golo Académico Viseu: Ângelo (34 min), Totti (38 min)
Académico Viseu: Tiago Palhares, Filipe, Nuno, Costa (Leo, intervalo), Bernardo, Cláudio, Miguel Ângelo (Tiago, 55 min), Totti (Rúben, 62 min), Ângelo, João Caiado e Rafa (Simão Pipo, intervalo).
Suplentes não utilizados: Tomé, Olavo, Patrick.
Treinador: Vitor Santos e João Figueira.
Lusitano Vildemoinhos: Miguel, Figueiredo, Morgado (Matos, intervalo) , Bruno, Paulo, Hugo, Bob (Renato, intervalo), Leandro, Rúben, Ricardo (Gonçalo, 62 min) e Tiago (Edgar, 50 min).
Suplentes não utilizados: Jorge, João e Monteiro.
Treinador: João Costa.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Filipe (55 min), Leo (70+ 1 min)
Àrbitro: Nuno Vaz, Auxiliares: Luis Coimbra e António Oliveira (C.A. Viseu)

Este é um derby no escalão de Iniciados que se assume de primordial importância para ambas as equipas na luta pela manutenção.
Primeiro remate surge no primeiro minuto por intermédio de Paulo. Na resposta Cláudio centra mas Miguel consegue antecipar-se ao cabeceamento de Ângelo.
Aos 6 minutos Hugo responde da melhor forma a um canto e vê o seu cabeceamento embater com estrondo na barra da baliza academista. Boa entrada da equipa trambela a criar dificuldades aos academistas que reagem à passagem do nono minuto num remate de João Caiado.
A partida está mais equilibrada com ambas as equipas a procurarem ganhar o domínio da partida.
Aos 24 minutos boa ocasião para o Lusitano de Vildemoinhos com Tiago a aparecer no interior da área a rematar muito por alto.
Dois minutos depois Cláudio marca o livre para Ângelo cabecear para defesa de Miguel.
Aos 28 minutos surge a melhor ocasião para o golo com Tiago a aparecer completamente isolado  e tenta o chapéu mas sem a melhor direcção, gorando-se assim uma boa ocasião para inaugurar o marcador.
Seis minutos depois João Caiado desfere um remate para grande defesa de Miguel. No seguimento do canto a bola sobra para Bernardo que nunca desistindo do lance centra e Ângelo aparece a cabecear vendo a bola rumar à baliza trambela ainda embatendo na barra da baliza de Miguel.
Aberto o marcador para os academistas e no minuto seguinte Figueiredo aparece a cabecear um pouco ao lado da baliza academista.
Primeira parte equilibrada com os academistas a mostrarem um maior pragmatismo a conseguir o golo numa recuperação de bola em zona ofensiva.

Aos 37 minutos boa jogada academista com João Caiado a aparecer a rematar à base do poste da baliza trambela. No minuto seguinte o marcador viria mesmo a ser alterado por intermédio de um remate de Totti que ainda embate na defensiva contrária traindo Miguel.
Aos 41 minutos lançamento longo a solicitar Simão Pipo que remata forte valendo a defesa de Miguel.
O Lusitano Vildemoinhos tenta reagir ao golo sofrido de forma muito prematura e aos 45 minutos Rúben em boa posição remata ao lado da baliza academista.
No minuto seguinte cruzamento de Simão Pipo com o mesmo a chegar a Miguel Ângelo que remata colocado valendo a grande defesa de Miguel.
Aos 48 minutos Leandro na tentativa do corte obriga o seu guarda-redes a boa defesa. O ritmo da partida decresce com os academistas a conseguirem controlar as movimentações da equipa contrária.
O jogo está a ser jogado muito longe de ambas as balizas e com isso o perigo escasseia.
Aos 64 minutos livre de Bernardo para defesa fácil de Miguel.
Aos 72 minutos Hugo é bem desmarcado mas perde tempo para o remate e Tiago Palhares tem defesa atenta.
Golos em momentos chave ditam uma vitória justa dos academistas que assim consegue dar um passo importante na luta pela manutenção.

