27 janeiro 2013

Infantis sub12 perdem em derby de emoções fortes

Lusitano Vildemoinhos - Académico Viseu 3:2

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma,
para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados: 
Viseu Benfica - Crasto 9:1
Dínamo Estação - Viseu 2001 0:2
Quintela Orgens - Viriatos 2:3 
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Casa Benfica Viseu11110076432
Viseu Benfica11812502025
Lusitano Vildemoinhos10712351222
Académico Viseu12705372121
Viseu 200112525293920
Viriatos12416273213
Dínamo Estação1120913396
Quintela Orgens1111913654
Crasto11101015623

Iniciados goleiam em reinicio de prova

Académico Viseu - Meda 5:0
Golos: Gonçalo 3, Edgar e David.
Académico Viseu: Rui Pedro,Pratas (Rúben),Xavi,Cláudio,Bernardo (Pedro Nunes),Maurício,Gui (Fábio),Dani (David),Lages (Diogo Ribeiro),Edgar

Os iniciados academistas após uma boa recuperação na 2ª volta do Campeonato pretendiam entrar da melhor forma nesta 2ª fase da prova.
O adversário era o Meda que também procurava a vitória para ainda alimentar as esperanças na manutenção, visto estar numa posição bastante delicada.
O primeiro golo viria a ser marcado por Edgar numa assistência de Gui e seria com esse resultado curto que ambas as equipas regressariam aos balneários.
A segunda parte os academistas mostraram-se mais letaism marcando por 4 ocasiões.
O 2-0 teve em David o seu autor. A vantagem academista viria a ser ampliada na marcação de uma grande penalidade sendo Gonçalo o responsável pela sua marcação
O mesmo jogador viria a bisar na partida quando após assistência de David este aparece a rematar bem e fazer novo golo para os locais.
O resultado final viria a ter em Gonçalo novamente o seu autor.
Ao longo da partida os academistas foram-se mostrando melhor na partida alcançando uma vitória importante que lhes permite subir mais um lugar na tabela classificativa afastando-se um pouco dos lugares de descida.

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já! 

Outros resultados:
Candal - Avanca 0:0
Oliveirense - Lusitano Vildemoinhos 0:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses00000032
Lusitano Vildemoinhos11001031
Avanca10100022
Académico Viseu11005021
Oliveirense10010119
Candal10100016
Meda1001059

Iniciados B derrotados em casa


Académico Viseu - Sátão 0:3
Académico Viseu: Diogo Correia, Miguel Ribeiro, Gonçalo Costa, Tadeu, Leo, Gigi, Vasco, Xavi, Pedro,Leandro, Rafa.

Os iniciados B academistas tinham mais um jogo em casa desta vez com a equipa do Sátão.
Ambas as equipas procuravam uma vitória que lhes permitisse subir lugares na tabela classificativa.
Esse desidrato viria a ser alcançado pela equipa forasteira que assim consegue surpreender os academistas no seu reduto que se mostra um local adverso às suas intenções.

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!
 
Outros resultados:
Cracks Lamego - Cinfães 3:1
Moimenta Beira - Viriatos 1:2
Penalva Castelo - Viseu Benfica 5:1
Paivense - Crasto 0:3
Oliveira Frades - Drizes 1:0
Vouzelenses - Resende 0:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto171421621344
Resende171322452241
Viriatos171313431840
Cracks Lamego171205352936
Sátão17944341931
Vouzelenses17926281929
Académico Viseu 178272122 26
Oliveira Frades17728303223
Penalva Castelo176011283618
Drizes175012224115
Paivense173311174412
Cinfães173311223312
Viseu Benfica173212235111
Moimenta Beira17131313446

Infantis derrotados pelo lider

Repesenses - Académico Viseu 8:1

Os lideres desta série entraram muito fortes com a disposição de resolver cedo o jogo e alcançar uma vitória que os mantivesse isolados.
Os locais rapidamente chegaram aos dois a zero, limitando o Académico a defender e a tentar sair em contra-ataque o que nunca consegiu.mais um golo e assim se chegou ao intervalo com 3 a 0...
No inicio da 2ª parte o Académico de Viseu mostrou alguma reação e através de um livre à entrada da área superiormente marcado reduziram a vantagem.
Mas foi curta a reação e com o quarto golo dos azuis o resultado foi-se ampliando, com jogadas de futebol de grande recorte técnico, mostrando a equipa da casa o porquê da liderança isolada no campeonato.
O resultado traduz a diferença entre as duas equipas.

