30 maio 2012

Selecção Sub-14 - Torneio Internacional de Artix-França


A selecção de sub-14 viseense participou no passado fim de semana no torneio internacional de Artix em França.

Os jogadores convocados foram:
GONCALO DUARTE AMARAL SOUSA
GUILHERME FAUSTO FERNANDES COSTA
- ambos jogadores do Académico Viseu
PEDRO MIGUEL BARROS SANTOS
BERNARDO MANUEL BARBARA MIRANDA LOUR
FRANCISCO NETO COTRIM LEAO CARDOSO
MIGUEL ANGELO MARTINS ALMEIDA
ELISIO MIGUEL OLIVEIRA PAIS
MARIO DANIEL MATOS SILVA
FLAVIO SAMUEL DUARTE GONCALVES
JOSE RICARDO SILVA DOMINGUES
JOSE FRANCISCO COSTA PRATAS
FABIO FIGUEIREDO MARQUES
PEDRO FILIPE OLIVEIRA MARADO TELES
SIMAO PEDRO FERREIRA NUNES
TOME XAVIER CARNEIRO MARTINS
GUSTAVO MACIEL MILHOMEM RODRIGUES

Estes jovens tiveram a hipótese de conviver com dezenas de atletas de vários paises e conquistaram o 7 lugar na Competição, conseguindo também o prémio Fair-play.

Na primeira fase:


Fase final:



PARABÈNS A TODOS CAMPEÕES!!!


Carlos Ferreira novo coordenador futebol juvenil academista

Carlos Ferreira foi apresentado como novo coordenador do futebol juvenil do Académico de Viseu.
Desejo um bom trabalho e todos juntos vamos formar ainda melhor estes nossos CAMPEÕES!

29 maio 2012

Aniversário Zé Pedro

Hoje o Zé Pedro, um dos jogadores dos Iniciados do nosso clube faz anos.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas. Desejo-te que o bolo traga toda a saúde que mereces para regressares bem e acima de tudo fazeres o que mais gostas e sabes.
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!















28 maio 2012

Aniversário Guilherme Sousa



Hoje é o Guilherme Sousa que faz anos. Ele é benjamim do nosso clube.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!















27 maio 2012

Parabéns!

Os seniores academistas acabaram de assegurar a subida de escalão e são também CAMPEÕES da 3ª Divisão Nacional - Série C.

A todos os obreiros desta importante conquista os nossos PARABÉNS....

26 maio 2012

Infantis campeões de série com goleada

Ranhados - Académico Viseu 1:12
Golo Ranhados: Rodrigo Gomes (54 min)
Golos Académico Viseu: Mike (8, 59 min), Dany (9, 13, 41, 45 min), Rafa (19, 49 min) , João Lourenço(34 min, pb), Rafael Filipe (38 e 40 min), Diogo (57 min)
Ranhados: João Tavares, Jorge Miguel, Tiago Souto, Daniel Lopes, Rodrigo Gomes, João Lourenço, Diogo Matos, Hugo Martins, Antonio Monteiro e Joel Pinto.
Treinador: Álvaro.
Académico Viseu: Pedro, Leo, Mike, Rafa, Guga, Rafael Filipe, Olavo, Diogo, Miguel Silva, Nuno e Dany.
video