Out: eficácia lusitana. Os jovens lusitanos não mostraram a eficácia necessária para concretizar as ocasiões criadas sobretudo na primeira parte e isso revelou-se fatal para os seus objectivos face a um maior pragmatismo dos academistas que souberam aproveitar duas boas situações que disfrutaram.
In: trabalho e união academista. Os academistas souberam trabalhar muito e igualmente sofrer na procura deste resultado final. Conseguindo dois golos em momentos chave da partida os academistas mostraram uma grande união na manutenção deste resultado muito importante nos seus objectivos.

Outros resultados:
Avanca - Taboeira 4:0
Crasto - Gondomar 3:3
Sanjoanense - Repesenses 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense961218747
Gondomar9333131447
Repesenses943215940
Avanca961218738
Académico Viseu9513151031
Taboeira9225131931
Lusitano Vildemoinhos922571123
Crasto90365277

22 março 2014

Vitória gorda academista

video

Académico Viseu - Nelas 9:1
Golo Académico Viseu: Raul (7, 32, 39, 59 min), Rafael (28, 38 min), André (31, 34 min), João Nunes (51 min)
Golo Nelas: Paulo Lopes (26 min)
Académico Viseu: Mário, Nuno, Xico, André, Gonçalo Pereira, Raul, Miguel Loureiro, João Nunes, António, Rodrigo Silva, Vasquinho e Rafa.
Treinador: Carlos Lopes.
Nelas: Bernardo, Paulo Lopes, Ricardo Barbosa, Rui Costa, Carlos Borges, Luis Rodrigues, Rodrigo Tavares, José Dias e Tiago Robeiro.
Treinador: Rui
Árbitros: Miguel Vieira e Bruno Gonçalves.

André após bom cruzamento de Raul obriga Bernardo a boa defesa. O Nelas reage bem e Ricardo Barbosa aparece em boa posição mas sem conseguir o remate.
O Nelas está a surpreender pela entrada destemida na partida. Aos 6 minutos André aparece em posição privilegiada e. No minuto seguinte Raul sobe na ala esquerda do seu ataque rematando cruzado fazendo um golo de belo efeito. Aos 11 minutos Ricardo Barbosa no seguimento de um canto aparece a rematar para defesa de Mário.
No minuto seguinte Nuno desmarca bem Raul que aparece a rematar um pouco ao lado da baliza nelense.
Aos 17 minutos Rafa remata para defesa atenta do guarda-redes nelense. Dois minutos depois Vasquinho aparece em boa posição a rematar cruzado vendo o mesmo passar perto da baliza forasteira.
Aos 22 minutos Vasquinho centra mas António chega um pouco atrasado.
Dois minutos depois Carlos Borges é derrubado na área academista. Chamado a marcar Paulo Lopes remata forte restabelecendo o empate na partida. No minuto seguinte André centra para António primeiro e depois Rafa não conseguirem dar o melhor seguimento.
Aos 28 minutos lançamento longo de Mário com Rafa a aparecer isolado perante Bernardo fazendo o chapéu colocando novamente os academistas na frente do marcador. No minuto seguinte canto de André para Rafael aparecer a cabecear muito perto da baliza nelense.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas numa primeira parte nem sempre bem jogada.