Outros resultados:
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos :
Penalva Castelo - Santo André 2:1
Dínamo Estação - Ranhados 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses12111070834
Lusitano Vildemoinhos1190266427
Dínamo Estação11623312420
Viseu 200110604261118
Viseu Benfica 11524304117
Penalva Castelo12417253413
Académico Viseu11407243912
Santo André1222811488
Ranhados1200127810

26 janeiro 2013

Escolas derrotadas

Académico Viseu - Crasto 2:3  
Golos Académico Viseu: bernardo e rafael
Académico Viseu: Gui, Luis, Tiago, Rafael, Miguel Miragaia, Miguel Pessoa, Rodrigo, Gonçalo Pereira, Gonçalo Figueiredo, Edgar, Bernardo, Ivan.
NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!
Outros resultados:
Viriatos - Dínamo Estação :
Viseu 2001 - Oliveira Frades 1:5
Viseu Benfica - Pinguinzinhos 4:0

Jornada 14ª Jornada:
Vouzelenses - Viseu Benfica 2:9
Crasto - Viseu 2001 1:0
Dínamo Estação - Académico Viseu (adiado mau tempo)
Pinguinzinhos - Viriatos (adiado mau tempo)

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos
Pinguinzinhos121101591233
Viseu Benfica12912632328
Crasto12903362727
Oliveira Frades12813501725
Lusitano Vildemoinhos11434422115
Viriatos11506394815
Académico Viseu12327413311
Viseu 20011223735319
Dínamo Estação1020824306
Vouzelenses12001291560

Benjamins goleadores prolongam bom momento

Vila Chã Sá - Académico Viseu 2:10 

Golos Académico Viseu: Rafa 3; Miguel, Vasco, Rodrigo silva, Xico, Luis, Kiki e Gonçalo.
Académico Viseu: Mário, Xico, Kiki, Luiz, Vasco, Rafa, Miguel Loureiro, João, Luis, Francisco, Rodrigo silva e Gonçalo.

Os benjamins A academistas após o adiamento do seu ultimo jogo devido ao mau tempo deslocava-se a Vila Chã Sá para defrontar a equipa local.
A atravessar um bom momento os academistas procuravam manter a sua marcha vencedora e com uma entrega bastante pressionante colocaram muitas dificuldades à equipa local.
Prova disso foram os golos que surgiram com o passar dos minutos e que viriam a acontecer por 8 vezes até ao apito para o intervalo.
Era uma vitória parcial dos academistas fruto da boa qualidade do seu futrebol que colocou muitos entraves às investidas academistas.
Na segunda parte o ritmo da partida foi um pouco mais baixo mas sempre controlado pelos academistas que viriam a marcar por mais 4 ocasiões enquanto que os locais iriam alcançar esse desidrato por duas vezes.
Vitória justa dos academistas que comprova o bom momento que estes atravessam na procura de um lugar mais cimeiro na tabela classificativa. 

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Viseu 2001 - Viseu Benfica 5:0
Dínamo Estação - Lusitano Vildemoinhos

(resultados 10ª Jornada)
Repesenses - Vila Chã Sá 7:1
Viseu 2001 - Dínamo Estação 0:1
Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos (adiado mau tempo)
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos8710401122
Académico Viseu8602371218
Repesenses8512421316
Dínamo Estação8304191612
Viseu 20019205222412
Vila Chã Sá1011816554
Viseu Benfica91178534

2ª Fase Juniores

Os juniores academistas lutam pela Manutenção no Campeonato da 2ª divisão Nacional
1 – GD Oliveira de Frades
2 – GD Tourizense
3 – Naval
4 – SC Covilhã
5 – SC Leiria e Marrazes
6 – AD Romão
7 – GR Vigor Mocidade
8 – Académico de Viseu FC

1ª Jornada | 09.02.2013: Académico Viseu-Tourizense;
2ª Jornada | 16.02.2013: Naval - Académico Viseu
3ª Jornada | 23.02.2013: Académico Viseu-Covilhã;
4ª Jornada | 02.03.2013: Leiria Marrazes-Académico Viseu;
5ª Jornada | 09.03.2013: Académico Viseu-São Romão;
6ª Jornada | 17.03.2013: Académico Viseu-Vigor Mocidade;
7ª Jornada | 23.03.2013: Oliveira Frades-Académico Viseu.

2ª fase Iniciados

Começa já amanha a 2ª fase do Campeonato de Iniciados.

  • Académico Viseu 
  • Repesenses
  • Meda
  • Avanca
  • Lusitano Vildemoinhos
  • Oliveirense
  • Candal
Os academistas vão lutar pela manutenção tendo os seguintes jogos:
1ª Jornada (27/1/13) - Académico Viseu - Meda
2ª Jornada (03/2/13) - Lusitano Vildemoinhos - Académico Viseu  
3ª Jornada (09/2/13) - Académico Viseu - Avanca
4ª Jornada (17/2/13) - Repesenses - Académico Viseu
5ª Jornada (24/2/13) - Académico Viseu - Candal
6ª Jornada (03/3/13) - Oliveirense - Académico Viseu
7ª Jornada (10/3/13) - FOLGA Académico Viseu
8ª Jornada (17/3/13) - Meda - Académico Viseu
9ª Jornada (24/3/13) - Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos 

10ª Jornada (29/3/13) - Avanca - Académico Viseu
11ª Jornada (14/4/13) - Académico Viseu - Repesense
12ª Jornada (21/4/13) - Candal - Académico Viseu
13ª Jornada (28/4/13) - Académico Viseu - Oliveirense
14ª Jornada (05/5/13) - FOLGA Académico Viseu

BOA SORTE CAMPEÕES!!!

25 janeiro 2013

Decisão sem o ser....

