31 março 2013

Juniores perdem em chuva de golos

Tourizense - Académico Viseu 5:2

Os juniores no inicio desta segunda volta na Fase da Manutenção deslocavam-se a Touriz para defrontar a equipa local.
Foi um jogo em que ambas as equipas com a manutenção quase que já se garantida matematicamente se dispuseram a um futebol de ataque e com isso surgiram 7 golos na partida. 

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já! 


Outros resultados:
Naval - Oliveira Frades 2:2
Sp. Covilhã - São Romão 1:0
Vigor Mocidade - Leiria Marrazes 4:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tourizense852119745
Académico Viseu8512181643
Oliveira Frades8341121036
Sp. Covilhã832391034
Leiria Marrazes8314171533
Vigor Mocidade8422141327
Naval 1º Maio812581921
São Romão812591619

Duelo de aflitos complica conta a academistas

Avanca - Académico Viseu 1:0

ACREDITAMOS EM VOCÊS CAMPEÕES! Apesar de difícil vamos CONSEGUIR!
 
Outros resultados:
Repesenses - Oliveirense 0:0
Lusitano Vildemoinhos - Meda 3:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos952216948
Repesenses851215645
Oliveirense942311936
Avanca932491032
Académico Viseu9315131228
Candal83145825
Meda821531819

26 março 2013

Convocados selecção Viseu sub14

Foram 3 os academistas convocados para o treino de observação da Selecção Distrital de Viseu sub 14. 
  • Cláudio Albino
  • Rui Henriques
  • Bernardo Figueiredo
O Treino irá decorrer no Estádio 1º Maio no Fontelo em Viseu no dia 28 MARÇO pelas 15:30.
Os jogadores deve comparecer as horas marcadas munidos de equipamento.

Convocados selecção Viseu sub13

Foram 2 os academistas convocados para o treino de observação da Selecção Distrital de Viseu sub 13. 
  • Tiago Salgado
  • Ruben Almeida 
O Treino irá decorrer no Estádio Municipal das Chãs em Vouzela no dia 27 MARÇO pelas 16:30.
Os jogadores deve comparecer as horas marcadas munidos de equipamento.

Convocados selecção Viseu sub12

Foram 4 os academistas convocados para o treino de observação da Selecção Distrital de Viseu sub12. 
  • João Félix
  • José Félix
  • Pedro Tavares
  • Rodrigo Rodrigues
O Treino irá decorrer no Estádio Municipal das Chãs em Vouzela no dia 27 MARÇO pelas 14:30.
Os jogadores deve comparecer as horas marcadas munidos de equipamento.

25 março 2013

Infantis dão cambalhota no marcador para a vitória

Académico Viseu - Resende 6:3

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já! 



Outros resultados:
Viriatos - Vale Açores :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu1100633
Estrelas Mondego0000000
Sátão0000000
Resende1001360

Infantis sub12 com inicio vencedor

Penalva Castelo - Académico Viseu 2:4

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já! 



Outros resultados:
Viriatos - Vale Açores :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu1100423
Vale Açores0000000
Viriatos0000000
Penalva Castelo1001240

Chuva de golos em empate benjamim

Académico Viseu - Oliveira Frades 3:3
Golos Académico Viseu: Rafa 2, Gonçalo Pereira.
Académico Viseu: Gui, Xico, Rafa, Vasco, Gonçalo Pereira, Luiz, Miguel Loureiro, Vasquinho, Rodrigo Silva, Rodrigo Cruz, Mário e Luis.

Após um jogo de loucos na primeira jornada desta segunda fase, os benjamins academistas tinham mais um confronto com a equipa do Oliveira Frades, uma equipa que se mostrou bem organizada e a criar muitos problemas à equipa local.
Os locais viriam a ser os primeiros a inaugurar o marcador num golo de Rafa que assim colocava os academistas na frente do marcador e seria com este resultado com que ambas as equipas regressariam aos balneários.
Na segunda parte a partida aumentou de ritmo e com isso os golos foram surgindo e os forasteiros conseguiram dar a cambalhota no marcador.
Os academistas não sentiram os golos e ganharam ânimo para encetar nova recuperação no resultado e viriam a colocar-se novamente em vantagem no marcador com golos de Gonçalo Pereira e Rafa.
Já perto do final da partida a equipa do Oliveira Frades ainda viria a conseguir o empate com que a partida iria a encerrar.

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já! 



Outros resultados:
Penalva Castelo - Mortágua 1:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu21101084
Oliveira Frades2110544
Penalva Castelo2002260
Mortágua2101983

24 março 2013

Derby de fortes emoções dita empate

Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos 1:1
Golo Académico Viseu: Gonçalo Sousa (57 min)
Golo Lusitano Vildemoinhos: Barros (70 min) 

Académico Viseu: Tiago, Gustavo, Xavi, Pratas, Bernardo, Mauricio (Cláudio, 60 min), Gigi, Gui, Gonçalo, Pipo (Rui Silva, 53 min), Edgar.
Suplentes não utilizados: Rui Pedro, Pedro Nunes, Dani, Diogo, João Lage.
Treinador: Mário.
Lusitano Vildemoinhos: Daniel, Zé Maria, Caramelo, David, JP, Artur (Barros, intervalo), Diogo, Ricardo (Sousa, 53 min), Mendes (Silva, intervalo), Pereira e Renato (Edgar, 53 min).
Suplentes não utilizados: Bernardo, Gui e Tiago.
Treinador: Hugo.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Edgar (25 min),  Gustavo (55, 68 min), Rui Silva (68 min)
Lusitano Vildemoinhos: Mendes (28 min).
Cartão vermelho:
Académico Viseu:  Gustavo (68 min)
Árbitro: Nuno Silva, Auxiliares: Miguel Vieira e Pedro Reis.