A segunda parte começa com o golo academista por intermédio de André que remata cruzado batendo Bernardo. Aos 32 minutos Raul bem desmarcado entra da melhor forma na área contrária fazendo o remate para o quarto golo academista.
Os academistas estão a mostrar outra atitude e isso resulta em novo golo conseguido por André que após boa jogada individual remata.
Aos 36 minutos Rafael aparece a rematar cruzado ampliando a vantagem dos academistas. Três minutos depois Rafael desmarca bem Raul que aparece a rematar colocado fazendo novo golo.
Aos 40 minutos boa jogada de André a solicitar Rafa que desmarca bem Gonçalo que remata bem mas vê Tiago Ribeiro sobre a linha do golo negar o golo. No minuto seguinte livre de Rafael para defesa atenta do
guarda-redes contrário. Aos 43 minutos Bernardo nega o golo desta vez a Gonçalo.
Os academistas parecem transfigurados dominando por completo a partida. Aos 45 minutos Rui Costa remata forte mas um pouco por cima.
Aos 51 minutos o marcador é ampliado através de uma grande penalidade a castigar falta sobre Rafael. Chamado a marcar João Nunes marca o mesmo da melhor forma e assim amplia a vantagem da sua equipa.
No minuto seguinte na marcação de um livre por Ricardo Barbosa a equipa do Nelas leva o perigo À baliza academista,
Na resposta primeiro Miguel e depois Xico não conseguem o melhor remate.Aos 55 minutos Rodrigo Silva passa para Raul que tem um remata fraco. Dois minutos depois António em boa posição não consegue o melhor remate.
Aos 59 minutos Ricardo Barbosa remata forte valendo a defesa de Mário que ainda vê a bola embater na barra da baliza academista. No minuto seguinte Raul ainda consegue mais num golo colorindo pela ultima vez o marcador.
Arbitragem sem reparos.
Vitória gorda academista fruto de uma segunda parte de bom nível que deu uma maior vantagem aos academistas após uns primeiros 30 minutos mais equilibrados onde o Nelas conseguiu criar bastantes dificuldades aos locais.

Out: ritmo baixo da primeira parte. A primeira parte foi jogada a um ritmo lento e isso fez com que o Nelas conseguisse equilibrar a partida com uma postura ousada e que colocou em dificuldades os academistas.
In: segunda parte academista. Após uma primeira parte algo desinspirada os academistas entraram nos derradeiros 30 minutos da partida com uma postura mais atacante e pressionante e isso resultou em 5 golos nos primeiros 10 minutos da segunda parte. Conseguindo trocar a bola da melhor forma os lances de perigo foram surgindo e com isso o resultado foi-se ampliando até ao resultado final.

Outros resultados:
Carregal Sal - Pestinhas 2:6
Mortágua - Galfarritos 1:0
Mangualde - Estrelas Mondego 2:2
Repesenses - Viseu 2001 3:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses1815121082846
Académico Viseu1815031282545
Pestinhas181503602045
Pinguinzinhos181413492940
Mortágua181305523439
Viseu 2001196112426119
Estrelas Mondego18468365218
Mangualde184212259114
Nelas183313407012
Carregal Sal19231415569
Os Galfarritos181116181074

Lider vence em jogo pouco intenso.


Académico Viseu - Drizes 1:2
Golo Académico Viseu: Dani (25 min)
Golo Drizes: Naná (17 min), JP (43 min)
Académico Viseu: Diogo Correia, Gustavo, Fábio Marques, Pratas, Costa (Edgar, 73min), Gigi (Guga, 68 min), Bié, Gonçalo Sousa, Caramelo, Diogo Ribeiro (Pedro Pais, 58 min) e Dani.
Suplentes não utilizados: Rui Pedro.
Treinador: Mário Correia.
Drizes: Tarik, Rocha (Rochinha, 77 min), Tigas, Vicente, Conde, Naná, Pisco, Ruka (Varanda, 71 min), JP, Ramalho (Xiquinho, 54 min) e Dida.
Suplentes não utilizados: André, Alex, Bizarro, Fernandes.
Treinador: Ricardo.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Gustavo (76 min)
Drizes: Vicente (29 min), JP (78 min)
Árbitro: Bruno Nascimento, Auxiliares: Miguel Vieira, Bruno Gonçalves.