 "Out: lamentável engano da Associação de Futebol de Viseu. Quando um jogador é castigado de forma injusta no campo já é uma situação condenável! Quanto mais quando nada aconteceu no ultimo jogo em Mangualde e o atleta do nosso clube João Soares vê-se afastado deste jogo por um comunicado errado da Associação Futebol de Viseu. Se o mesmo não foi expulso nem nas folhas dos arbitros aparece tal situação como é que se castiga assim um jogador e uma equipa? Imagine-se se isso decidia alguma situação de apuramento? Quem deverá ser punido por este erro ou tal como em Portugal acontece o culpado nunca irá aparecer?"

Já no passado sábado tinha descrito este enorme erro e que teve como consequências um castigo a um jogador que nada fez para o merecer.
Uma semana passou e que consequências se tiram disto? Sinceramente NADA.
Gostava de ver o que se passaria se o atleta tivesse jogado. Acham sinceramente que o assunto se iria resolver com uma simples repreensão ao clube, como foi a única consequência que houve? Gostava de ver se esta decisão interferisse em qualquer decisão do Campeonato o que aconteceria?
Engraçado ver a celeridade com que se castiga os clubes e jogadores. Mas quando são as Associações e a Federação a errarem nem a humildade de um pedido de desculpa têm....
Não condeno o árbitro que infelizmente cometeu um erro mas acho que a Associação pelo menos devia ter uma palavra para o clube e sobretudo para o jogador João Soares que se viu privado de fazer o que mais gosta por um erro que não lhe cabe a responsabilidade.


Como costumam dizer os mais antigos: "Só não sente quem não é filho de boa gente" e aqui o nosso clube e estes campeões sentiram esta enorme injustiça feita a um colega e foi como o rastilho para uma enorme entrega e que resultou numa vitória sem contestação.





21 janeiro 2013

Vitória com atitude de academistas

Académico Viseu - Viriatos 3:0
Golos Académico Viseu: João Félix (40 min), Pedro Tavares (48 e 50 min)
Académico Viseu: Rodrigo, Rodrigo Costa, Zé Félix, Rafa, Miguel Jesus, Diogo, Leandro, Pedro Tavares, Raul e João Félix.
Treinador: Xavier.
Viriatos: Pedro Albuquerque, Hugo Guerra, Rodrigo Martins, André Gonçalves, Rúben Carvalho, Diogo Santos, Ricardo Amaral, Bruno Martins, Diogo Mendes, Rafael Guerra, Beatriz e João Diogo.
Treinador: Coutinho.

Este era mais um derby dos infantis sub12 academistas. O seu adversário era a equipa dos Viriatos num jogo que ambas as equipas procuravam ganhar para subirem na tabela classificativa.
O primeiro lance de real perigo aconteceria à passagem do minuto 5 quando após canto de Leandro, Pedro Tavares remata colocado valendo a defesa de Pedro.
Na resposta forastera Diogo Santos remata colocado vendo o seu remate passar perto da baliza academista. Aos 14 minutos após canto marcado por Rafael Guerra, Diogo Santos sobe mais alto que a defesa academista e cabeceia bem ficando perto do golo.
No minuto seguinte Pedro Tavares centra bem para João Félix aparecer a rematar valendo o corte de André Gonçalves sobre a linha de golo a evitar o golo academista.
Aos 22 minutos Raul desmarca bem Pedro Tavares que remata colocado e coloca à prova o guarda-redes Pedro.
Os academistas estavam mais perto do golo e aos 24 minutos primeiro Pedro e depois João Félix têm nos pés o golo mas Pedro com duas grandes defesas conserva o empate.
No ultimo minuto da primeira parte remate perigoso de Rúben Carvalho. Primeira parte equilibrada com o empate a ser o que a caracteriza melhor .
A segunda parte começou com ambas as equipas a procurarem o golo mas mais com o coração do que com a cabeça sem conseguir criar lances de real perigo para ambas as balizas.
O primeiro lance de perigo iria acontecer aos 40 minutos e logo na forma de um golo quando João Félix ganha um lance ainda perto da sua área e de forma muito lutadora consegue galgar terreno e na luta já com o guarda-redes contrário dá um toque ligeiro que faz a bola ultrapassar o seu adversário e rumar para as redes contrárias.
Estava aberto o marcador para os academistas que estavam melhor na partida e tinham mais posse de bola e viriam a marcar novamente à passagem do minuto 48 quando Diogo na luta com o guarda-redes dos Viriatos faz com que este tenha um mau alívio levando a bola a chegar aos pés de Pedro Tavares que não se faz rogado e perante a baliza desguarnecida faz de muito longe o golo.
Dois minutos depois os academistas viriam a ampliar a sua vantagem quando após bom lance de Miguel Jesis este liberta Pedro Tavares que remata forte de nada valendo o voo de Bruno Martins.
A equipa dos Viriatos estava animicamente debilita o que permitia aos academistas controlar o jogo e aos 54 minutos Rafa remata forte para boa defesa de Bruno.
A resposta forasteira daria-se por intermédio de Rafael Guerra ao cabecear com perigo à baliza de Rodrigo.
Já sobre o apito final da partida Pedro Tavares remata colocado e vê o poste devolver caprichosamente o esferico.
Vitória ajustada dos academistas.