Os infantis A academistas chegavam a este ultimo jogo sabendo que uma vitória lhes daria o primeiro lugar nesta série.
Desta forma os academistas entraram com o firme propósito de marcar mas viriam a ser os locais a terem a primeira ocasião para marcar quando Rodrigo Gomes aparece em boa posição mas perde tempo e permite o corte de Leo. No minuto seguinte Mike desmarca bem Dany que aparece a desferir um bom remate que só para no poste da baliza do Ranhados.
Aos 6 minutos Guga desmarca bem Rafa que perde o tempo de remate e não consegue o melhor remate.
Os academistas viriam a marcar aos 8 minutos quando Dany com uma boa leitura de jogo desmarca bem Mike que aparece isolado e remata prontamente abrindo o marcador para gáudio dos adeptos academistas. No minuto seguinte é a vez de Mike desmarcar Dany que aparece bem nas costas da defensiva local e mostra frieza suficiente para fazer um chapéu a João Tavares e ver a bola anichar-se nas redes da baliza deste.
A resposta local dá-se por Daniel Lopes que aparece bem mas quando se preparava para rematar vê Olavo evitar o mesmo.
Aos 13 minutos Dany à segunda após uma defesa do guarda-redes do Ranhados consegue ser mais lesto que à defensiva contrária e ampliar a vantagem academista.
Dois minutos depois Rodrigo Gomes tem um remate alto e colocado e vê Pedro ter uma defesa complicada mas evitando o golo dos locais.
Aos 19 minutos a vantagem academista viria a ser ampliada quando Guga desmarca Rafa que faz o remate de primeira e vê a bola só parar nas redes locais. Na resposta Daniel Lopes desfere um bom remate para Pedro mais uma vez mostrar atenção e fazer uma boa defesa.
Aos 22 minutos Guga desmarca bem Rafa que em boa posição perde algum tempo de remate e gora assim uma boa ocasião para marcar. No minuto seguinte Mike marca bem o canto para Guga aparecer a cabecear obrigando João Tavares a realizar uma boa defesa.
Aos 25 minutos Daniel Lopes na marcação de um livre, obriga Pedro a mostrar serviço com uma boa defesa evitando assim o golo da equipa local.
Chegava-se ao intervalo com uma vitória justa dos academistas que mostravam um bom jogo e com isso criar bastantes dificuldades à turma local.
Os academistas entraram na segunda parte a procurar mais golos e aos 34 minutos viriam mesmo a marcar quando Olavo desmarca bem Dany que aparece em boa posição rematando cruzado mas vê a bola bater caprichosamente nos dois postes da baliza local e ainda em João Lourenço que vê a bola anichar-se nas suas redes.
Quatro minutos depois Miguel Silva desmarca bem Rafael Filipe tem uma boa jogada de insistência ultrapassando dois defesas locais e quando se encaminhava para a baliza é derrubado pelo defesa local. Chamado a marcar o mesmo jogador não sente a responsabilidade e faz o sexto golo.
No minuto seguinte Daniel Lopes faz um remate colocado e obriga Pedro a boa defesa.
Contudo os academistas respondem de forma pronta e Rafael Filipe tem uma boa jogada e remata cruzado fazendo um golo de belo efeito.
Os academistas conseguiam imprimir à partida um ritmo alto e com isso colocavam a defensiva local em dificuldades e aos 41 minutos Mike tem uma abertura para Dany aparecer nas costas da defesa do Ranhados e fazer o golo.
Quatro minutos o mesmo jogador, no caso Dany, viria a ser bem solicitado por Diogo que perante João Tavares faz um golo de forma fácil.
Aos 49 minutos Miguel Silva desmarca Rafa que entra bem na área contrária e remata colocado fazendo o décimo golo da partida.
Após este golo o Ranhados consegue-se libertar um pouco da pressão dos academistas e viriam aos 54 minutos João Lourenço ter uma boa jogada e ver o seu remate passar perto da baliza academista.
Esta maior ousadia dos locais viria a ser premiada com o golo quando Rodrigo Gomes após a marcação de um canto remata forte e colocado vendo a bola sobrevoar Pedro e anichar-se pela primeira vez nas redes academistas.
A resposta academista dá-se aos 57 minutos quando Guga desmarca bem Diogo que aparece em boa posição e sem marcação fazendo o golo.
Sobre o último minuto da partida mais uma vez Guga a desmarcar desta vez Mike não sendo individualista e o avançado academista bisa na partida fazendo o marcador funcionar pela ultima vez.
A partida viria a terminar instantes depois onde os academistas tiveram oportunidade de festejar o título de série.

Outros resultados:
Mortágua - Nespereira 2:3
Viseu Benfica B - Santo André 2:7
Santar - Ribeiradio 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu141121902535
Nespereira131031692133
Santo André141013413031
Mortágua14725342423
Viseu Benfica14528343917
Santar14329305111
Ranhados14319247010
Ribeiradio14011315770
video

22 maio 2012

Aniversário Alex e Guilherme Moita




Hoje são dois os aniversariantes: o Guilherme Moita, um dos jogadores dos Juvenis do nosso clube. O outro é o Alex iniciado também ele no nosso clube
Desejo-vos que os sonhos que desejam se concretizem pois bem merecem! Sonhar é um passo para concretizar!


 PARABÉNS CAMPEÕES!!!

20 maio 2012

Aniversário Leandro


Hoje é o Leandro que faz anos. Ele é benjamim do nosso clube.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!