Os juvenis B academistas têm neste jogo um confronto de elevado grau de dificuldade visto defrontarem o lider da prova, no caso o Drizes.
Início de partida bastante equilibrado sem nenhuma das duas equipas conseguir o domínio da partida.
O primeiro remate com perigo surge aos 10 minutos por intermédio de Ruka que passa perto da baliza de Diogo Correia.
Os academistas parecem adormecidos tendo uma sucessão de passes errados e aos 17 minutos o marcador é inaugurado com um remate de Naná de muito longe batendo o guarda-redes academista.
O empate viria a acontecer aos 25 minutos, num lance de desentendimento entre Tarik e Pisco com a bola a ficar para Dani que faz tranquilamente o golo do empate. Aos 30 minutos remate de Conde a passar por toda a área academista sem nenhum dos seus colegas conseguir dar o melhor seguimento ao mesmo.
Primeira parte mal jogada sem grandes ocasiões de golo.

Aos 43 minutos falha na defensiva academista com a bola a chegar a Dida a ter o primeiro remate e JP confirma o golo.
O Drizes parece ter entrado com uma postura mais pressionante. Três minutos depois Fábio perde a bola para Ramalho que remata forte para defesa de Diogo Correia.
Aos 52 minutos canto de Dani para Gigi aparecer sem marcação a cabecear sem a melhor direcção.
Partida sem grandes momentos de perigo para ambas as balizas com o Drizes a conseguir ter mais posse de bola.
Aos 60 minutos Gonçalo Sousa marca o livre com Gigi ao segundo poste a cabecear fraco ao lado da baliza sampedrense. No minuto seguinte novo livre para os academistas mas Tarik a antecipar-se aos avançados academistas.
Aos 63 minutos Caramelo centra para Pedro Pais rematar mas este vê Rocha negar-lhe o golo.
Os academistas estão agora mais afoitas na procura do golo do empate.
Contudo o jogo parece controlado pela equipa forasteira mas aos 80 minutos boa jogada de Gonçalo Sousa a centrar para a bola chegar a Bié rematar mas o seu remate embate na defensiva forasteira.
Aos 84 minutos JP na marcação de um livre obriga Diogo Correia a boa defesa.
Vitória do Drizes em jogo que soube aproveitar os erros defensivos academistas.

Out: pouca intensidade academista. Foi um jogo algo desinspirado dos academistas. Conciliando a isso a pouca intensidade na disputa dos lances fizeram com que os academistas estivessem longe do que de melhor sabem fazer.
In: coesão forasteira. O líder da prova apesar de não ter realizado uma grande exibição mostrou-se bastante coeso e empenhado na procura de um resultado positivo. Com isso conseguiu aproveitar algumas debilidades defensivas dos academistas para marcar em duas situações e assim alcançar uma vitória importante para os seus objectivos.

Outros resultados:
Cinfães - Cracks Lamego :
Moimenta Beira - Viriatos :
Crasto - Resende :
Sátão - Vouzelenses :
Viseu Benfica - Oliveira Frades :

16 março 2014

No aproveitar teve a virtude local

Taboeira - Académico Viseu 2:0
Académico Viseu: Tomé (Palhares aos 57´); Filipe, Nuno (Salgado aos 62´), Costa e Bernardo; Cláudio (cap.), Totti (Miguel Ângelo ao intervalo) e Caiado; Rafa (Ruben ao intervalo), Ângelo e Tiago Mendes
Suplentes não utilizados: Olavo, Tiago Ferreira e Patrick.
Treinador: Vitor Santos