Out: falta de comunicação. Este foi um jogo marcado por mais um atraso mas motivado a uma falha de comunicação na Associação de Futebol de Viseu. Se já é complicado a gestão de horários no campo de futebol de 7 no Fontelo quanto mais quando com jogos alterados e com clubes em concordância a comunicação dessas alterações não chega à outra equipa envolvida: os árbitros? Dá que pensar e sai dai mais 45 minutos de atrasos nos jogos...
In: coragem de ambas as equipas. Tenho que dar os parabéns aos 22 jogadores que estiveram neste jogo pois apesar do atraso no seu inicio, com condições climatéricas muito adversas procuraram sempre praticar da melhor forma aquele desporto que tanto amam. Grande coragem esta!
Melhor em campo: João Félix. Foi a par de Leandro dois elementos primordiais nesta vitória dos academistas. Se Leandro mostrou-se intransponível no eixo da sua defesa, procurando também alimentar o seu ataque onde João Félix mostrou bastante disponibilidade e entrega. Esta sua exibição viria a ser valorizada com o golo que viria a inaugurar o marcador para os academistas.

Outros resultados:
Académico Viseu - Viriatos 3:0
Crasto - Lusitano Vildemoinhos (adiado mau tempo)
Dínamo Estação - Quintela Orgens (adiado mau tempo)

Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Casa Benfica Viseu11110076432
Viseu Benfica10712411922
Académico Viseu11704351821
Lusitano Vildemoinhos9612321019
Viseu 200111524273917
Viriatos10316233010
Dínamo Estação1020813376
Quintela Orgens1011811624
Crasto1010914533

20 janeiro 2013

Iniciados B vencem derby citadino

Viseu Benfica - Académico Viseu 0:4
Golos Académico Viseu: Pedro Pais 2, Gigi e Miguel Ribeiro.
Académico Viseu: Diogo Correia, Olavo (Miguel Ribeiro, 45 min), Gigi, Gonçalo Costa, Leonardo, Nuno (Gonçalo Lopes, 50 min), Miguel Silva (Xavi, 45 min), Rui Miguel, Rafa, Leandro (Tadeu, 50 min) e Pedro Pais.
Suplente não utilizado: Rui Pedro.

As duas equipas após o regresso às vitórias procuravam manter este bom momento com a conquista de mais três pontos.
Num jogo marcado pelas más condições climatéricas os jogadores de ambas as equipas foram guerreiros e desde o inicio da partida procuraram criar lances de perigo vindo os academistas a alcançar o golo por intermédio de Pedro Pais num lance em que o vento traiu o guarda redes benfiquista.
O mesmo jogador viria a bisar na partida ainda antes do intervalo ampliando assim a vantagem dos academistas dando a estes uma maior tranquilidade para encararem da melhor forma os últimos 35 minutos.
Nesta segunda parte e com o terreno mais pesado o maior poderio fisico dos academistas ajudou a que estes conseguissem mais dois golos sendo Gigi e depois Miguel Ribeiro os seus autores.
NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Sátão - Paivense 2:0
Cinfães - Oliveira Frades 1:1
Drizes - Vouzelenses 1:2
Resende - Moimenta Beira 3:0
Crasto - Cracks Lamego 5:0
Viriatos - Penalva Castelo 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto161321591241
Resende161312452240
Viriatos161213411737
Cracks Lamego161105322833
Sátão16844311928
Vouzelenses16916281928
Académico Viseu 168262120 26
Oliveira Frades16628293220
Penalva Castelo165011233515
Drizes165011234015
Paivense163310174112
Cinfães163310213012
Viseu Benfica163211224611
Moimenta Beira16131211426

Infantis vencem derby citadino

Académico Viseu - Viseu Benfica  4:2
Académico Viseu: Pedro Santos,Beto Sousa, Tiago Salgado, Diogo Colaço Matos, Dioguito, Miguel Angelo, Ferreirinha, Ruben Almeida, Rafael Ponte, Roldão, Alex, Gonçalo Coelho.

Inicio de jogo com um maior ascendente do Académico sendo mesmo a primeira equipa a criar um lance de perigo com Roldão a falhar uma oportunidade na cara do guarda-redes.
Depois o Viseu Benfica chega ao 1º golo do jogo numa recarga algo fortuita.
Os academistas reagem bem ao golo e viriam a conseguir o empate por Gonçalo Coelho de cabeça com a baliza aberta porque o guarda-redes adversário e o Roldão estavam no chão após choque na tentativa de disputarem a bola.
A partida com este golo fica ainda mais aberta e ambas as equipas conseguem cada uma mais um golo em bonitas manobras ofensivas.
Já perto do intervalo depois de uma boa jogada de transição ofensiva, Roldão isola o Rafa que faz o 3-2 final da 1ª parte.
Na 2ª parte o jogo é bem disputado com as duas equipas a mostrarem que querem ganhar o jogo com algumas oportunidades de parte a parte.
Numa fase emotiva do jogo em que as oportunidades surgiam mas as duas equipas anulavam-se defensivamente, Roldão faz o 4-2 deixando os academistas um pouco mais descansados com a sua vantagem no marcador.
Já com Beto em campo, é bem anulado um golo ao Viseu Benfica e o Académico perde uma boa chance com dois jogadores isolados quando o adversário arriscava tudo.  