Este é mais um derby citadino entre as equipas do Académico de Viseu e do Lusitano Vildemoinhos. Num campo mais dado à natação que à pratica do futebol disputa-se um jogo bastante importante sobretudo para os academistas na luta pela manutenção no escalão máximo deste escalão.
A partida começa com ambas as equipas a estudarem-se mutuamente e o primeiro lance de perigo surge aos 5 minutos com Simão Pipo a conseguir o centro para o interior da área trambela valendo o corte providencial de JP. No seguimento do canto é Pratas a cabecear com perigo à baliza de Daniel.
Dois minutos depois Gonçalo Sousa desmarca bem Gustavo que tem um remate forte mas bastante torto.
A resposta surge aos 10 minutos no seguimento de um canto com Pereira a antecipar-se à defesa academista e cabecear para defesa atenta de Tiago.
A partida está agora mais equilibrada com ambas as equipas a parecerem mais ajustadas uma à outra.
Aos 24 minutos Gui de muito longe remata  para defesa atenta de Daniel. Três minutos depois Renato aparece em boa posição a aproveitar o espaço dado e remata forte para grande defesa de Tiago a evitar o golo trambelo. Oito minutos depois JP tem um bom centro para Tiago defender a punhos. No minuto seguinte Simão Pipo centra bem para Gonçalo Sousa aparecer a cabecear fraco.
Chega-se ao intervalo com um nulo na partida.

A segunda parte começa com as equipas a equilibrarem-se e aos 40 minutos Gonçalo Sousa em boa posição a rematar com muito perigo à baliza trambela. Tal como na primeira parte os academistas parecem entrar melhor na segunda parte.
A resposta do Lusitano Vildemoinhos acontece aos 47 minutos num cruzamento de JP para defesa atenta de Tiago. As duas equipas parecem algo nervosas na hora do remate e o jogo está completamente partida.
Aos 57 minutos na marcação de um livre Gonçalo Sousa vê o seu remate embater com estrondo na barra da baliza trambela.
Contudo o marcador viria a marcar no seguimento de uma grande penalidade num lance muito duvidoso no interior da área trambela. Chamado a marcar Gonçalo Sousa marca bem o mesmo e coloca os academistas na frente do marcador.
A resposta tramblea dá-se aos 63 minutos com JP num livre a colocar Tiago a grande defesa.Na resposta num rápido lance de contra-ataque surge mais um lance muito polémico na área forasteira onde Edgar agora sim parece ser derrubado no interior da mesma mas Nuno Silva muito longe do lance nada assinala.
Os trambelos reagem bem ao golo sofrido e primeiro Barros e depois Silva têm nos pés o golo do empate que é anulado por grandes defesas de Tiago.
A equipa do Lusitano de Vildemoinhos em vantagem numérica motivado pela expulsão de Gustavo em mais um erro do trio de arbitragem carrega nos últimos minutos e aos 69 minutos Silva na zona frontal do campo remata muito perto da base do poste da baliza academista.
O empate viria a acontecer aos 70 minutos quando Barros na ala direita do seu ataque tem um centro remate que sobrevoa Tiago batendo no poste e entrando na baliza academista.
Após isso ambas as equipas ainda procuraram o golo mas mais com o coração do que com a cabeça e o empate acabaria por ser mesmo o desfecho final.
Resultado que acaba por ser ingrato para os academistas pois sofrem um golo mesmo no final da partida mas onde o Lusitano conseguiu aproveitar a sua pressão nos minutos derradeiros da partida.
Má arbitragem em mais uma exibição para esquecer deste trio de arbitragem.



Out: arbitragem. Um jogo em que foram muitos os erros da equipa de arbitragem e que condicionou o resultado final da partida. Com faltas assinaladas ao contrárias, lances polémicos nas áreas mal assinalados alguns e outros por assinalar o derby viseense foi atraiçoado pela exibição pouco feliz deste trio de arbitragem e onde as duas outras equipas não mereciam isso.
In: derby emocionante. Foi um jogo intenso e bastante emotivo que representa da melhor forma a intensidade dos derby. O empate acaba por expressar isso e ambas as 2 equipas estão de parabéns pelo fair-play demonstrado dentro do terreno e onde ambas sairam com nota alta.