Sonho academista esfuma-se com derrota caseira


Académico Viseu - Oliveira Frades 0:1
Golo Oliveira Frades: Luis Miguel (72 min)
Académico Viseu: Diogo, Pedro, João André, Paulo, Rafael Silva, Rafael Barreiros, Marcelo (Nando, 75 min), Benjamim, Alex (Pedro Costa, 50 min), Samuel e Hugo.
Suplentes não utilizados: Mário, Eduardo, Carlos, Renato, Cunha.
Treinador: Roger.
Oliveira Frades: Diogo, D.J, Machado, Zé Carlos, Capela, Adriano (Pedro Marques, 50 min), Melo, Ricardo, Mauricio (Rúbe, 78 min), Luis Miguel, Lomba (Pedro Rodrigues, 70 min).
Suplentes não utilizados: Bernardo, Rocha e Rui Silva.
Treinador: Pedro Lopes.

Cartão amarelo:
Académico Viseu: Rafael Silva (28 min), Rafael Barreiros (55 min)
Oliveira Frades: Mauricio (37 min), Pedro Marques (68 min), Melo (80+ 3 min)
Árbitro: Carlos Rodrigues, Auxiliares: Dinis Figueiredo e Marco Rodrigues.


Os academistas têm um dos derradeiros jogos para acalentar as esperanças de subida.
Pelo outro lado o Oliveira Frades também procura esse desidrato.
Primeiro remate ocorre para o Oliveira de Frades num remate muito alto por Capela.
A Oliveira Frades tem mais posse de bola com os academistas a procurarem responder contra-atacar com velocidade.
Os academistas estão a conseguir equilibrar e a trocar bem a bola e também .
Aos 11 minutos lance muito polémico na área oliveirense quando na disputa de bola entre Diogo e Samuel, o avançado academista parece ter sido derrubado no interior da área. Lance que parece ser grande penalidade.
Partida bastante aberta com ambas as equipas a procurar o golo num jogo bastante empolgante e cativante para o publico.
Aos 24 minutos jogada de Lomba a centrar para Luis Miguel aparecer solto de marcação a rematar perto da baliza academista.
Aos 27 minutos Alex lança Hugo que nas contas da defesa oliveirense aparece a rematar com muito perigo. Cinco minutos Benjamim tem uma boa jogada a centrar bem para Alex em boa posição não conseguir o remate. Os academistas estão por cima da partida e estão mais perto do golo.
Chega-se ao intervalo com um empate que se ajusta face ao equlibrio que nos primeiros 40 minutos.
A segunda parte começa sem alterações nas duas equipas.
Aos 42 minutos os academistas dão muitas liberdades e Melo remata com muito perigo valendo a atenção de Diogo. No minuto seguinte Lomba na marcação de um livre vê Mauricio a cabecear perto da baliza academista.
Tal como na primeira parte os forasteiros entram melhor na partida mas os academistas reagem e tmbém eles tentam o golo. A turma forasteira está por cima da partida e estão a empurrar os academistas para terrenos mais atrasados.
Ambas as equipas estão a jogar mais com o coração do que com a cabeça e com isso as jogadas estão mais afastadas de ambas as balizas. Aos 65 minutos Hugo ganha o lance sobre a linha final e centra para Samuel ganhar o lance ao guarda-redes oliveirense e rematar perto da baliza forasteira.
Dois minutos depois centro de Lomba para Melo aparecer a cabecear perto da baliza local.
Aos 72 minutos surge o golo dos forasteiros quando Luis Miguel aparece na áera solto e desvia a bola de Diogo .
Na resposta Marcelo aparece a rematar num livre para defesa fácil de Diogo.
A equipa forasteira tenta acalmar agora a partida. Aos 77 minutos canto marcado pro Rafael Silva para João André aparacer a cabecear mal vale o corte providencial de Capela.
Sobre os 80 minutos Pedro num centro remate quase que surpreende o guarda-redes academista quando vê a bola ainda embater na sua barra.
O Oliveira Frades está por cima da partida mas os academistas tentam ainda o empate.
Chega-se ao final da partida com uma vitória do Oliveira de Frades que assim continua na luta pela subida aos Nacionais, num jogo onde o empate seria o prémio mais justo para ambas as equipas.
Arbitragem com um trabalho negativo, onde teve vários lances ajuizados de forma contrária mas onde os academistas se podem queixar mais sobretudo no lance do golo onde o avançado oliveirense parece estar fora de jogo e no lance de grande penalidade por assinalar ainda na primeira parte. Um trabalho a merecer reflexão do trio de arbitragem.


