23 dezembro 2012

Vitória do raça e querer

video

Penalva Castelo - Académico Viseu 1:3
Golo Penalva Castelo: Pedro Simão (8 min)
Golos Académico Viseu: Vasco (2 min), João Soares (4 min) e Rafael Barreiros (48 min)
Penalva Castelo: Renato, Zé António, Hugo Rafael, Luis Filipe, Vicente, Daniel Afonso (David Santos, 51 min), Miguel Ângelo, Pedro Simão (Francisco Silva, 51 min), Rafael José, Roberto e Ângelo.
Suplentes não utilizados: Anselmo, Fábio José, Cristóvão, Micael Alexandre e João Costa.
Treinador: Elísio.
Académico Viseu: Miguel, Pedro Pereira, Carlos, Eduardo, Rafael Silva, Rafael Barreiros, Marcelo, Micoli, João Soares, Benjamim e Vasco.
Suplentes não utilizados: Diogo, Paulo e Renato.
Treinador: Roger.
Cartão amarelo:
Penalva Castelo: Daniel Afonso (49 min), Hugo Rafael (64 min)
Académico Viseu: Carlos (28 e 63 min), Vasco (36 min) e Rafael Silva (70 min)
Cartão vermelho:
Académico Viseu: Carlos (63 min),
Àrbitro: Filipe Costa, Auxiliares: David Martins e João Duarte.
Este era um jogo bastante importante para os academistas que procuravam reduzir a sua desvantagem para o Tondela que ocupa a liderança desta série Sul de. Juvenis. Do lado do Penalva estes também queria a vitória para se aproximarem dos lugares mais cimeiros.
O primeiro lance de perigo cabe aos locais quando no primeiro minuto Rafael José aparece solto de marcação a rematar levando a bola a passar muito perto da baliza de Miguel.
Contudo a resposta academista é pronta e apresenta-se na forma de um golo quando na sequência de um canto a bola chega a Rafael Silva que centra bem para Vasco aparecer na melhor posição a rematar e fazer o golo inaugural.
Foi uma boa entrada dos academistas que logo no minuto seguinte viriam a ampliar a sua vantagem quando na sequência de um canto Benjamim recebe a bola e centra de forma precisa para João Soares cabecear de forma indefensável.
O jogo estava diabólico e aos 8 minutos viria a surgir novo golo quando numa falha de entendimento entre dois defesas academistas estes chocam entre si e a bola sobra para Pedro Simão rematar forte e colocado batendo Miguel que ainda voa mas sem conseguir a defesa.
Cinco minutos depois Rafael Silva tem um bom remate obrigando Renato a boa defesa. No minuto seguinte Pedro Simão é bem solicitado nas costas da defesa academista e remata perto da baliza viseense. No minuto seguinte é Miguel Ângelo a ter um remate perigoso à baliza forasteira.
Na resposta é Marcelo a rematar perto da baliza penalvense.
Aos 20 minutos João Soares tem uma boa jogada individual conseguindo ultrapassar 2 defesas contrários entrando bem na área local rematando perto da baliza penalvense.
O jogo estava a ser bem disputado com as duas equipas a terem uma postura atacante criando boas situações de golo e aos 27 minutos Miguel Ângelo marca bem um livre e obriga Miguel a boa defesa. Quatro minutos depois Micoli aparece em boa posição rematando com perigo à baliza de Renato.
No minuto seguinte livre de Miguel Ângelo com Rafael José a subir bem cabeceando perto da balia de Miguel. Aos 39 minutos boa jogada dos academistas com a bola a chegar a Marcelo que remata colocado vendo o mesmo a embater com estrondo no poste da baliza local.
Primeira parte de grande qualidade com ambas as equipas a procurarem o golo cativando o publico que assistia à partida.
A segunda parte começa numa toada mais equilibrada com ambas as equipas a procurarem ter o maior ascendente na partida mas sem o conseguir. Contudo aos 48 minutos os academistas viriam a ampliar a sua vantagem na sequência de um canto bastante contestado pelos adeptos da equipa local. Na sequência do mesmo Rafael Barreiros aparece no interior da pequena área a cabecear de forma imparável antecipando-se ao guarda-redes Renato.
Com este golo a partida parece ficar sentenciada sem grandes lances de perigo para ambas as balizas e só aos 59 minutos se assistiria a um remate com perigo quando Rafael Silva remata forte para defesa fácil de Renato.
A resposta local dá-se aos 62 minutos quando Miguel Ângelo desmarca bem Ângelo que aparece em boa posição valendo a atenção de Miguel a sair rápido dos seus poste para defender. Dois minutos depois David Santos tem um remate cruzado para boa defesa do guarda-redes academista.
Com a equipa academista reduzida a dez elementos por expulsão de Carlos os penalvenses pressionaram nos ultimos minutos e aos 78 minutos Ângelo aparece em boa posição para corte providencial de Rafael Silva.
Os academistas procuravam reagir em rápidas transições conduzidas por João Soares e Samuel que colocavam em sentido a defesa local.
Já sobre o apito final Roberto Melo remata bem para defesa de Miguel.
Segunda parte de menor qualidade e bastante quesilenta com várias interrupções ao longo dos 40 minutos e sem grandes lances de real perigo para ambas as balizas ao contrário do acontecido na primeira parte.
Vitória justa dos academistas face a um adversário que lutou bastante por outro resultado acabando por ser um digno vencido.
Out: frustações semanais. Por vezes custa-me entender certos comportamentos que se assistem em alguns campos de futebol. Hoje foi mais um caso onde por vezes as frustações que se acumulam numa semana se soltam na forma de insultos e agressões verbais o que só afasta os adeptos deste desporto. Há que reflectir e pensar que são jogos entre jovens que têm todos um prazer em comum: o futebol!
In: primeira parte. A primeira parte foi bastante disputada e jogada a um ritmo elevado e com isso a partida foi motivante. Com esta postura bastante atacante de ambas as equipas as situações de golo foram surgindo em ambas as balizas. Uma primeira parte de boa qualidade!