Quem não marca, sofre e…perde. Foi o que aconteceu ao Académico de Viseu este domingo em São João de Loure, casa emprestada do Taboeira.
A equipa viseense foi a primeira a criar perigo por intermédio de Tiago e essa foi a toada de todo o jogo. Esperava-se o golo academista a qualquer momento e esse veio a acontecer aos 18 minutos por intermédio de Ângelo que o árbitro anula por indicação do árbitro auxiliar, do lado do banco da equipa da casa. Estupefação geral visto o jogador academista ter partido de trás da defesa visitada e aparecer isolado e a fazer golo!!
A equipa de Viseu intranquiliza-se por não conseguir marcar no meio de tantas oportunidades e ver o Taboeira em duas transições rápidas criar imenso perigo.
Se na primeira jogada Rafa, em apoio aos seus colegas da zona defensiva, consegue cortar in extremis já na segunda o golo da equipa da casa acontece mesmo.
Se o empate já era uma injustiça a desvantagem era um castigo enorme para os academistas.
Na segunda parte a toada ofensiva dos jovens do Académico aumenta ainda mais e numa só jogada enviam a bola à trave por duas vezes e ao poste. Era muito azar.
A bola não saía do meio campo do Taboeira e os remates à baliza da equipa da casa eram uma constante.
Aos 56 minutos Tomé tem de ser substituído por lesão e no minuto seguinte dá-se o segundo golo da equipa da casa sem que desta vez o árbitro auxiliar anulasse o lance por fora-de-jogo de metros!!
Era o canto de cisne para a equipa de Viseu que até ao final do jogo nunca deixou de acreditar e ainda enviava mais uma bola à trave e outra ao poste, além de inúmeros remates que foram parados pelo guarda-redes da casa de qualquer maneira.
O Taboeira viria a marcar ainda um terceiro golo que foi anulado porque quando a bola já entrava na baliza de Palhares um jogador da casa, em posição de fora-de-jogo, correu a confirmar o golo, levando, e bem, à sua invalidação.
Em resumo um jogo que era importante em temos classificativos e que a vitória feliz sorriu à equipa do Taboeira que lutou sempre muito. Os academistas tiveram muitas oportunidades que não concretizaram e que por isso só se podem queixar disso mesmo.
A equipa de arbitragem teve no auxiliar do lado do banco do Taboeira o «elo mais fraco».


NOTA: Gostava de solicitar uma ajuda a quem assistiu a esta partida e que possa ajudar na elaboração da noticia que me envie dados para para o mail: jorge.miguel.sa@gmail.com!


Outros resultados:
Repesenses - Crasto 2:0
Gondomar - Avanca 2:0
Lusitano Vildemoinhos - Sanjoanense 1:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense860217646
Gondomar8323101146
Repesenses842214839
Avanca851214735
Taboeira8224131531
Académico Viseu8413131028
Lusitano Vildemoinhos82247923
Crasto80262247

Empate em derby equilibrado e muito táctico


Académico Viseu - Repesenses 1:1
Golo Académico Viseu: Gonçalo Sousa (80+ 1 min)
Golo Repesenses: João Silva (68 min)
Académico Viseu: Elísio, Renato (Gonçalo Sousa, 60 min), Carlos, Pedro, Tigas, Rafael Barreiros, Marcelo (Lopes, 74 min), Vasco (Caramelo, 70 min), Benjamim, Hugo e Bié.
Suplentes não utilizados: Miguel e Henrique.
Treinador: Roger.
Repesenses: Fernando, Picaré, Xico (Rodrigo, 65 min), António, Didi, Kiko, Ramalho, Gabriel, Miguel (Alexandre, 80 min), Borracha e João Silva (Rui Pedro, 73 min)
Suplentes não utilizados: Rafael
Treinador: Barbosa.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Carlos (26 min)
Repesenses: Gabriel (37 min)
Cartão vermelho:
Repesenses: Fernando (80 min)
Árbitro: Henriques Rodrigues, Auxiliares: Pedro Gonçalves, Bruno Cardoso (A.F. Bragança)

Este derby entre as duas equipas de Viseu assumia-se importante na luta que travam pela manutenção.
Os academistas entraram mais dominadores e seriam os primeiros a criar perigo quando aos 5 minutos após canto de Marcelo, Rafael Barreiros vindo de trás aparece a rematar sem a melhor direcção.
Após um maior domínio inicial dos academistas os jogadores forasteiros conseguem equilibrar a partida e aos 12 minutos Miguel entra bem na área mas a defensiva academista consegue o alívio quando este se preparava para o remate.