Out: comportamentos. No desporto temos que saber perder e também é importante saber ter um comportamento digno quando se ganha. Num jogo que estava a ser jogado nos limites dentro de campo e de forma empolgada nas bancadas onde ambas as claques puxaram pelos seus campeões, fica na retina as provocações aos adeptos locais na hora do golo. Se este era um momento de alegria para que se virar para os adeptos locais?  Por vezes são esses comportamentos menos reflectidos que estragam o desporto que estes jovens campeões tanto adoram.
In: emoção. Foi um jogo em que o resultado esteve sempre em dúvida e com os jogadores de ambas as equipas a procurarem que o golo surgisse. Com isso o jogo foi bastante emocionante e que merecia talvez mais golos no resultado final.

NOTA: Amigos, apesar dos resultados não serem o que mais desejavam continuem a lutar como têm feito até agora. Se por vezes temos derrotas, pior era se nem tivéssemos a lutar. Acredito que com o vosso valor e querer vamos ainda sorrir bastante. São um orgulho e juntos iremos vencer!


Outro resultado:
Repesenses - Cinfães 4:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses4220618
Oliveira Frades4211657
Cinfães4202576
Académico Viseu4013251

19 maio 2012

Segunda parte dita leis

video
Académico Viseu - Santar 6:1
Golos Académico Viseu: Dany (8, 33 e 60+1 min), Mike (40 min). Diogo (47 min) e Guga (58 min)
Golo Santar: David (4 min)
Académico Viseu: Pedro, Leonardo, Guga, Miguel, Olavo, Rafa, Diogo, Dany e Nuno.
Treinador: Fábio.
Santar: Miguel, Marcelo, Henrique, Rafael, David, Alex, Sérgio, Luis, Paulo, Rodrigo, Rodrigo Almeida.
Treinador: João Pereira.
video

Os infantis academistas tinham mais neste fim de semana um jogo na procura pelo titulo de série.
A equipa forasteira do Santar entrou na partida com uma postura de querer surpreender com rapidez a defensiva academista e foi mesmo isso que viria a acontecer à passagem do 4 minuto da partida quando David aparece solto de marcação e remate forte e cruzado batendo Pedro.
Na resposta Dany desmarca bem Diogo que remata perto da baliza santarense.
Aos 7 minutos Guga remata forte e vê Miguel a ter uma boa defesa para canto. No seguimento do mesmo Guga marca o canto do lado direito do ataque academista para o interior da área onde aparece Dany a cabecear fazendo o empate na partida.
Seis minutos depois novamente Guga a aparecer solto de marcação e remata perto da baliza forasteira.
Aos 17 minutos surge a resposta do Santar com o seu melhor jogador David a rematar muito perto da baliza academista. Três minutos ocorre um lance muito duvidoso na área do Santar quando Miguel em luta pela disputa de bola com Guga parece ter tocado no jogador academista. Contudo mais bem colocado o árbitro manda seguir o lance.
O jogo estava bastante dividido e equilibrado mas um pouco mal jogado com vários passes mal realizados por ambas as equipas.
Os lances de perigo andavam afastados das balizas e só aos 25 minutos é que algo surge quando David bem solicitado por Marcelo remata colocado para Pedro ver o remate passar perto da sua baliza. Três minutos depois é Nuno a rematar forte e colocado vendo Miguel fazer uma boa defesa evitando assim o golo academista.
No primeiro minuto dos descontos Rafa aparece solto de marcação e já no interior da área desfere um remate que não ultrapassa o esforçado guarda-redes Miguel.
Chegava-se ao intervalo com um resultado que cifrava o empate que acabava por ser justo.
Os academistas entram na segunda parte com uma melhor postura e sobretudo mais lúcida e logo no primeiro minuto Mike desmarcado por Guga desfere um bom remate que passa perto da baliza santarense. Aos 33 minutos Mike para bem o canto para Dany aparecer a cabecear para defesa de Miguel. Este lance seria o ensaio para o golo que viria a surgir num lance tirado a fotocópia do anterior onde Dany aparece mais uma vez mais rápido que a defensiva forasteira e coloca pela primeira vez os academistas na liderança do marcador.
Os academistas causavam muito perigo através de lances de bola parada e aos 37 minutos é a vez de Guga cabecear bem para defesa de Miguel.
Aos 40 minutos viria a surgir novo golo academista quando Leonardo lança bem Dany que tem uma boa jogada e desmarca Mike que desfere um remate acrobático que só para nas redes contrárias.
Os academistas mostravam um melhor futebol conseguindo trocar bem a bola e com isso ficavam mais perto do golo que poderia ter acontecido quando Leonardo num livre obriga Miguel a boa defesa.
Dois minutos depois os academistas tem uma das suas melhores jogadas quando a bola passa por Rafa, Dany e Mike com a baliza à sua mercê é infeliz no remate final. Gorava-se assim uma boa ocasião para ampliar a vantagem academista.
Contudo ela viria mesmo a ser amplada aos 47 minutos quando Dany desmarca Diogo que consegue rodar bem e rematar forte e colocado batendo o guarda-redes santarense.
A resposta do Santar dá-se aos 50 minutos quando David no seguimento de um livre remata colocado mas vê Pedro responder com uma grande defesa evitando o segundo golo da equipa forasteira.
Aos 53 minutos Diogo aparece solto de marcação já no interior da área forasteira mas vê Miguel a ser corajoso e anichar-se aos seus pés evitando assim o golo academista.
Esse golo viria a surgir aos 58 minutos quando Dany começa a jogada e desmarca Diogo que na altura certa passa para Guga que solto de marcação faz o golo.
O marcador viria a ser encerrado já no primeiro dos dois minutos dados de descontos pela equipa de arbitragem quando Guga desmarca Dany que aproveita e faz o hattrick da sua conta pessoal.
Chega-se ao final da partida com um resultado que acaba por ser ampliado muito fruto de uma atitude mais positiva e inspirada dos academistas nos ultimos 30 minutos frente a um adversário que sobretudo na primeira parte colocou muitos entraves às ambições academistas.
In: segunda parte academista. Parece que os balneários fizeram bem aos academistas depois dos primeiros 30 minutos onde os academistas realizaram uma exibição desinspirada. Nos derradeiros 30 minutos finais os academistas trocaram melhor a bola e foram conseguindo os golos e construir uma vitória gorda alicerçada numa exibição que acabou por ser bastante positiva.
Melhor em campo: Dany. Foi o elemento mais preponderante da sua equipa e com isso carregou a mesma para uma vitória justa. Com três golos e mais duas assistências este jogador academista teve uma exibição cheia de raça e querer e que de certo será para recordar.