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Viseu Benfica 2:2
Mangualde - Mortágua 0:2
Ranhados - Cabanas Viriato 1:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tondela1073021624
Académico Viseu1072141923
Lusitano Vildemoinhos 1063132921
Mortágua10613151719
Viseu Benfica10523251617
Penalva Castelo10424161314
Molelos10334201412
Canas Senhorim10406152612
Cabanas Viriato10316173110
Mangualde101186314
Ranhados1000105410
 

18 dezembro 2012

Convocados seleção sub14

3 jogadores academistas foram convocados para o Torneio Inter-Associações ao serviço da selecção sub 14 de Viseu.
Eles são:
  • Cláudio Albino
  • Rui Miguel Henriques
  • Bernardo Figueiredo
O torneio decorrerá dia 19 e 20 de Dezembro na Póvoa Varzim.

HORÁRIOS DOS JOGOS:
Dia 20-12-2012 Manhã 09:30h - Campo nº1 do Estádio Municipal de Póvoa do Varzim
AFVISEU x AFBRAGA
15:00h | Apuramento 3º e 4º Lugar | Campo nº1 do Estádio Municipal de Póvoa do Varzim
16h00 | Apuramento 1º e 2º Lugar | Estádio Municipal de Póvoa do Varzim
17:15h | Entrega dos Troféus  

PARABÉNS CAMPEÕES!

17 dezembro 2012

Infantis com regresso às vitórias

Ranhados - Académico Viseu 0:4
Golos: Rafa aos 2min e Ruben aos 20min, Rodão e Dioguito.
Académico Viseu: Pedro Santos, Tiago Salgado, Dioguito, Gonçalo Coelho, Ruben Almeida, Rafa, Alex, Beto Sousa, Miguel, Gonçalo Daniel

Os infantis A academistas tinham neste jogo que encerrava a primeira volta do seu Campeonato a hipótese de regressar às vitórias. Os academistas tinham pela frente o Ranhados que também procurava a vitória no seu caso a primeira na prova.
Jogo a abrir com golo de Rafa que ditou o que se viria a passar no resto da 1ª parte. Ascendente por parte do Académico, muitas jogadas e remates de perigo ainda antes do segundo golo com Rafa a mandar uma bola ao poste.
O Ranhados tentava jogar em contra-ataque e ainda conseguiu 2 cantos a seu favor embora sem perigo de maior para a baliza academista. Com tudo isto o melhor jogador em campo era o guarda-redes do Ranhados com um punhado de defesas até que Ruben remata para o 0-2 do final da 1ª parte.
Na 2ª parte o Ranhados queria inverter o rumo dos acontecimentos e na cobrança de um livre direto acertam na barra da baliza defendida agora por Beto. Na resposta, o Académico acerta no poste por Roldão que momentos depois, num canto, cabeceia para o 0-3. ~
O resultado final é estabelecido por Dioguito numa boa jogada de insistência. Os academistas foram-se mostrando superiores e com isso alcançar os golos que lhes permitiu ter um bom regresso às vitórias.

NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!


Outros resultados:
Dínamo Estação - Penalva Castelo 6:0
Viseu 2001 - Repesenses 0:4
Lusitano Vildemoinhos - Viseu Benfica 10:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses871044522
Lusitano Vildemoinhos870157121
Viseu 2001850322915
Dínamo Estação8422262014
Viseu Benfica 8323223511
Santo André82249378
Penalva Castelo821511257
Académico Viseu820616306
Ranhados80086510

Escolas empatam em derby frenético

Lusitano Vildemoinhos - Académico Viseu 3:3
Golos Académico Viseu: Miguel Pessoa 2, Nuno
Academico Viseu: Gonçalo P., Gonçalo, Tiago , Rafa, Gui,Coelho, Miguel Pessoa, Luis, Nuno, Egar, Ivan, Miragaia.
Treinador: Fábio.

Este era um derby sempre desejado entre as equipas do Lusitano de Vildemoinhos e o Académico Viseu.
A primeira parte mostrou uma equipa do Lusitano com mais posse de bola e com os academistas a terem muitas dificuldades na troca de bola e a sair a jogar.
Corolário desse maior ascendente viria a ser o golo que dava uma vantagem parcial para a equipa local que pecava por escasso.
Contudo os academistas voltaram com uma postura diferente dos primeiros 25 minutos o que resultou no golo do empate por Miguel Pessoa.
Ao contrário da primeira parte o sinal mais cabia aos academistas que viriam Rafa marcar bem um livre no qual a bola acaba por ser "defendida" pela trave da baliza trambela.
Ambas as equipas procuraram o golo que os colocasse na frente do marcador e viria a ser a equipa do Académico de Viseu a conseguir tal desidrato, num bom golo de Nuno.
Contudo a vantagem academista não dura muito pois Gonçalo rasteira um seu adversário na área dando origem a grande penalidade. Deste lance resulta o golo com que o Lusitano empata a partida.
Os academistas não sentem este revés e partem na procura de novo qual que é conseguido por intermédio do melhor jogador em campo Miguel Pessoa.
O Lusitano de Vildemoinhos não baixou os braços e empatou a partida 3-3 tendo este sido o resultado final.