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Dínamo Estação 3:1
Ranhados - Penalva Castelo 0:12
Santo André - Repesenses 0:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses11101063631
Lusitano Vildemoinhos1190266427
Viseu 200110604261118
Dínamo Estação10523292417
Viseu Benfica 11524304114
Académico Viseu10406223212
Penalva Castelo11317233310
Santo André1122710468
Ranhados1100117790

19 janeiro 2013

Juniores arrancam vitória em Oliveira Frades

Oliveira Frades - Académico Viseu 1:2
Golos Académico Viseu: Chris e Bruno.
Académico Viseu: Tiago, Paulo renato, Andre, Bruno e Marco, Mauro, Márcio ( João André), Tiago Almeida, Dino Besirovic (Pedro Costa), Chris e Bruno Nunes (Moita).

Os juniores academistas tinham uma curta deslocação desta vez a Oliveira de Frades neste que era o ultimo jogo da primeira fase do Campeonato.
Ambas as equipas procuravam vencer para se encontrarem numa posição mais vantajosa de forma a encarar melhor a fase final.
Os academistas viriam a ser os primeiros a marcar ainda na primeira parte.
Os locais viriam a conseguir o empate mas os academistas nunca baixaram os braços e viriam novamente a marcar colocando-se novamente na posição de vantagem no marcador. Esta situação viria a preservar-se até ao apito final dando assim aos academistas uma vitória importante na concretização dos seus objectivos.

Outros resultados:
Tourizense - Leiria e Marrazes :
Vigor Mocidade - Beira Mar 2:2
Anadia - São Romão 2:0
Naval - Sp.Covilhã 2:6

Vitória juvenil sem contestação

video

Lusitano Vildemoinhos - Académico Viseu 0:2
Golo Académico Viseu: Micoli (12 min), Rafael Silva (68 min)
Lusitano Vildemoinhos: Faro, João Santos, João Novo, Henrique (Rui Pedro, intervalo), Hugo, Dani Amaral, Dani Costa (Leo, 78 min), Pedro, Miguel, Bruno Matos e Rodrigo (Rafa,71 min).
Suplentes não utilizados: Luis Vale, André Ferrão, Carlos Marques, Vitor.
Académico Viseu: Fábio, Pedro, Carlos, Paulo, Rafael Silva, Rafael Barreiros, Marcelo (Tiago Vaz Pinto, 73 min), Micoli (Rafael Campos, 45 min), Vasco (Eduardo, 78 min), Benjamim e João Silva.
Suplentes não utilizados: Miguel, Eduardo, Renato Loureiro, Renato Fernandes, Ricardo Silva.
Treinador: Roger.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: João Silva (48 min), Rafael Barreiros (55 min), Rafael Campos (72 min)
Lusitano Vildemoinhos: Rodrigo (61 min), Faro (64 min), Miguel (67 min)
Árbitro: Luis Ramos, Auxiliares: Jorge Ramos e Tiago Soares.

Este é um derby que promete fortes emoções entre as equipas juvenis do Lusitano Vildemoinhos e o Académico Viseu. Ambas as equipas procuram uma vitória que os coloque numa posição mais vantagem na luta pelos lugares que possibilitem a luta pela subida.
Aos 5 minutos remate na sequência de um livre Rafael Silva vê o mesmo passar rente à baliza de Faro.
Os academistas tem mais posse de bola e aos 10 minutos novamente na sequência de um livre marcado por Marcelo vê a bola passar perto da baliza trambela.
Premiando uma boa entrada dos academistas o golo viria mesmo a acontecer quando aos 12 minutos Rafael Barreiros tem um passe de rutura para as costas da defesa trambela onde aparece Micoli que ganha em velocidade ao seu defesa e perante Faro faz o golo.
O primeiro remate da baliza do Lusitano Vildemoinhos acontece aos 15 minutos quando Dani Amaral na marcação de um livre remata para defesa fácil de Fábio.
A partida perde um pouco a sua intensidade inicial e fica mais equilibrado.
Aos 25 minutos Marcelo tem uma boa desmarcação para Vasco valendo Faro a evitar o remate do avançado academista.
Aos 31 minutos Marcelo remata forte mas um pouco ao lado da baliza local.
Chega-se ao final da primeira parte com uma vitória academista.

No primeiro minuto Micoli é bem lançado rematando para boa defesa de Faro evitando assim o ampliar da vantagem academista.
Aos 44 minutos boa saida de Fábio Farias aos pés de Pedro quando este se aproximava com perigo da sua baliza.
O Lusitano Vildemoinhos tem mais posse de bola e procura o golo do empate.
Aos 48 minutos lance polémico quando João Silva aparece isolado mas em jogo mas o auxiliar marca fora de jogo.
Dois minutos depois João Silva desmarca bem Vasco que remata cruzado sem nenhum dos seus colegas conseguir o toque para o golo.
Os academistas conseguem controlar a partida sem deixarem que a equipa trambela consiga criar perigo para a sua baliza.
Aos 62 minutos Rodrigo é bem desmarcado e quando se aproxima do golo sofre o corte providencial de Carlos.
Seis minutos depois surge o golo academista na sequência de um livre marcado na ala direita do seu ataque marcado a régua e esquadro por Rafael Silva não dando hipoteses a Faro.
Cinco minutos depois livre de Rafael Silva para Paulo aparecer a rematar com Faro a responder com grande defesa.
Aos 80 minutos Rui Pedro remata com perigo à baliza de Fábio Farias.
Chega-se ao final da partida com uma vitória que se ajusta ao que se passou ao longo da mesma, onde os academistas com uma atitude guerreira conseguiram uma vitória importante e que coloca a equipa do Lusitano Vildemoinhos em maiores dificuldades para a passagem para a fase seguinte.
Arbitragem com um critério desigual ao longo da partida sobretudo a nível disciplinar em que os mesmos lances tiveram decisões dispares.