NOTA:  À tabela classificativa emitida na semana passada foram retirados 3 pontos ao Repesenses e acrescentados 3 ao Meda face ao comunicado da FPF, processo 65 que castiga a equipa viseense com a perda de tais pontos 

Outros resultados:
Oliveirense - Avanca 3:2
Candal - Repesenses 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos842213945
Repesenses750215644
Oliveirense841311935
Avanca822481029
Académico Viseu8314131128
Candal83145825
Meda721431519
video

23 março 2013

Juniores empatam em derby distrital

Oliveira Frades - Académco Viseu 2:2

Os juniores academistas nesta curta deslocação a Oliveira Frades procuravam manter o lugar de lider nesta fase da manutenção. Do lado da equipa local, a vitória também era um objetivo importante para assim se afastar dos lugares que dão a descida aos distritais deste escalão.
Foi um jogo em que ambas as equipas procuraram sempre o golo e com isso o empate seria o resultado final da partida.

Outros resultados:
Vigor Mocidade - Tourizense 1:1
Sp. Covilhã - Leiria Marrazes 2:1
Naval - São Romão 4:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu7511161143
Tourizense742114542
Oliveira Frades733110835
Leiria Marrazes7313151133
Sp. Covilhã722381031
Vigor Mocidade7322101124
Naval 1º Maio711561720
São Romão712491519

Iniciados empatam em jogo em atraso

 
video

Académico Viseu - Cinfães 1:1
Golo Académico Viseu: Henrique Barros (53 min)
Golo Cinfães: Bruno Silva (65 min)
Académico Viseu: Diogo Correia, Olavo (Xavi, intervalo), Gonçalo Costa, David Tadeu, Miguel Ribeiro, Miguel Silva (João Coelho, 66 min), Rui Henriques, Vasco (Zé Lopes, 51 min), Pedro Pais, Daniel (Leandro, intervalo), Diogo (Henriques Barros, intervalo).  
Suplentes não utilizados: Tiago Alves. 
Treinador: Vitor Santos. 
Cinfães: João Silva, João Fraga, Bruno Silva, André Botelho, Vitor Cardoso, Tiago Alexandre, Nuno Lento (Tiago Ferreira, 64 min),  Gonçalo Silveira, Francisco Gonçalves, Daniel Resende, João Teixeira (Jaime Bastos, 66 min).
Suplentes não utilizados: Gonçalo Moreira, Joel Cardoso, Paulo Teixeira. 
Treinador: Fernando Jorge.


Os iniciados B academistas têm mais um jogo na condição de visitado sendo o Cinfães o seu adversário.  Inicio de partida equilibrada com o primeiro lance de perigo a acontecer aos 10 minutos quando Pedro Pais centra mas sem nenhum colega conseguir dar o melhor seguimento ao mesmo. No minuto seguinte é Gonçalo Costa a aparecer a rematar por alto.
A partida esta equilibrada com ambas a equipa a procurarem criar lances de perigo mas sem o conseguirem da melhor forma.
Aos 20 minutos Daniel bem solicitado aparece nas costas da defensiva cinfanense mas João Silva consegue a defesa evitando assim o golo academista. A resposta forasteira dá-se aos 25 minutos com João Teixeira a rematar forte mas sem melhor direcção.
A partida continua a ser jogada a um ritmo lento e sem grandes lances de perigo e só aos 32 minutos aconteceria um lance de perigo quando Gonçalo Costa centra para David Tadeu rematar ao lado da baliza forasteira.
Chega-se ao intervalo com um empate que se ajusta numa primeira parte bastante fraca.

Aos 37 minutos lance de muito perigo para os academistas quando Rui Henriques desmarca bem Henrique Barros valendo a atenção de João Silva a fazer uma primeira defesa, mas a bola sobra para Leandro que remata perto da base do poste da baliza cinfanense.
Os academistas com as mexidas tácticas ao intervalo parecem entrar mais afoitos na procura do golo e aos 39 minutos é Vasco a rematar à baliza forasteira. Aos 43 minutos Tiago Alexandre marca o livre para Francisco Gonçalves aparecer nas costas da defensiva academista completamente solto mas remata muito por alto.
Três minutos depois é Henrique Barros a criar perigo para a baliza de João Silva valendo a atenção do guarda-redes cinfanense. Aos 50 minutos Henrique Barros centra bem para Leandro aparecer a rematar valendo a defesa de João Silva.
O golo academista viria mesmo a surgir aos 53 minutos numa jogada de inspiração de Henrique Barros que ganha o lance a dois defesas contrárias e na zona frontal do campo desfere o remate que inaugura o marcador. A equipa forasteira sentiu o golo sofrido e com isso os academistas conseguem ter o domínio da partida mas um pouco contra a corrente de jogo viria a ser o Cinfães a conseguir o golo.
Acontece no seguimento de um livre marcado por Francisco Gonçalves a rematar à barra da baliza academista e na sobra aparece Bruno Silva a encostar para o golo.
Aos 70 minutos David Tadeu tenta o golo mas o seu remate passa um pouco ao lado da baliza cinfanense.
Chega-se ao final da partida com um empate na partida que acaba por castigar os academistas que foram ao longo da partida os melhores em campo mas falharam na finalização.
Arbitragem com influência na partida pois o lance do golo da equipa visitante nasce de um livre mal assinalado.

Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto241941792161
Resende241842582758
Viriatos241734562354
Cracks Lamego241716563852
Vouzelenses241338472742
Sátão241257512941
Académico Viseu 24969273133
Oliveira Frades24969404233
Penalva Castelo248313414727
Paivense245415225418
Cinfães244416274516
Drizes245019276215
Viseu Benfica244317277515
Moimenta Beira24261620579

 

20 março 2013

Rumo as vitórias

O teu apoio faz-nos mais fortes! Aparece e leva-nos à vitória.
Juntos vamos vencer!

18 março 2013

Pormenor desata equilibrio desinspirado


Oliveira Frades - Académico Viseu 1:0
Académico Viseu: Diogo Correia; Olavo (Rafael Filipe, 53 min), Tadeu (cap.), Costa e Leo (Daniel, 30 min); Rui Miguel, Miguel Silva e Xavi (Coelho, 60 min); Rafa (Cruchinho, 60 min), Diogo Almeida (Lopes, 53 min) e Pedro Pais.
Suplentes não utilizados: Tiago e Gonçalo
Treinador: Vitor Santos.

O jogo em Oliveira de Frades foi em tudo igual aos que a equipa academista tem realizado fora do Fontelo. Um jogo em que quase não houve oportunidades golos.
O Académico entrou melhor na partida e Pedro Pais aos 5 minutos aparece isolado frente ao guarda redes lafonense mas não consegue dar a melhor direcção á bola.
O jogo foi sempre disputado a meio campo e os guarda redes não foram chamados a participar. 
Aos 30 minutos Leo lesiona-se e entra Daniel para a frente de ataque academista obrigando ao recuo de Pedro pais para lateral.

Na segunda parte o jogo continuou na mesma toada e não se perspectivava que alguma equipa chegasse ao golo. No entanto, e mais uma vez, a equipa academista volta a sofrer um golo na sequência de um canto em que não foram rápidos a tirar a bola da sua grande área depois de um primeiro remate defendido por Diogo.
Estavam decorridos 58 minutos de jogo. O golo enervou os academistas pois foi precedido de uma falta dura sobre Tadeu que o árbitro ignorou.
A equipa do Oliveira de Frades com atletas bastante fortes, fisicamente, foi intranquilzando, em bolas longas, a equipa academista que até ao último minuto tentou chegar à baliza adversária.
Em resumo um jogo característico da distrital de iniciados com vários atletas academista a fazerem os seus primeiros minutos em competição.
Outros resultados:
Viseu Benfica - Crasto 1:5
Viriatos - Cinfães 2:1
Vouzelenses - Cracks Lamego 1:3
Moimenta Beira - Paivense 1:0
Resende - Drizes 3:2
Penalva Castelo - Sátão 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto241941792161
Resende241842582758
Viriatos241734562354
Cracks Lamego241716563852
Vouzelenses241338472742
Sátão241257512941
Académico Viseu 23959263032
Oliveira Frades24969404233
Penalva Castelo248313414727
Paivense245415225418
Cinfães234316264415
Drizes245019276215
Viseu Benfica244317277515
Moimenta Beira24261620579

17 março 2013

Iniciados perdem em Meda e complicam contas

Meda - Académico Viseu 2:1
Académico Viseu: Tiago, Claudio (Gustavo, intervalo), Xavi, Pratas, Bernardo, Edgar, Mauricio(João Lage, intervalo), Gigi(Rui Silva, 68 min), Guilherme, Dani (Diogo, 49, min.) e Simão Pipo.
Suplentes: Rui Pedro, Miguel e Pedro Nunes.
 
Outros resultados:
Avanca - Candal 1:0
Lusitano Vildemoinhos - Oliveirense 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses640213544
Lusitano Vildemoinhos741212844
Oliveirense73138732
Avanca72236729
Académico Viseu7304121027
Candal73134625
Meda721431516

Vitória juvenil tranquila

video

Académico Viseu - Molelos 5:0
Golos Académico Viseu: Carlos (8 min), João Soares (34, 39, 78, 80+ 2 min)
Académico Viseu: Diogo, Pedro Pereira, Carlos, Eduardo, Rafael, Vaz Pinto, Marcelo (Jimmy, 60 min), Benjamim, João Soares, Micoli (João Silva, 60 min) e Rafael Campos (Bernardo, 68 min).
Suplentes não utilizados: Miguel, Paulo, Francisco, Bernardo, Ricardo, João Silva.
Treinador: Roger e Pedro.
Molelos: Guilherme (Vitor Hugo, 79 min), Constantino, Ricardo Amaral, Cláudio, Guilherme, Pedro, Francês (Francisco, 72 min), Hugo, Diogo, Ricardo Teixeira (Simão, 65 min) e Miguel.
Suplentes não utilizados:  Luis Veloso.
Treinador: Pedro.