Out: 1ª parte academista. Os academistas estiveram muito ausentes do jogo nos primeiros 25 minutos, limitando-se a defender e não conseguindo criar oportunidades de golo. Com bastantes erros acumulados e sem posse de bola os academistas poderiam ter ido para o intervalo a perder por uma margem superior.
In: 2ª parte academista, A equipa do Académico de Viseu regressou transfigurada, não parecendo a mesma da primeira parte e com isso proporcionou 25 minutos de boa qualidade e com vários golos. 
Melhor em campo: Miguel Pessoa. É um jogador que não se dá por vencido em nenhum lence em que se envolve e mesmo perante o desequilibrio em termos fisicos consegue muitas das vezes ganhar os mesmos. Com uma enorme entrega ao jogo este jovem jogador conseguiu criar lances de perigo e premiou a sua exibição com 2 golos.

Outros resultados:
Vouzelenses - Viseu 2001 0:15
Pinguinzinhos - Oliveira Frades 2:1
Dínamo Estação - Crasto 0:3

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos
Pinguinzinhos990051327
Crasto8701311721
Viseu Benfica8602451818
Oliveira Frades9513381516
Lusitano Vildemoinhos9423381614
Académico Viseu922528268
Dínamo Estação920723286
Viriatos820612426
Viseu 2001923431209
Vouzelenses800821140

16 dezembro 2012

Golo madrugador dita vitória academista

video

Académico Viseu - Avanca 1:0
Golo Académico Viseu: Gonçalo Sousa (2 min)
Académico Viseu: Rui Pedro, Gustavo (João Lage, intervalo), Cláudio, Xavi, Bernardo, Edgar, Dani (Pratas, intervalo), Maurício, Guilherme, Gonçalo Sousa (Pedro Nunes, 68 min), Simão Pipo (Fábio Marques, 59 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Correia, Rui Silva e Diogo.
Treinador: Mário.
Avanca: João Silva, Tiago Rodrigues, João Cardoso, Rodrigo Soares, Paulo Abelha, Gustavo Soares (Pedro Nuno, 49 min), Tiago Fragoso(André Silva, intervalo), Rafael Bastos, Rodrigo Ferreira, Francisco Almeida e Cláudio Silva.
Suplentes não utilizados: Axel Vieira, Samuel Sá, Pedro Nuno, André Almeida, Eduardo Moreira e Sérgio Borges.
Treinador: André Silva
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Gustavo (31 min), Gonçalo Sousa (57 min), Rui Pedro (63 min).
Avanca: Cláudio Silva (57 min), Paulo Abelha (65 min)
Árbitro: Luis Ramos, Auxiliares: Jorge Ramos e Fábio Loureiro (A.F. Viseu)

Os iniciados A academistas após duas vitórias moralizadores nos últimos jogos realizados recebem o Avanca adversário na luta pela manutenção. Este é um jogo em que ambas as equipas procuram os três pontos para encararem em melhor posição a fase de manutenção deste escalão.
Os academistas entram bem na partida e aos 2 minutos viriam mesmo a marcar quando Gonçalo Sousa na marcação de um livre remata de forma exímia o mesmo muito colocado ao poste abrindo o marcador.
Quatro minutos depois Rodrigo Ferreira na marcação de um livre remata forte mas um pouco ao lado da baliza defendida por Rui Pedro. Os forasteiros estão a reagir bem ao golo sofrido e tem mais posse de bola.
Aos 9 minutos boa jogada do Avanca com Rodrigo Soares a rematar para boa defesa de Rui Pedro. No minuto seguinte é a vez de Cláudio Silva aparecer com muito perigo não conseguindo o melhor remate.
A resposta local dá-se sobre os 12 minutos num remate cruzado de Guilherme mas sem grande perigo. Três minutos depois Gustavo Soares desmarca Francisco Almeida que remata perto da baliza academista.
Aos 20 minutos na marcação de um canto de forma directa por Gonçalo Sousa o guarda-redes João Silva é obrigado a defesa a punhos a evitar o golo academista. No minuto seguinte Rodrigo Soares aparece solto rematando por alto. Aos 28 minutos Bernardo marca bem o canto ao primeiro poste para Mauricio aparecer a rematar valendo o corte providencial da defesa do Avanca. No canto seguinte Bernardo marca bem o mesmo com Simão Pipo a aparecer a cabecear por alto.
Chega-se ao intervalo com um resultado favorável aos academistas fruto a um golo madrugador numa primeira parte onde viram a equipa forasteira a terem boas ocasiões para marcar mas a falharem na altura do remate.
A segunda parte começa com o Anadia a procurar o golo remetendo os academistas para perto da área defendida por Rui Pedro.
Aos 44 minutos os academistas viriam a introduzir a bola na baliza forasteira quando Edgar desmarca João lage aparece a empurrar a bola para o golo. Contudo o lance foi prontamente anulado pela equipa de arbitragem.
Na resposta André Silva remata por perigo à baliza academista. Aos 48 minutos o Avanca disfruta de uma boa ocasião para marcar com quando aparece solto de marcação valendo a defesa de Rui Pedro.
Os academistas conseguem equilibrar a partida e aos 55 minutos viriam a introduzir novamente a bola nas redes contrários quando João Lage após remate de Simão Pipo faz o golo.
Tal como na situação anterior o lance é anulado por fora de jogo. Na resposta André Silva remata forte e obriga o guarda-redes academista a boa defesa.
Jogo muito intenso com ambas as equipas a procurarem o golo o que cativa os adeptos que assistem à partida. Apesar da intensidade da partida ambas as equipas mostram-se muito nervosas na partida e falham muitos passes.
Aos 65 minutos Pedro Nuno aparece em boa posição rematando para defesa complicada de Rui Pedro.
A partida encaminha-se para o seu término com os academistas a conseguirem controlar as investidas forasteiras.
Vitória muito sofrida academista num jogo em que o Anadia falhou na concretização. 