Outros resultados:
Nespereira - Viseu Benfica B 1:1
Ribeiradio - Mortágua :
Santo André - Ranhados 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu131021782432
Nespereira13931661930
Santo André13913342828
Mortágua12624282020
Viseu Benfica13527323217
Santar13319284910
Ranhados13319235810
Ribeiradio12001212710

Aniversário Tiago Vaz Pinto



Hoje o Tiago Vaz Pinto, um dos jogadores dos Juvenis do nosso clube faz anos.
Com humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Acredita em ti, sonha e tudo vais conquistar AMIGO!
PARABÉNS CAMPEÃO!!!

Desejo que no bolo te traga tudo de bom, em especial saude e que os teus problemas de saúde se resolvam da melhor forma! FORÇA AI CAMPEÃO!






17 maio 2012

Aniversário JP e Luiz




Hoje são dos os aniversariantes. Ambos são benjamins no nosso clube. São o João Pedro e o Luiz.
Com humildade e trabalho irão "conquistar" tudo o que mais desejam.
Acreditem em vocês, sonhem e tudo vão conquistar AMIGOS!
PARABÉNS CAMPEÕES!!!










14 maio 2012

Infantis empatam em Mortágua

Mortágua - Académico Viseu 1:1

NOTA: Quem possuir mais informações desde jogo e puder me enviar para completar o mesmo agradecia. Pode mandar para o e-mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!


Outros resultados:
Viseu Benfica B - Ribeiradio 7:0
Santar - Ranhados 2:4
Nespereira - Santo André 0:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Nespereira12921651829
Académico Viseu12921722329
Santo André12813322825
Mortágua12624282020
Viseu Benfica12517313116
Santar12318274310
Ranhados12318235610
Ribeiradio12001212710

13 maio 2012

Pódio conquistado de forma justa

Carregal Sal - Académico Viseu 2:2
Golos Académico Viseu: Diogo, Vasco.
Académico Viseu: Gui, André, Miguel, Kiki, Vasco, Diogo, Xico, Mário, Nuno, Gui Sousa, Luiz e João.
Treinador: Carlos Lopes.

Após um campeonato cheio de emoções e com uma enorme evolução técnicos e tácticos os jovens academistas deslocavam-se a Carregal do Sal para defrontar uma equipa que também ela realizou um bom campeonato e que lutava pelo ultimo lugar do pódio.
Os academistas sabiam que um resultado com pontos lhe daria esse lugar e no final da partida isso foi mesmo conseguido e de forma justa os academistas alcançam o 3º Lugar no Campeonato Distrital de Benjamins sub-10.