Este é um jogo bastante importante para os Juvenis academistas na procura do seu primeiro objetivo da época que é o de garantir os lugares que possibilitem o acesso à fase final deste Campeonato.
Primeiro lance de perigo aos 3 minutos quando Rafael Silva ganha o lance na sua área e em velocidade ultrapassa os defesas contrários e em seguida passa para Rafa que é atraiçoado pela muita água existente na área forasteira. No minuto seguinte Marcelo na marcação de um livre leva a bola a passar perto da barra da baliza academista.
O golo viria a surgir à passagem do minuto oito quando na marcação de um canto marcado por Rafael Silva com Carlos a aparecer a cabecear antecipando-se a toda a defensiva molelense abrindo assim o marcador. Aos 9 minutos Marcelo remata forte um pouco ao lado da baliza defendida por Guilherme.
A equipa academista tem um bom inicio da partida.
Aos 13 minutos João Soares desmarca bem Micoli que antecipando-se à defensiva forasteira faz a boa sobrevoar Guilherme mas vê a bola passar perto da base do poste da baliza deste ultimo.
Os academistas pressionam na procura do golo e aos 18 minutos Benjamim cruza para Guilherme ter uma boa defesa a evitar o segundo golo academista.Na resposta Francês marca bem um livre para Cláudio aparecer a cabecear valendo a atenção de Diogo.
Os academistas dominam a partida mas estão a falhar na altura do remate final e vêm o Molelos a ter uma flagrante oportunidade para marcar quando Miguel desmarca Hugo que sozinho perante Diogo remata muito por alto.
No minuto seguinte é Pedro a rematar muito perto da baliza defendida por Diogo. Aos 30 minutos Rafa fica perto do golo falhando só na direcção dada ao seu remate. Aos 34 minutos o marcador viria novamente a funcionar num remate indefensável de João Soares de nada valendo o esforço de Guilherme.
Cinco minutos depois João Soares aparece a antecipar-se a toda a defesa e de angulo dificil remata ampliando a vantagem academista. Chega-se ao intervalo com uma vitória justa dos academistas.

Aos 41 minutos João Soares antecipa-se à defensiva contrária centrando bem para vale a atenção de Guilherme. Seis minutos depois Rafael Silva centra bem para Micoli aparecer a rematar um pouco ao lado da baliza molelense. No minuto seguinte João Soares aparece a fazer o chapeu mas um pouco por alto.
Aos 55 minutos boa jogada de contra-ataque conduzida por Rafa onde só falha na altura do remate valendo a atenção de Guilherme. Os academistas controlam a partida com esta a decorrer a um ritmo mais lento.
Aos 66 minutos João Silva aparece em boa posição mas vê o seu remate ser defendido por Constantino. Dois minutos depois João Silva centra para Rafael Campos rematar mas sendo infeliz pois vê o mesmo passar a rasar a base do poste da baliza forasteira.
Aos 76 minutos João Soares desfere um bom remate mas sem conseguir o golo mas esse viria a surgir aos 78 minutos quando Jimmy centra bem para João Soares aparecer a cabecear ampliando assim a vantagem academista.
Chega-se assim ao final da partida mas sem antes os academistas conseguirem alcançar o quinto golo da partida num lance em que João Soares mostrou uma enorme destreza e perante a falha na defensiva contrária aparece a marcar novo golo.
Arbitragem com alguns erros a nivel do fora de jogo e onde procurou acabar o jogo sem a amostragem de cartões o que levou a algumas entradas mais rispidas.
NOTA: Neste dia especial para mim gostaria de agradecer a estes campeões e à NOSSA CLAQUE pela prendinha que me deram. São enormes!

In: Primeira parte academista. Foi o melhor periodo dos academistas nesta partida, onde os locais foram trocando bem a bola e criaram bastantes oportunidades para marcar dos quais sairam os 3 golos com que as equipas regressaram aos balneários para o merecido descanso.
Melhor em campo: João Soares: É um jogador que procura sempre o duelo e a bola para em velocidade ganhar os lances ao seu adversário. Para além disso mostrou um faro para o golo notável e que lhe permitiu por 4 vezes conseguir o golo e com isso teve um papel importante na conquista de mais esta vitória.

Outros resultados:
Viseu Benfica - Ranhados 4:1
Cabanas Viriato - Tondela 1:3
Mortágua - Penalva Castelo 1:3
Canas Senhorim - Mangualde 2:0

Jogo em atraso
Tondela - Lusitano Vildemoinhos 3:5
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tondela191531482245
Académico Viseu181422671444
Lusitano Vildemoinhos 181233491939
Penalva Castelo181026412032
Molelos20938403330
Canas Senhorim191009354930
Mortágua18927313329
Viseu Benfica18729424120
Cabanas Viriato183213245511
Mangualde1822149568
Ranhados18011710601

16 março 2013

Cambalhota rumo à vitória

video

Académico Viseu - Vigor Mocidade 4:2
Golo Académico Viseu: Dino Besirovic (23 min), Bruno Nunes (33, 40 min), Marco Moreira (64 min)
Golo Vigor Mocidade: André Cruz (4 min), Diogo Jardim (8 min)
Académico Viseu: Tiago, André Ferreira, Gonçalo Pipo (Márcio, 60 min), Bruno Cabral, Paulo Renato, Marco, Tiago Almeida (Guilherme Moita, 86 min), Chris, Dino Besirovic e Bruno Nunes (Pedro Costa, 86 min).
Suplentes não utilizados: Mário, Rafael Barreiros, Samuel e Pedro Costa.
Treinador: Pipo, Nuno Mirandez e Filipe Pipo.
Vigor Mocidade: Miguel, Alexandre, Bruno, Diogo, Diogo Valença, Marcelo (Anthony Gomes, intervalo), Tiago Guiné, André Cruz (João André, 61 min), João Figueira, Filipe Simão e Diogo Jardim (José, 77 min)
Suplentes não utilizados: João, Emanuel, Diogo da Luisa, David Rodrigues, José.
Treinador: Francisco Sousa.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Mauro (79 min)
Vigor Mocidade: Anthony Gomes (52 min), João André (85 min)
Árbitro: Olga Almeida, Auxiliares: Luis Fonseca e Daniel Bernardo (A.F. Viseu)