Out: eficácia do Avanca. A equipa forasteira apesar de se ver em desvantagem logo aos 2 minutos viriam a criar boas ocasiões de golo mas onde os seus avançados não conseguiram dar o melhor seguimento a eles. Essa ineficácia viria a resultar numa derrota, ficando assim os forasteiros a dever a si mesmos o resultado menos positivo alcançado.
In: emoção até ao ultimo apito. Ambas as equipas entraram nesta partida sabendo que a vitória era importante para o concretizar dos seus objectivos. Desta forma o jogo foi bastante emocionante, onde o resultado esteve sempre em aberto e que empolgou os adeptos que assistiram a esta partida.
 

Outros resultados:
Meda - Feirense 0:7
Candal - Gondomar 0:3
Repesenses - Sanjoanense 0:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Feirense15121239737
Sanjoanense151104311233
Gondomar161015351631
Repesenses15843211228
Lusitano Vildemoinhos16736301724
Oliveirense15447142416
Avanca15438142315
Académico Viseu164210152814
Candal15339133612
Meda16231120579

Bom futebol resulta numa vitória justa academista

video

Viseu Benfica - Académico Viseu 0:8
Golo Académico Viseu: Vasco (1 min), Rafa (7, 8 e 10 min) , Luis (22 e 24 min), Miguel Loureiro (42 min), João Nunes (43 min)
Viseu Benfica: Tiago Pereira, Miguel Lopes, Guerra, Machado, Hugo, Diogo Lima, Tiago Leal, João Paulo, Carlitos Gama, Catarina e Gonçalo.
Treinador: Fernando.
Académico Viseu: Gui, Xico, Kiki, Luiz, Rafa, Miguel Loureiro, Vasco, Luis, Gonçalo, JP, João e Francisco.
Treinador: Carlos Lopes.

Os benjamins academistas tem mais um derby no seu Campeonato.
Os academistas têm um um bom inicio de partida e logo no primeiro minuto viriam a marcar quando Rafa tem uma boa leitura de jogo desmarcando Vasco que aparece a rematar colocado inaugurando o marcador.
Os academistas dominam a partida embora vejam o Viseu Benfica a reagir e aos 6 minutos vêm Miguel Lopes rematar perto da baliza defendida por Gui. No minuto seguinte Kiki lança Luiz que aparece em boa posição a centrar bem para Rafa aparecer a cabecear.
Os academistas viriam novamente a marcar num remate forte de Rafa que bate Tiago Pereira fazendo um bom golo.
O Académico domina por completo a partida e aos 10 minutos viriam a marcar novamente quando numa boa jogada de Miguel Loureiro este consegue ultrapassar dois defesas e centrar para Rafa que aparece a encostar para novo golo dos academistas.
Aos 13 minutos João Paulo aparece a rematar bem para defesa complicada de Gui. Na sobra Gama não consegue o melhor remate valendo o corte de Kiki.
Bom jogo colectivo dos academistas que dominam por completo a partida.
Aos 16 minutos João Nunes remata forte e obriga Tiago Pereira a voar evitando o golo.No minuto seguinte é Luis a colocar à prova o guarda-redes benfiquista.
Aos 22 minutos os academistas viriam a conseguir mais um golo quando Luis consegue se isolar perante Tiago Pereira e faz a bola ultrapassar o guarda-redes benfiquista fazendo o quinto da sua equipa.
Dois minutos depois Luis viria a conseguir bisar na partida quando é mais lesto no ataque e aproveita uma defesa incompleta de Tiago Pereira e aparece a rematar para o golo.
Chega-se ao intervalo com uma vitória gorda dos academistas num jogo em que os academistas mostraram o seu bom futebol com rápidas triangulações.
Recomeço de partida com os academistas a procurarem o golo e aos 2 minutos Vasco remata forte para defesa incompleta. Na resposta é Gonçalo a colocar à prova o guarda-redes Gui. Aos 32 minutos Kiki na sequência de um livre coloca à prova o guarda-redes benfiquista.
A partida está mais equilibrada com ambas as equipas a procurarem o golo e aos 39 minutos Miguel Loureiro aparece em boa posição mas não tem o melhor remate.
No minuto seguinte Rafa coloca à prova Tiago Pereira que responde com defesa atenta. Aos 40 minutos João Paulo remata bem para defesa atenta de Francisco.
Aos 42 minutos boa jogada colectiva dos academisras com Luis a conduzir o ataque e centra bem para Miguel Loureiro aparecer a fazer o golo. No minuto seguinte João Nunes tem um bom remate e faz novo golo para a sua equipa. 
Vitória categórica dos academistas.