A partida fica muito equilibrada com nenhuma das equipas a querer ter erros e desta forma as ocasiões escasseavam até que aos 27 minutos Elísio na sequência de um livre este mostra reflexos rápidos a ter uma boa defesa a responder ao cabeceamento de Borracha. Na resposta Hugo sobe bem na ala e centra para Rafael Barreiros cabecear sem a melhor direcção.
Aos 37 minutos Benjamim tenta o pontapé de bicicleta mas sem conseguir o concretizar da melhor forma.
Chegava-se ao intervalo com um empate que se ajustava.

A segunda parte começou bastante equilibrada mas com o Repesenses a conseguir ter mais posse de bola e seriam os primeiros a criar perigo quando Miguel remata com perigo à baliza academista.
Corolário do maior ascendente os forasteiros viriam a conseguir o golo por intermédio de João Silva.
Após o golo sofrido e com as substituições de teor mais ofensivo os academistas começaram a ganhar o domínio da partida e ficariam perto do golo quando após um canto Carlos sobe mais alto que a defensiva repesenses e cabeceia perto da baliza de Fernando.
O empate viria mesmo a acontecer numa grande penalidade a castigar falta de Fernando sobre Lopes. Neste lance Fernando recebe a ordem de expulsão, uma decisão algo exagerada e desta forma Alexandre foi chamado a terreno para tentar a defesa. Chamado a marcar Gonçalo Sousa marca bem o mesmo e restabelece o empate final que acaba por se ajustar num derby bastante intenso e equilibrado.
Arbitragem bastante contestada sobretudo pelo lance final onde nos parece algo exagerada a expulsão.
Out: escassez de oportunidades de golo. Num jogo muito equilibrado ambas as equipas disfrutaram de poucas ocasiões de golo muito fruto da luta que foi travada no meio campo de ambas as equipas. Foi um ponto menos positivo num jogo bastante intenso e emotivo.
In: derby emotivo e intenso. Foi um derby na plena descrição da palavra. Emotivo até ao apito final, intenso nas diversas disputas de bola que as duas equipas travaram e mostraram querer levar a melhor. Dai o empate acabar por ser um desfecho justo.



Outros resultados:
Beira Mar - Núcleo Guarda 3:0
Marinhense - Anadia 1:3
Naval - Sp. Covilhã 1:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Beira Mar741221843
Académico Viseu70436936
Repesenses7322131234
Anadia731313836
Marinhense7214101229
Núcleo Guarda7403111128
Naval7601181028
Sp. Covilhã701652717

Vitória robusta num jogo de um só sentido

video

Académico Viseu - São João Pesqueira 14:0
Golos Académico Viseu: Filipe (5, 22 min), Bernardo (6, 37 min), Ivan (18,19,21 e 45 min), Miguel Miragaia (14, 31, 38 e 41 min), Martim (29 min), Tiago Varela (48 min)
Académico Viseu: Rafael Correia, Edgar, Tiago Varela, Bernardo, Filipe, Miguel Pessoa, Miguel Miragaia, Tiago Figueiredo, Iva, Martin e Nuno Cruz.
Treinador: Fábio Mendes.
São João Pesqueira: Ricardo Costa, Duarte, João Elias, Rui, Miguel, Gustavo,Rodrigo, Luis, João Leal, João Duarte.
Treinador: Paulo Vicente.
Árbitro: Bruno Gonçalves.
video