Este é mais um jogo no Campeonato Nacional da 2ª Divisão de Juniores. A equipa academista recebe a equipa do Vigor Mocidade com o objectivo de alcançar mais uma vitória para ficar mais perto da manutenção neste escalão. A equipa forasteira em posição mais delicada na tabela classificativa procura uma vitória que lhe permita aproximar-se dos lugares que permitem a manutenção.
O marcador viria a funcionar logo ao 4 minuto com André Cruz a rematar cruzado batendo Tiago.
Os academistas tentam reagir ao golo sofrido de forma muito prematura e procuram o empate mas vêm a equipa do Vigor Mocidade reagir em lances de rápidos contra-ataques.
Aos 8 minutos novo golo viria a surgir para a equipa forasteira com Diogo Jardim após uma primeira boa defesa de Tiago a remate de André Cruz. Lance muito polémico onde parece que o avançado forasteiro parece estar em fora de jogo mas o auxiliar nada assinala.
Grande surpresa a vantagem tão prematura da equipa forasteira que mostrou até ao momento uma enorme eficácia.A resposta academista dá-se aos 16 minutos quando Marco marca o livre para Mauro cabecear perto da baliza forasteira. Na resposta é Filipe Simão a aparecer em boa posição obrigando Tiago a boa defesa.
Os academistas viriam a reduzir a desvantagem na partida aos 23 minutos quando Tiago Almeida ganha bem o lance e sobre a linha final faz o centro para Dino Besirovic se antecipar à sua defesa e fazer o golo pelo de intenção. Os academistas pressionam e estão a empurrar a equipa contrária para terrenos mais próximos da baliza de Miguel.
Aos 30 minutos Bruno Nunes bem desmarcado aparece nas costas da defensiva forasteira mas em boa posição remata forte mas sem a melhor direcção, gorando-se assim uma boa oportunidade para empatar. Três minutos depois na sequência de um canto a bola chega a Tiago que roda bem e quando se preparava para rematar é tocado pela costas e Olga Almeida marca grande penalidade. Chamado a marcar Bruno Nunes não treme e marca da melhor forma restabelecendo assim o empate no marcador.
Aos 40 minutos Chris aparece a rematar para uma boa defesa de Miguel contudo na sobra Bruno Nunes aparece a antecipar-se à defesa forasteira e faz o golo que coloca os academistas na frente do marcador. Um lance onde ficam dúvidas na posição do avançado academista.
Aos 44 minutos os academistas ficam perto do golo mas falham na direcção do remate dado e é com este resultado que ambas as equipas regressam aos balneários.

Aos 46 minutos Bruno Nunes cruza bem para Tiago Almeida remata fraco e sem a melhor direcção.
A partida está totalmente em aberto e aos 51 minutos Tiago Almeida centra bem para Bruno Nunes aparecer a rematar sem conseguir o golo. Aos 55 minutos Diogo Jardim remata colocado valendo o corte providencial de Bruno Cabral para canto.
Cinco minuto depois Dino Besirovic aparece em boa posição mas falha na hora do remate final. No minuto seguinte Chris atrasa para André Ferreira que vindo de trás remata sem a melhor direcção.
O marcador viria a funcionar aos 64 minutos quando Bruno Nunes marca bem o livre e Marco Moreira é o unico que parece desperto e ao segundo poste empurra a bola para as redes da baliza forasteira ampliando assim a vantagem academista. 
Aos 66 minutos Filipe Simão aparece a rematar colocando valendo a defesa atenta de Tiago para canto. No minuto seguinte Chris aparece bem desmarcado nas costas da defesa forasteira mas remata para defesa atenta de Miguel. Quatro minutos depois Anthony Gomes bem desmarcado por João André remata forte valendo novamente a acção de Tiago Almeida a ter grande defesa evitando assim o golo do Vigor Mocidade.
Aos 72 minutos Diogo Jardim em boa posição com a baliza à sua mercê remata valendo a defesa de Marco Moreira sobre a linha de golo a evitar o golo. O Vigor Mocidade acredita num resultado mais positivo e está melhor na partida falhando na altura do remate para o golo. No minuto 73 lance de dúvida na área academista quando num remate de João André a bola embate em Márcio ficando a dúvida se na sua mão.
A equipa do Vigor Mocidade pressiona os academistas que estão a perder a luta no meio campo mas aos poucos os locais conseguiram equilibrar a contenda e não deixam que a equipa forasteira se aproxime com perigo das redes academistas.
Chega-se ao final da partida com uma vitória que acaba por se ajustar dos academistas que conseguiram dar a volta a um duro revés quando aos 15 minutos se encontravam a perder por dois a zero.
Arbitragem com uma missão bastante complicada e contestada por os adeptos de ambas as equipas ficando a dúvida em dois lances de fora de jogos para além de duas situações nas áreas de ambas as equipas.