Out: fragilidades defensivas benfiquistas. Os benfiquistas enfrentaram uns academistas inspirados que conseguiram trocar bem a bola e com isso mostraram bastantes fragilidades no eixo da sua defesa que foram sendo aproveitadas pelos seus adversários.
In: primeira parte academista. Os academistas mostraram 25 minutos iniciais de bastante inspiração e entrando de uma forma convicta na partida marcariam logo no 1º minuto. Após esse golo os academistas foram trocando bem a bola entre todos os elementos da equipa e com isso abrir espaços na defesa contrária de onde resultariam os golos que coloriram o marcador.
video

Outros resultados:
Dínamo estação - Repesenses 3:2
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 2:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos660022818
Repesenses640231912
Académico Viseu640224812
Dínamo Estação630316136
Viseu 2001620415126
Viseu Benfica61147304
Vila Chã Sá60159341

15 dezembro 2012

Vitória pragmática do Resende

Académico Viseu - Resende 0:4
Golos Resende: Fábio (21 min), Fernando (28 min), João (67 min) e Manuel (68 min)
Académico Viseu: Diogo Correia, Miguel Ribeiro (Zé Lopes, 69 min), Gigi, David Tadeu (Pedro Pais, 45 min), Gonçalo Costa, Nuno Albuquerque (Leonardo Ribeiro, 45 min), Vasco (Rafael Sousa, intervalo), Rui Henriques, Diogo Almeida, Leandro Regalo, Daniel Gonçalves (Xavi, intervalo).
Suplentes não utilizados: Tiago Alves e Olavo.
Treinador: Vitor Santos.
Resende: André, Ricardo (Ricardo II, 69 min), Filipe, Ari, António, Bruno, Fábio (João, 50 min), Pedro (Miguel Ângelo, 69 min), Francisco (Jorge, 69 min), Fábio Diogo e Fernando (Manuel, 50 min)
Suplentes não utilizados: Fábio II e Emanuel.
Treinador: José Rabaça

Árbitro:Pedro Miguel Saraiva, Auxiliares: Sérgio Pinto e João Martins.

O Resende entra na partida com mais posse de bola mas a primeira ocasião de real perigo caberia aos academistas quando Rui Henriques na sequência de um canto obriga André a boa defesa.
A equipa do Resende consegue ter mas posse de bola e aos 12 minutos vê Fernando ficar perto do golo quando aparece isolado após falha no eixo da defesa academista e perante Diogo Correia remata para defesa do guarda-redes academista.
Aos 19 minutos boa jogada da equipa forasteira com Fernando a rematar com perigo à baliza academista.
No minuto seguinte Leandro Regalo tem um bom centro para Rui Henriques se antecipar a André e ver a bola caprichosamente não entrar nas redes do Resende.
Aos 21 minutos contudo o Resende viria a abrir o marcador quando Fábio aproveita as facilidades no eixo da defesa academista e aparece a fazer o golo.
Os academistas sentem o golo e sete minutos depois viriam a sofrer novo golo quando Fernando tem um remate de muito longe mas bastante colocado que sobrevoa Diogo Correia fazendo o segundo golo da equipa forasteira.
Após este golo os academistas conseguem reagir bem e aos 33 minutos Rui Henriques tem uma boa jogada desmarcado Diogo Almeida que em boa posição remata fraco gorando-se assim uma boa ocasião de golo para os academistas.
O Resende regressa aos balneários com uma vitória parcial que conseguiu aproveitar algumas fragilidades academistas.
A segunda parte começa com o Resende aos 2 minutos a ficar perto do golo quando num centro de Fábio este vê a bola sobrevoar toda a área academista sem nenhum dos seus colegas conseguir o remate para o golo. O mesmo se viria a passar 5 minutos na sequência de um livre de Filipe valendo neste caso a atenção do guarda-redes academista.
Os academistas conseguem trocar bem a bola mas sem conseguir entrar de forma perigosa na área forasteira.
A partida entra num período menos interessante sem nenhuma das equipas criar perigo para as balizas contrárias.
Os lances de perigo só viriam a acontecer aos 61 minutos quando Gigi aparece na área forasteira solto de marcação a rematar para André responder com uma boa defesa. No minuto seguinte o mesmo jogador remata de muito longe vendo a bola passar perto da baliza forasteira.
Aos 64 minutos Francisco consegue ganhar o lance a Gigi e em velocidade aparece perante Diogo Correia  e desfere um remate que obriga o guarda-redes academista a grande defesa.
A equipa forasteira viria a marcar num lance de grande felicidade para João que numa disputa com a defesa acadmeista vê Diogo Correia ao aliviar a bola fazer a bola bater em si e rumar para as suas redes. Estava feito o terceiro golo da equipa do Resende que viria a marcar novo golo no minuto seguinte quando Manuel de bastante longe desfere um remate que bate o guarda-redes academista. Um bom golo a fechar a partida numa vitória justa do Resende que se mostrou mais eficaz e pragmática, face aos academistas que embora trocando bem a bola mostraram-se macios no ultimo terço do campo.
Arbitragem tranquila e sem erros numa partida que as duas equipas não criaram problemas na missão do trio de arbitragem.