Out: lamentável engano da Associação de Futebol de Viseu.  Quando um jogador é castigado de forma injusta no campo já é uma situação condenável! Quanto mais quando nada aconteceu no ultimo jogo em Mangualde e o atleta do nosso clube João Soares vê-se afastado deste jogo por um comunicado errado da Associação Futebol de Viseu. Se o mesmo não foi expulso nem nas folhas dos arbitros aparece tal situação como é que se castiga assim um jogador e uma equipa? Imagine-se se isso decidia alguma situação de apuramento? Quem deverá ser punido por este erro ou tal como em Portugal acontece o culpado nunca irá aparecer?
In: atitude academista. Os academistas mostraram desde o primeiro minuto uma grande atitude e entrega na procura de uma vitória importante para a concretizaão dos seus objectivos. Os academistas em muitos momentos da partida foram lúcidos e mesmo não pudendo jogar o seu futebol foram práticos, trabalhando e eliminando os pontos mais forte do seu adversário que embora lutando de forma que merece o seu destaque, por poucas vezes importunou o guarda-redes academista.
Melhor em campo: equipa academista. Perante um adversário directo pelo apuramento os academistas mostraram o seu valor e de forma empenhada e lutadora anularam os melhor do seu adversário e unidos conseguiram criar boas situações de golo, os quais iriam marcar por duas vezes materializando a sua superioridade. Contra tudo e contra todos a vitória é para ti João Soares!

Outros resultados:
Penalva Castelo - Tondela 2:1
Canas Senhorim - Mortágua 1:3
Ranhados - Molelos 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu13102151932
Tondela1283124927
Mortágua12813211925
Lusitano Vildemoinhos 13733361424
Molelos13535251818
Viseu Benfica11524282017
Penalva Castelo12525191617
Canas Senhorim12507203215
Cabanas Viriato12318173510
Mangualde122197367
Ranhados1200126460

17 janeiro 2013

15 janeiro 2013

E tu já Hoje votaste?

 O nosso site está envolvido pela primeira vez na votação para melhor Blog.


Pedia-vos para votarem nele e todos juntos vamos torná-lo invencível. Acredito em vocês CAMPEÕES.
Para votarem sigam o link   Votem - Académico Viseu Camadas Jovens!
Estamos ma categoria DESPORTO!

Sim, toda a gente pode votar uma vez por dia.

14 janeiro 2013

Golo da vitória surgiu sobre o apito final

video

Académico Viseu - Paivense 1:0
Académico Viseu: Tiago, Miguel Ribeiro, Gigi, Tadeu e Costa; Nuno (Rafa aos 45´), Rui Henriques e Vasco (cap.) (Leo aos 45´); Leandro, Diogo Almeida e Pedro Pais.
Os iniciados B academistas procuravam o regresso as vitórias na condição de visitado. Do outro lado a equipa paivense também ela procurava uma vitória que lhes permitisse subir na tabela classificativa. Foi um jogo marcado pelo equilíbrio embora com os academistas a conseguir ter mais posse de bola.
O golo que viria a colorir o marcador viria a acontecer já perto do final da partida quando Pedro Pais marca o livre e a bola bate na cabeça de um e passa por cima do guarda redes dando assim uma vitória preciosa aos academistas.
Os academistas conseguem voltar às vitórias quebrando também uma malapata dos jogos em casa que já se mostrava ser algo temível para a equipa viseense.  

NOTA: Gostava em nome de todo o grupo desejar as maiores felicidades nesta nova etapa da tua vida João Aguiar. Obrigado pelo esforço e horas passadas com estes campeões!!

Outros resultados:
Vouzelenses- Cinfães 1:0
Cracks Lamego - Sátão 2:0
Oliveira Frades - Crasto 0:4
Moimenta Beira - Drizes 2:3
Penalva Castelo - Resende 0:2
Viseu Benfica - Viriatos 2:1 
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto151221541238
Resende151212422237
Viriatos151113391734
Cracks Lamego151104322330
Sátão15744291925
Vouzelenses15816261825
Académico Viseu 157261720 23
Oliveira Frades15618283119
Penalva Castelo155010233315
Drizes155010223815
Paivense15339173912
Cinfães153210202911
Viseu Benfica153210224211
Moimenta Beira15131111386

Benjamins vencem sobre apito final

Académico Viseu - Dínamo Estação 3:2

Os benjamins tinham neste fim de semana uma oportunidade para se aproximar do lugar mais cimeiro da tabela classificativa, visto os seus adversários mais directos terem empatado.
Frente a uma equipa do Dínamo Estação, bem escalonada e que coloca muitos dificuldades aos seus adversários, os academistas acabaram por alcançar o golo da vitória já no ultimo minuto da partida.
Foi um final emotivo num jogo que merecia outro horário para a sua realização!