Out: entrada academista. Os academistas tiveram uma entrada bastante complicada na partida pois antes dos primeiros 10 minutos perdiam por duas bolas a zero fruto de algumas liberdades dadas À equipa forasteira que esta conseguiu aproveitar com enorme eficácia.
In: reação academista. Face a este ponto negativo os academistas começaram a partir dos 15 minutos a equilibrar a partida e viriam a conseguir superiorizar-se ao seu oponente conseguindo o empate ainda antes do intervalo e na segunda parte marcariam por mais duas vezes e assim dar a cambalhota a um jogo bastante dividido em que ambas as equipas procuraram o golo até ao apito final. Uma atitude de raça dos academistas!

Outros resultados:
Tourizense - Sp. Covilhã 2:0
Leiria Marrazes - Naval 5:1
São Romão - Oliveira Frades 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu650114942
Tourizense641113441
Oliveira Frades63218634
Leiria Marrazes631214933
Sp. Covilhã61236928
Vigor Mocidade631291023
São Romão612361119
Naval 1º Maio601521417

Dinamistas vencem escolas academistas apáticos

video

Dínamo Estação - Académico Viseu 2:1
Golo Dínamo Estação: Zé Manuel (5 min), Maria (38 min)
Golo Académico Viseu: Ivan (20 min)
Dínamo Estação: Ackermann, JP, Zé Manuel, Simão, Guilherme, Maria, Gonçalo, Diogo, Rodrigo, Alexandre, André, Inês.
Treinador: Luis.
Académico Viseu: Gonçalo Pereira, Tiago, Nuno, Guilherme, Edgar, Coelho, Miragaia, Pessoa, Ivan, João, Bernardo Luis e Bernardo.
Treinador: Fábio.

No 2 minuto remate de Rodrigo para defesa atenta de Bernardo. Melhor entrada dos dinamistas que são os que estão a criar perigo.
Aos 5 minutos os locais marcam o golo inaugural quando Maria consegue desmarcar bem Zé Manuel que com muita liberdade remata e bate o guarda-redes academista. Dois minutos depois boa jogada do Dínamo Estação com Guilherme a desmarcar Maria que em boa posição remata por alto.
Os academistas tentam reagir ao golo tendo agora mais posse de bola na procura do golo mas seria os dinamistas a criar novo lance de perigo aos 11 minutos com Maria a rematar muito perto da baliza academista. Aos 13 minutos Pessoa remata bem valendo a defesa de Ackermann a evitar o golo do empate.
O jogo está mais equilibrado com os academistas a terem mais posse de bola e aos 20 minutos Ivan bem desmarcado por Guilherme aparece ja sobra a linha final a rematar para a baliza desamparada restabelecendo o empate.

Chega-se ao intervalo com um empate no marcador.O primeiro remate da segunda parte cabe a Zé Manuel. Na resposta aos 29 minutos Pessoa bem desmarcado por Bernardo remata com perigo às redes contrárias.
O jogo decorre a um ritmo lento sem grandes lances de perigo.
Aos 35 minutos Ivan remata forte perto das redes dinamistas, e na resposta Zé Manuel remata com perigo à baliza academista. Três minutos depois Maria aparece solto de marcação sendo lesta a rematar e bate Gonçalo Pereira colocando novamente a equipa do Dínamo Estação na frente do marcador.
Aos 44 minutos Tiago na marcação de um livre leva a bola a passar muito perto da baliza de Gonçalo.
Os academistas procuraram o golo do empate que fica perto de acontecer aos 48 minutos quando Bernardo após passe de Ivan ver o seu remate passar perto da baliza local.
Chega-se ao final da partida com uma vitória do Dínamo Estação, onde o empate se ajustava melhor ao decorrer da partida.



Academistas vencem em jogo de loucos


Mortágua - Académico Viseu 5:7
Golo Mortágua: Leandro Pereira (18 min), Tiago (20, 24, 27, 29 min)
Golos Académico Viseu: Wilson (9 min), Rafael Ferraz (11, 40, 45 min), Vasco (38 min), Xico (41 min), Gonçalo Pereira (52 min)
Mortágua: Diogo Lima, Zé Diogo, Bruno Soares, Miguel Marques, Rui Costa, Wilson, Manuel Semedo, Tiago, Leandro Pereira, Edgar Sousa, Ricardo Oliveira e Daniel Soares.
Treinador: Luis Simões.
Académico Viseu: Mário, Xico, Kiko, Rafael Ferraz, Miguel Loureiro, João Nunes, Gonçalo Pereira, Vasco,  Vasquinho, Luiz, Rodrigo Silva e Francisco.
Treinador: Carlos Lopes, Emanuel, André.