Out: ataque academista. É o calcanhar de Aquiles da equipa dos iniciados B academista. Conseguindo trocar a bola no meio campo os academistas sentem muitas dificuldades na hora de marcar e com isso goram-se boas oportunidades para marcar.
In: eficácia forasteira. Ao contrário dos academistas os forasteiros foram bastante incisivos na altura de marcar e conseguiram ter uma boa eficácia em relação as ocasiões criadas e dai resultou uma vitória que acaba por se ajustar embora que por numeros exagerados.
Outros resultados: 
Viseu Benfica - Cinfães 3:1
Penalva Castelo - Crasto 0:4
Moimenta Beira - Sátão 1:1
Oliveira Frades - Cracks Lamego 3:4
Vouzelenses - Paivense 0:1
Viriatos - Drizes :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Resende121011361831
Crasto12921441229
Viriatos11812311225
Cracks Lamego12804272224
Sátão12642251622
Académico Viseu 126241517 20
Vouzelenses12615241619
Oliveira Frades12606272318
Penalva Castelo12408182612
Paivense12327173711
Drizes1130814299
Viseu Benfica1222819378
Moimenta Beira121389316
Cinfães1212916275

Vitória academista que peca por escassa

Académico Viseu - Sp. Covilhã 3:1
Golo Académico Viseu: Dino Besirovic (25 e 62 min), Chris (61 min).
Golo Sp. Covilhã: Duarte (22 min)
Académico Viseu: Tiago, Gonçalo Pipo (Chalana, 75 min), Bruno Cabral, André, João André, Marco Moreira (Pedro Costa, 84 min), Tiago Almeida, Mauro, Christian (Moita, 85 min), Dino Besirovic, Bruno Nunes.
Suplentes não utilizados: Mário, Miguel Rodrigues.
Treinador: Pipo.
Sp. Covilhã: André, Craveiro, Marco, PC, Gonçalo, Filipe, Robinho (Fábio, 60 min), Jota, Lucas (Rúben, 70 min), Duarte e Kito (André, 54 min).
Suplentes não utilizados: Batista, Igor, Ian, Gonçalo B..
Treinador: Frederico Dias.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Chalana (79 min)
Àrbitro: Bruno Pereira, Auxiliares: Jorge Rei e Ângelo Santos (A.F Viseu)

Ambas as equipas procuram nos primeiros minutos ter mais posse de bola, cabendo aos academistas esse maior dominio.
Aos 8 minutos boa ocasião para os academistas quando Mauro aparece solto de marcação rematando com muito perigo à baliza covilhanense. Aos 20 minutos Gonçalo Pipo remata de muito longe vendo a bola passar perto da baliza forasteira.
Contudo dois minutos depois num lance muito contestado Duarte parece estar em posição de fora de jogo e aparece isolado perante Tiago fazendo o golo. Um golo quando os academistas assumiam o jogo. No minuto seguinte Gonçalo Pipo remate bem vendo André responder com uma grande defesa.
O empate viria a aparecer aos 25 minutos com Chris a subir bem na ala direita do seu ataque centrando bem para Dino Besirovic colocar justiça no marcador.
Aos 30 minutos Lucas remata com perigo à baliza academista valendo a defesa do guarda-redes Tiago Gomes. A resposta academista dá-se no minuto seguinte com Chris a desmarcar Bruno Nunes que remata bem valendo a atenção da defensiva forasteira.
Aos 39 minutos Duarte aparece em boa posição nas costas da defensiva academista e obriga Tiago a grande defesa evitando assim o golo serrano.
Chega-se ao intervalo com um empate que acaba por se ajustar embora cabendo aos academistas a maior posse de bola.
Começa a segunda parte e aos 48 minutos Dino Besirovic centra bem para Mauro aparecer ao segundo poste a rematar fraco para defesa de André.Cinco minutos depois cruzamento de Mauro para João André aparecer a cabecear mas fraco e sem a melhor direcção.
Aos 58 minutos Dino Besirovic aparece em boa posição a rematar forte valendo o corte providencial da defesa forasteira. No minuto seguinte Chris centra bem para Mauro solto rematar sem a melhor direcção.
O cerco aperta-se para a defensiva covilhanense que não consegue sair do seu reduto e vê os academistas aos 61 minutos Chris aparecer em boa posição ao segundo poste a fuzilar André de nada valendo a tentativa de defesa de PC sobre a linha de golo.
No minuto seguinte grande jogada colectiva dos academistas com Bruno Nunes a centrar bem para Dino Besirovic aparecer ao segundo poste a cabecear e fazer o golo que dá uma maior tranquilidade aos academistas.
Aos 72 minutos bom lance de contra-ataque conduzido por Marco Moreira a centrar bem mas sem nenhum dos seus colegas conseguir o remate providencial para o golo.
Os academistas conseguem agora pausar o jogo e com isso controlar a partida não deixando que os forasteiros se aproximem com perigo da sua baliza. Aos 85 minutos Moita desmarca bem Chalana que em boa posição remata muito por alto.
Vitória justa academista que peca por escassa face às ocasiões que os academistas foram criando ao longo da partida. 