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Repesenses 3:3
Vila Chã Sá - Viseu Benfica 3:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos8710401119
Académico Viseu7502271015
Repesenses7412341213
Dínamo Estação730418169
Viseu 2001720517239
Vila Chã Sá811613374
Viseu Benfica81168484

13 janeiro 2013

Entrada academista de rompante dita leis

video

Académico Viseu - Quintela Orgens 7:0
Golos Académico Viseu: João Félix (3 e 4 min), Pedro Tavares (28 min), Bruno (42, 47, 49 e 60 min)
Académico Viseu: Rodrigo, João Félix, José Félix, Miguel Jesus, Bruno, Pedro Tavares, Rafael, Leandro, Raul, Rodrigo Costa e Diogo.
Treinador: Xavier.
Quintela Orgens: Rafael Barreto, Diogo Fernando, Fábio Pinto, Zé Tomás, Guilherme Rolo, Zé Caiado, Miguel Santos, Simão Lima, Rodrigo Pereira, Gonçalo Correia, Rodrigo Matos e Vasco Ferreira
Treinador: António Batista.
Árbitro: Rui Pires Rosa e Joel Portelada.

Os infantis sub 12 academistas têm mais um jogo do seu Campeonato e desta vez defrontam a equipa do Quintela de Orgens.
Aos 3 minutos os academistas viriam a marcar com João Félix a aparecer a rematar colocado batendo Vasco Ferreira. No minuto seguinte Raul desmarca novamente João Félix que aparece solto e bisa na partida. Os academistas dominam por completo a partida.
Aos 10 minutos lance muito polémico na área academista com a bola a bater na mão de Leandro. Fica a dúvida! Três minutos depois João Félix aparece a rematar bem para defesa atenta de Vasco Ferreira.
Jogo bem disputado com o Quintela de Orgens a procurar também ela o golo.
Aos 19 minutos Pedro Tavares remata colocado e vê o guarda-redes forasteira a boa defesa.No minuto seguinte Rodrigo Pereira marca bem o canto para Rafael Barreto aparecer um pouco atrasado.
Aos 27 minutos João Félix tem um bom lance e remata para defesa atenta do guarda-redes contrário.
No minuto seguinte Pedro Tavares é bem desmarcado e aparece em boa posição a rematar fazendo o 3º golo academista.
Chega-se ao intervalo com uma vitória justa dos academistas.
Aos 33 minutos Pedro Tavares aparece em boa posição mas perde algum tempo no remate e obriga Vasco Ferreira a boa defesa.
No minuto seguinte Diogo Fernando remata colocado e obriga Rodrigo a grande defesa evitando o golo da equipa do Quintela Orgens. Aos 40 minutos Gonçalo Correia remata bem para defesa acrobática de Rodrigo. Dois minutos depois Pedro Tavares aparece em boa posição mas remata ao lado.
O golo viria mesmo a surgir aos 42 minutos quando Bruno na luta com Vasco Ferreira ganha a bola a ele e faz o quarto golo da sua equipa. Cinco minutos depois Bruno viria novamente a marcar quando é bem solicitado e remata cruzado batendo o guarda-redes forasteiro.
No minuto seguinte o mesmo avançado academista viria a rematar bem fazendo o hattrick na sua conta pessoal.
Os academistas dominam por completo a partida embora o Quintela de Orgens procure o golo e aos 51 minutos Rodrigo Matos remata com perigo à baliza academista.
No minuto seguinte José Félix remata muito perto da baliza defendida por Vasco Ferreira.
Aos 59 minutos Diogo aparece em boa posição a rematar com muito perigo à baliza de Rafael Barreto. O marcador viria a ser encerrado aos 60 minutos novamente por Bruno que é mais lesto que toda a defesa contrária e faz o 4 golo da sua conta pessoal.
Vitória justa academista frente a um adversário que mostrou também ele bom futebol e que procurou sempre o golo valorizando assim ainda mais a vitória dos academistas. 

Out: exemplos. Já por muitas vezes aqui falei e continuo a bater na tecla que os adultos que acompanham estes jovens jogadores devem ser um exemplo para eles. Mas muitas das vezes talvez pelo nervosismo do jogo tomam atitudes menos agradáveis o que se lamenta e merece reflexão dos envolvidos.
In: entrada de rompante academista. Os academistas entraram de rompante na partida e no espaço de 5 minutos viriam a marcar por duas vezes dando uma maior tranquilidade ao seu jogo. Na segunda também conseguiu reproduzir essa situação e com isso alcançou uma vitória que não merece contestação

Outros resultados:
Académico Viseu - Quintela Orgens 7:0
Viriatos - Crasto 8:1
Viseu Benfica - Viseu 2001 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Casa Benfica Viseu10100063430
Viseu Benfica10712411922
Lusitano Vildemoinhos9612321019
Académico Viseu10604321818
Viseu 200110523272617
Viriatos9315232710
Dínamo Estação1020813376
Quintela Orgens1011811624
Crasto1010914533