Inicio de partida prometedor com ambas as equipas a procurarem o golo com Manuel primeiro e depois Rafael Ferraz a levarem o perigo às balizas contrárias.
Aos 4 minutos grande ocasião para os academistas quando numa jogada de insistência Gonçalo Pereira ve o seu remate embater com estrondo na barra da baliza local.
No minuto seguinte primeiro Rafael Ferraz e depois Gonçalo Pereira aparecem em boa posição mas falham na altura do remate.
Na resposta aos 5 minutos num rápido lance de contra-ataque conduzida por Tiago este ganha em velocidade a Vasco e perante Mário obriga o guarda-redes academista a grande defesa.
Aos 8 minutos é novamente Tiago a aparecer em velocidade e remata cruzado mas Mário responde com uma bom resposta.
Contudo o marcador viria a funcionar para os academistas quando no seguimento de um livre marcado por Rafael Ferraz, Wilson é infeliz e intercepta a bola para as suas redes.
Aos 11 minutos boa jogada colectiva com a bola a passar por Miguel Loureiro, Gonçalo Pereira e por ultimo Rafael Ferraz solto de marcação aparece a encostar para o segundo golo academista.
Uma grande partida com ambas as equipas a terem uma boa postura atacante.
Aos 15 minutos Tiago na marcação de um livre obriga Mário a boa grande defesa evitando assim o golo local. Três minutos depois novamente Tiago consegue ganhar o lance à defesa academista e remata para boa defesa de Mário mas na sobra aparece Leandro a fazer o golo que anima as hostes locais.
Aos 20 minutos o empate viria a surgir quando o melhor jogador local no caso Tiago aparece com muito espaço e liberdade a rematar cruzado restabelecendo o empate.
No minuto seguinte Vasquinho na marcação de um canto obriga Diogo Lima a boa defesa.
O Mortágua está melhor na partida a colocar muitas dificuldades aos academistas e aos 24 minutos viriam a dar mesmo a cambalhota no marcador quando deixado completamente sozinho Tiago antecipa-se à defesa academista e de cabeça faz o golo que coloca pela primeira vez os locais na vantagem do marcador. 
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos locais fruto da acção de Tiago que colocou muitas dificuldades à defensiva academista e que permitiu aos locais dar a cambalhota no marcador.

No primeiro minuto da segunda parte Tiago liberta Edgar Sousa que remata com muito perigo à baliza academista. Contudo aos 27 minutos novamente Tiago aparece com muitas liberdades e faz o terceiro golo da conta pessoal.
Os academistas estão a sentir muitas dificuldades em suster Tiago que aos 29 minutos ganha uma bola ainda no seu meio campo e em velocidade ganha o lance a Kiki e perante Mário faz novo golo. Na resposta na marcação de um livre obriga Diogo Lima a boa defesa.
Aos 35 minutos em duas situações Gonçalo Pereira aparece em boa posição mas não consegue o melhor remate. Três minutos depois os academistas viriam mesmo a marcar num remate de muito longe de Vasco com Diogo Lima a conseguir a defesa mas sem a força suficiente para evitar o golo academista.
Aos 40 minutos Miguel Loureiro desmarca Rafael Ferraz que aparece em boa posição e remata forte fazendo o golo que reduz a desvantagem academista.
Contudo o empate viria a ser conseguido aos 41 minutos quando numa grande jogada de Xico este ganha o lance na sua defesa e ultrapassa o campo inteiro e de ângulo dificil faz o golo.
Aos 45 minutos nova cambalhota no marcador quando numa jogada de insistência a bola sobra para Rafael Ferraz que remata forte e faz o 4 golo da sua conta pessoal. No minuto seguinte é Vasquinho a rematar obrigando Diogo Lima a boa defesa.
Que jogo de loucos este protagonizado por estas duas equipas benjamins. Aos 52 minutos novo golo viria a surgir quando Gonçalo Pereira faz a bola sobrevoar Diogo Lima e restabelece o resultado final.
Out: dificuldades das defensivas. Os ataques levaram sem duvida vantagem às defensivas de ambas as equipas. Dai resultaram 12 golos que mostra as muitas dificuldades que a defesa sentiram ao longo de toda o jogo que foi um hino ao ataque.
In: querer academista. Foram duas equipas lutadoras e que merecem destaque pela sua entrega e querer quando protagonizaram duas cambalhotas no marcador quando se viram em posição de desvantagem primeiro de 2 golos pelo Mortágua e depois a equipa academista que aos 37 minutos viram-se com uma desvantagem de 3 golos mas mesmo assim arregaçaram as mangas e aos poucos foram alcançando os golos que permitiram em 13 minutos virar o jogo e mostrar uma enorme raça e querer que deu a vitória final.
Melhor em campo: Rafael Ferraz e Tiago. Tiago é a referência da sua equipa e com um poder fisico apreciável e conciliando isso com velocidade foi um jogador que colocou muitas dificuldades à defensiva academista. Marcando 4 golos foi um dos jogadores que mostrou um enorme serviço e a sua exibição merece destaque. Do lado academista Rafael foi um dos jogadores que dinamizou o ataque academista e prova disso foi a sua ação na grande maioria dos golos alcançados pela sua equipa. Premiou a sua exibição cheia de garra e querer com 3 golos e mostrou mais uma vez um papel importante numa equipa que teve uma grande exibição  

Outros resultados:
Oliveira Frades - Penalva Castelo 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu1100753
Oliveira Frades1100213
Penalva Castelo1001120
Mortágua1001570