Out: apoio. Muita das vezes sinto que nas camadas jovens é preferível jogar fora de casa do que no 1º Maio. Tenho essa opinião pois os adeptos que deveriam ser a alavanca para a procura do melhor resultado são um entrave criticando tudo logo aos primeiros pontos negativos. E com isso enervam os jogadores do clube que apoiam.   

In: capacidade de reacção academista. Os academistas mostraram novamente uma boa reacção à adversidade. Vendo a equipa forasteira a colocar-se na frente do marcador na primeira investida com perigo à baliza de Tiago, os academistas conseguiram reagir bem em 3 minutos viriam a empatar numa boa jogada. A partir dai os locais sentiram-se capazes e partiram para um bom jogo onde o resultado final peca por escasso face às inúmeras ocasiões desperdiçadas.
Melhor em campo: Chris. Foi um jogador muito lutador e que procurou sempre disputar os lances com os limites das suas forças. Com essa atitude alimentou também ele muitas jogadas de ataque. Viria a premiar a sua exibição com um golo

Outros resultados:
Beira Mar - Leiria Marrazes 3:3
Vigor Mocidade - São Romão 2:2
Oliveira Frades - Tourizense 1:1
Naval - Anadia 1:2

Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Beira Mar14941401633
Anadia14851301429
Académico Viseu14635292221
Tourizense14626212420
Oliveira Frades14545182419
Sp. Covilhã14545202819
Leiria Marrazes14527282817
Naval 1º Maio14428203014
São Romão14338193312
Vigor Mocidade14257182411

Eficácia trai academistas

video

Académico Viseu - Tondela 1:1
Golo Académico Viseu: Marcelo (2 min)
Golo Tondela: Hugo (38 min)
Académico Viseu: Diogo, Pedro, Eduardo, Paulo, Rafael Silva, Rafael Barreiros, Marcelo, Benjamim, João Soares (João Silva, 69 min), Micoli e Vasco (Rafael Campos, 57 min).
Suplentes não utilizados: Fábio, Renato, Carlos, Tiago Vaz Pinto, Ricardo.
Treinador: Roger.
Tondela: Rúben, Mini, Diogo, JP, Romão, Zoi, Hugo (Gadoxas, 78 min), Fábio, Bandeira (Semedo, 55 min), Gonçalo e Varanda (Tiago, 35 min).
Suplentes não utilizados: Xico, Bogas, Pedro e Rodrigo.
Treinador: Marinho, Pedro e Eduardo.
Cartão amarelo:
Tondela: JP (68 min)
Árbitro: Sérgio Pinto, Auxiliares: Pedro Miguel Saraiva e João Soares.

Jogo grande desta jornada do Campeonato de Juvenis, onde se defrontam as duas primeiras equipas na tabela classificativa.
Inicio em grande dos academistas a marcarem o golo aos 2 minutos num livre de Marcelo em zona frontal da baliza que só para nas redes tondelenses.
Aos 7 minutos grande jogada com Eduardo a lançar Micoli que em velocidade consegue ultrapassar dois defesas e passa para Vasco que aparece em boa posição valendo o corte providencial da defesa forasteira.
O Tondela procura reagir à boa entrada academista mas os locais controlam as investidas contrárias.O primeiro remate do Tondela ocorre aos 15 minutos num livre de Diogo para defesa fácil do guarda-redes academista.
A resposta academista dá-se no minuto seguinte quando após boa jogada academista João Soares vê o seu remate embater com estrondo na barra da baliza tondelense.
O Académico controla a partida não deixando o Tondela reagir.Aos 23 minutos Vasco desmarca Micoli que de primeira remata forte para defesa de Rúben. Cinco minutos depois Micoli remata forte contra Romão mas a bola ainda sobra para João Soares que remata sem a melhor direcção.
Aos 30 minutos livre de Varanda para JP aparecer solto de marcação a rematar torto sem perigo para a baliza academista.
No minuto seguinte é Benjamim a rematar perto da baliza de Rúben.
Contudo aos 38 minutos numa falha da defensiva academista a bola chega de Tiago a Hugo que perante Diogo faz um golo simples. Um balde de água fria e que acontece contra a corrente do jogo.
Chega-se ao intervalo com um resultado injusto para os academistas que disfrutaram de boas ocasiões para marcar mas não conseguiram concretizar e viram o Tondela na sua primeira investida com verdadeiro perigo a empatar a partida e assim regressar aos balneários com um empate.
No primeiro minuto da segunda parte Benjamim remata forte valendo o corte providencial do defesa tondelense a evitar o golo.
Os academistas entram nos últimos 40 minutos na procura do golo que os coloquem novamente na frente do marcador. Na resposta tondelense Tiago sobe mais alto que a defesa academista valendo o corte de Paulo.
O Tondela está mais motivado e consegue ter mais posse de bola do que na primeira parte o que intranquiliza os academistas. Numa jogada de contra-ataque aos 50 minutos Micoli ganha em velocidade ao seu defesa centrando para Vasco aparecer um pouco atrasado.
A Académico pressiona o Tondela para terrenos mais atrasados do quais a equipa forasteira procura sair em rápidos lances de contra-ataque.
Aos 65 minutos boa insistência de João Soares que ganha o lance e na pequena área remata por alto.
A segunda parte tem menos lances de perigo para ambas as balizas com o tempo a escassear para os intentos academistas.Aos 75 minutos perca de bola de Romão para João Silva aparecer sobre a linha a não conseguir que o seu centro seja interceptado pelos seus atacantes.
Aos 82 minutos João Silva desmarca Micoli que centra bem mas nenhum dos seus colegas consegue o remate e assim seria com um empate que a partida viria a encerrar. Empate numa partida com duas parte antagónicas, onde a primeira teve um maior dominio dos academistas falhando os mesmos várias situações de golo e na segunda parte mais equilibrada mas num jogo mais pausado e sem grandes momentos de emoção.