Defesa repesense evita vitória academista

video

Académico Viseu - Repesenses 2:2
Golo Académico Viseu: Gui (40 min), Gonçalo Sousa (49 min)
Golos Repesenses: Miguel Ângelo (32, 42 min)
Académico Viseu: Rui Pedro, Gustavo, Xavi, Cláudio, Bernardo, Mauricio (Fábio, 59 min), Pratas, Gui, Gonçalo, David (João Lage, intervalo) e Edgar (Rui Silva, 66 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Correia, Pedro Nunes, Diogo Ribeiro, Henrique.
Treinador: Mário.
Repesenses: Cláudio, Rodrigo(Afonso, intervalo), Francisco Leão, Pedro, Flávio, Mário, Zé Dominguez, Miguel Ângelo, Rogério, Francisco Simões (Samuel, 54 min) e Bernardo (Rafael, 64 min).
Suplentes não utilizados: Bruno.
Treinador: João Guerra.
Árbitro: Luis Brás, Auxiliares: Joaquim Leitão e Bruno Alves. (A.F. Guarda)

Este é um derby que promete fortes emoções, onde os academistas procuraram uma vitória para manter a série de bons resultados que tem protagonizado. Pelo lado dos repesenses uma vitória ainda pode acalentar a hipótese.
A partida começa com a equipa do Repesenses a ter mais posse de bola e aos 4 minutos Zé Dominguez com um cabeceamento colocado obriga Rui Pedro a grande defesa evitando assim o inaugurar do marcador.
A equipa forasteira é a que tem mais posse de bola com os academistas a mostrarem bastante nervosismo nas tomadas de decisão no seu ataque. Aos 15 minutos da partida os academistas conseguem equilibrar a partida. Quatro minutos depois Miguel Ângelo remata forte vendo o mesmo passar perto da baliza de Rui Pedro.
Aos 25 minutos Gonçalo Sousa quase que surpreende Cláudio num canto marcado de forma directa. Sete minutos depois o marcador viria a ser inaugurado quando Miguel Ângelo após uma passividade na área academista aproveita o espaço dado e remata fazendo o golo.
Primeira parte equilibrada mas bastante fria.
No recomeço da partida remate de Miguel Ângelo a passar muito perto da baliza academista. Na resposta três minutos depois Gonçalo Sousa marca o livre para Mauricio rematar e sobre a linha de golo ver o defesa repesense a evitar o golo.
O golo viria mesmo a surgir aos 40 minutos na sequência de um livre quando Bernardo marca o canto para Gui aparecer a cabecear e restabelecer o empate .
No minuto seguinte João Lage tem uma flagrante oportunidade para marcar quando aparece isolado perante Cláudio mas remata muito por alto.
Contudo contra a corrente de jogo no minuto a seguir Mário centra de forma precisa para Miguel Ângelo aparecer a cabecear a colocar novamente os forasteiros na frente do marcador.
Aos 47 minutos João Lage tem um bom remate e sobre a linha de golo vê Francisco Leão a ter um corte providencial a evitar o empate. Que grande corte este!
Os academistas estão melhor na partida e aos 48 minutos vêm Edgar ser derrubado na área. Chamado a marcar Gonçalo Sousa remata forte e restabelece o empate que coloca justiça no marcador.
 O Repesenses após o golo tenta reagir e aos 57 minutos Miguel Ângelo remata muito perto da baliza academista. Cinco minutos depois Pratas têm uma boa jogada e fica perto do golo.
Aos 63 minutos Gonçalo liberta bem Lages que centra bem para Edgar rematar para corte providencial da defesa repesense.
Aos 70 minutos duas grandes defesas de Cláudio após remates de Pratas primeiro e depois Rui Silva evitam o golo academista. No seguimento do canto a bola chega a João Lage que remata sem a melhor direcção.
Chega-se ao final da partida com um empate no marcador onde os academistas sobretudo na segunda parte mereciam um melhor resultado pois disfrutaram das melhores oportunidades para marcar.
Arbitragem sem erros.

Out: segunda parte repesense. A equipa repesense sobretudo na segunda parte esteve longe do futebol que já praticou. Talvez motivado pelas muitas mexidas na equipa  sobretudo no seu eixo, esta ressentiu-se um pouco disso e viu os academistas dominar e ficar mais perto de uma vitória.
In: segunda parte academista. Após uma primeira parte equilibrada os academistas realizaram uma grande segunda parte e com isso tiveram uma mão cheia de boas oportunidades para marcar que foram sendo resolvidas pela defensiva repesense. Mesmo vendo-se em desvantagem no marcador os academistas acreditaram sempre noutro resultado e o empate acaba por ser ingrato para o dominio exercido nos ultimos 35 minutos.
Melhor em campo: Francisco Leão e Guilherme. Ambas os jogadores foram guerreiros na sua atitude e destacaram-se nas suas equipas. Do lado repesense Francisco Leão foi o timoneiro da sua defesa e disputou até ao limite cada um dos lances em que se envolveu com foi prova o lance em que evitou o golo de João Lage sobre a linha do golo. Do lado academista Guilherme foi bastante empenhado e lutador em todos os lances vendo a sua exibição ser coroada com um golo que permitiu o empate. Duas grandes exibições!

Outros resultados:
Sanjoanense - Lusitano Vildemoinhos 1:1
Feirense - Oliveirense 2:0
Avanca - Candal 3:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Feirense181413451143
Sanjoanense181215361637
Gondomar181116382034
Repesenses18954291832
Lusitano Vildemoinhos18846341828
Avanca18639212821
Oliveirense18549173019
Académico Viseu185310183018
Candal184311174215
Meda18231320629