Os benjamins academistas defrontam o São João da Pesqueira e procuram uma vitória. Aos 2 minutos Ricardo Costa tem boa defesa após canto de Bernardo.
No minuto seguinte primeiro Miguel Pessoa e depois Tiago Varela tem boas oportunidades para marcar mas falham na direcção do seu remate.
Aos 5 minutos canto de Bernardo para Filipe sobre a linha de golo fazer o golo inaugural. No minuto seguinte é Bernardo a rematar forte batendo Ricardo Costa e ampliando a vantagem academista.
Aos 10 minutos Miguel Miragaia desmarca Bernardo que remata muito por alto.
Quatro minutos depois Miguel Pessoa centra para Miguel Miragaia cabecear fazendo o terceiro golo da equipa academista. Aos 17 minutos Miguel Pessoa remata forte ao poste da baliza forasteira.
No minuto seguinte Ivan no interior da área recebe bem e faz o remate forte para novo golo academista.
Aos 19 minutos boa desmarcação de Miguel Pessoa a desmarcar Ivan que faz a bola sobrevoar Ricardo Costa fazendo novo golo.
Dois minutos depois momento de inspiração de Ivan que de ângulo apertado faz o remate colocado .
Aos 22 minutos Edgar desmarca bem Filipe que entra da melhor forma na área contrária e remata cruzado fazendo novo golo.
Chega-se ao final da primeira parte com uma vitória parcial academista já robusta.
video

Aos 28 minutos remate de Bernardo com Miragaia a chegar um pouco atrasado para dar o melhor seguimento. No minuto seguinte o mesmo jogador vê o seu remate embater com estrondo na barra da baliza forasteira.
Aos 29 minutos, Martim após jogada de insistência na área forasteira encosta para novo golo da equipa academista. No minuto seguinte é Tiago Varela a ganhar o lance na sua defensiva subindo bem no terreno falhando só na direcção dada ao seu remate.
Aos 31 minutos canto de Bernardo para Miguel Miragaia aparecer a encostar fazendo o nono golo da equipa local. Três minutos depois Bernardo entra da melhor forma na área e remata forte ampliando a vantagem da sua equipa. .
Aos 38 minutos Bernardo desmarca Miguel Miragaia que se antecipa ao guarda-redes contrário fazendo o golo. O mesmo jogador viria a conseguir novo golo à passagem do minuto 41 quando consegue ser mais forte no duelo com João Elias.
No minuto seguinte primeiro Bernardo e depois Miguel Miragaia vêm os seus remates embaterem na base do poste da baliza contrária.
Aos 44 minutos Miguel Pessoa tem um bom cruzamento a fazer a bola passar toda a área forasteira mas nenhum colega consegue o melhor remate. Dois minutos depois canto de Miguel Pessoa para Miguel Miragaia em boa posição a rematar sem a melhor direcção.
Melhor direcção deu Ivan ao seu remate quando recebe da melhor forma e faz o mesmo da melhor forma aumentando assim a vantagem academista.
Aos 48 minutos Miguel Pessoa marca bem o canto para Tiago Varela aparecer a cabecear fazendo o 14º golo da sua equipa. No minuto seguinte Miguel Pessoa remata forte para boa defesa de Ricardo Costa.
Chega-se ao final da partida com uma vitória com números largos que mostram o desnível das duas equipas.
video
Out: fragilidades forasteiras. A equipa do São João da Pesqueira mostrou bastantes fragilidades quando pressionados pelos academistas e desta forma o resultado final foi mesmo esse corolário. Para além das dificuldades defensivas os jogadores forateiros só por uma vez remataram à baliza de Rafael Correia.
In: jogo academista. Os academistas nunca baixaram a pressão e o seu ritmo criando diversas oportunidades para irem avolumando o seu marcador. Frente a um adversário que mostrou fragilidades os academistas rubricaram uma boa exibição e com isso obtêm uma goleada
video
Outros resultados:
Vila Chã Sá - Resende 4:5
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Resende430134139
Académico Viseu430125159
Santo André31111174
Vila Chã Sá411222114
São João Pesqueira30030460
video