Out: eficácia academista. Os academistas realizaram uma boa exibição mas falharam na altura do remate final. Isso revelou-se fatal pois um pouco contra a corrente do jogo os tondelenses viriam a alcançar o golo do empate e a partir dai conservaram da melhor forma esse ponto.
In: união tondelense. Apesar de não conseguirem criar muitas situações de golo os tondelenses mostraram-se pragmaticos e marcaram numa dessas ocasiões. A partir dai o seu espirito guerreiro e de união fê-los conservar um resultado que acaba por servir mais os seus intentos. Da união nasceu o ponto conquistado.
Melhor em campo: JP. Representa a coesão que a defensiva tondelense mostrou ao longo de grande parte da partida. Apesar de verem os jogadores academistas conseguirem em velocidade boas ocasiões, os defesas tondelenses em muitos momentos conseguiram-se posicionar de forma eficaz para que as mesmas não levassem tanto perigo à baliza de Ruben. JP a par de Romão foram dois muros que sobretudo na segunda parte se mostraram intransponiveis.

Outros resultados
Canas Senhorim - Lusitano Vildemoinhos 1:5
Mortágua - Ranhados 1:0
Cabanas Viriato - Penalva Castelo 0:4
Viseu Benfica - Mangualde 4:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Tondela1073021624
Académico Viseu962138820
Lusitano Vildemoinhos 962130720
Viseu Benfica9513231416
Mortágua9513131716
Penalva Castelo9423151014
Molelos10334201412
Canas Senhorim10406152612
Cabanas Viriato921614307
Mangualde91176294
Ranhados90094380

09 dezembro 2012

Iniciados B surpreendidos em casa

Académico Viseu - Oliveira Frades 1:3


Golo do Académico: Diogo Almeida

Académico Viseu: Diogo Correia, Miguel Ribeiro (Leo, 60m), Gigi, Tadeu, Gonçalo Costa, Nuno (Miguel Silva, 50m), Xavi (Rui Henriques ao intervalo), Pedro Pais, Daniel (Rafa, 50m), Diogo Almeida (cap.) e Leandro (Gonçalo Lopes, aos 60´).
Suplentes não utilizados: Tiago e João Coelho
Treinador: Vitor Santos

Os iniciados B academistas após uma vitória prometedora em São Pedro do Sul, tinha em casa mais um jogo desta vez com a equipa do Oliveira Frades.
O académico volta a entrar bem no jogo. Pressionando a equipa da oliveira de frades e com muita mobilidade de todos os atletas. Aos 15 minutos Diogo ganha um lance em profundidade à defesa contrária e faz o golo academista que se justificava pelo melhor jogo e muito querer.
A equipa volta a eclipsar-se depois de um bom início. A equipa de Oliveira de Frades começa a ser mais acutilante e acaba por fazer dois golos fruto de erros individuais e de uma certa desorientação da equipa academista.
No último minuto da 1.ª parte Diogo Almeida de novo lançado em profundidade é rasteirado dentro da área. Penalty que a equipa de Viseu não aproveitou permitindo a defesa do guarda redes do GDOF.
Ao intervalo 1-2 que era injusto para a equipa academista.
Na segunda parte o jogo foi repartido com o Oliveira de Frades mais perigoso. Aos 49 min faz o terceiro golo e de novo na sequência de um lance infeliz de um jogador academista.
O académico tentou nos minutos finais, como que renascendo, mas já não conseguiu votar a marcar.
Em resumo o académico voltou a ser igual aos últimos jogos no fontelo. Com bons começos a equipa não consegue manter durante o jogo a mesma qualidade.
Arbitragem satisfatória.


NOTA: Gostava de pedir a quem assistiu a esta partida para que se puder me envie informação da mesma, para que a mesma fique mais completa. Podem enviar para jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!
Outros resultados: 
Crasto - Viseu Benfica 8:1
Cracks Lamego - Vouzelenses 4:2
Cinfães - Viriatos 0:0
Sátão - Penalva Castelo 4:1
Paivense - Moimenta Beira 1:1
Drizes - Resende 0:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Resende11911321828
Crasto11821401226
Viriatos11812311225
Sátão11632241521
Cracks Lamego11504231921
Académico Viseu 116231513 20
Vouzelenses11614241519
Oliveira Frades11605241918
Penalva Castelo11407182212
Drizes1130814299
Paivense1122716378
Viseu Benfica1112816365
Cinfães1112815245
Moimenta Beira111288305