NOTA: Quem possuir mais informações desde jogo e puder me enviar para completar o mesmo agradecia. Pode mandar para o e-mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!


Outros resultados:
Nelas - Repesenses 2:5
Crasto - Santo André 7:2
Viseu 2001 - Pinguinzinho 2:4
Pestinhas - Dínamo Estação 5:6
Lusitano Vildemoinhos - Vila Chã Sá 4:2
Viseu Benfica - Oliveira Frades (adiado 19/5)
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses2623121414570
Lusitano Vildemoinhos2618351225957
Académico Viseu261457995447
Dínamo Estação261376996646
Carregal Sal261286915144
Pestinhas26142101046144
Oliveira Frades2513210785941
Pinguinzinhos26124101025340
Vila Chã Sá2611510957838
Viseu 2001269512765932
Crasto267712757028
Nelas2672186310023
Viseu Benfica251123162354
Santo André261025191953

Empate complica contas juvenis

Repesenses - Académico Viseu 0:0

Após um desaire sofrido de forma inglória em casa frente ao Cinfães no passado fim de semana os academistas tinham uma curta deslocação a Repeses para defrontar a equipa local.
Pelo lado da equipa local também a vitória era o desidrato mais desejado.
Foi uma partida onde ambas as equipas procuraram o golo mas o marcador não funcionou e o empate acabou por ser mais penoso para os academistas.
Outros resultados:
Cinfães - Oliveira Frades 3:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cinfães3201536
Repesenses3120215
Oliveira Frades3111554
Académico Viseu3012241

NOTA: Uma palavra especial para a nova claque de apoio aos nossos campeões que teve a sua apresentação neste jogo. Sem dúvida um colorido especial!


Hoje o Nuno Oliveira, um dos jogadores dos Juniores do nosso clube faz anos.
És daqueles que me faz sentir que o futebol é mesmo mais que um simples chuto na bola, é acima de tudo AMIZADE.

Todos os sonhos podem ser atingidos, basta querer e lutar por eles e tu mereces isso. Continua humilde e vais longe amigo! Continua a ser como és.... Basta isso e irás conquistar!








PARABÈNS CAMPEÃO MAS ESPECIALMENTE AMIGO!!!


07 maio 2012

Infantis academistas derrotados em derby

Académico Viseu - Viseu 2001 0:5

NOTA: Quem tiver mais pormenores sobre este jogo por favor mande-me para o meu mail: jorge.miguel.sa@gmail.com Obrigado!!

Outros resultados:
Oliveira Frades - Penalva Castelo 0:5
Santo André - Lusitano Vildemoinhos 0:8
Repesenses - Viseu Benfica 9:0
Dínamo Estação - Crasto 1:3
Pinguinzinho - Pestinhas 1:0
Viriatos - Nelas 5:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Pinguinzinhos2520231283062
Crasto252014822561
Repesenses2518521221559
Pestinhas2516541162853
Viseu 2001251645723652
Lusitano Vildemoinhos251357804744
Viseu Benfica2513111886740
Penalva Castelo2511311734336
Dínamo Estação257215609626
Académico Viseu2571174810522
Santo André2544174211216
Viriatos2541204611113
Oliveira Frades2525181810511
Nelas2531213318810

Benjamins apesar de derrotados conservam topo

Souselo - Académico Viseu 5:1

NOTA: Quem possuir mais informações desde jogo e puder me enviar para completar o mesmo agradecia. Pode mandar para o e-mail: jorge.miguel.sa@gmail.com. Obrigado desde já!

Outros resultados:
Viriatos - Pinguinzinhos 2:4
Estrela Mondego - Quintela Orgens 2:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu10802301124
Pinguinzinhos10802361324
Souselo10712411322
Quintela Orgens9315132210
Viriatos920712286
Estrelas Mondego1000107520

06 maio 2012

Goleada infantil

video
Académico Viseu - Viseu Benfica 7:2
Golo Académico Viseu: Diogo (4, 9, 38 min), Guga (13, 23, 27  min), Mike (21 min) 
Golo Viseu Benfica: Miguel (14, 53 min)
Académico Viseu: Pedro, Olavo, Leonardo, Guga, Rafa, Diogo, Nuno, Mike e Dani.
Treinador: Fábio.
Viseu Benfica: Gaby, Patrick, Rui, Miguel, Pedro, Gonçalo, João Batista, Nicolau, Marcos, Bruno, Paulo e Kiko. 
Treinador: Washington.

Este é mais um derby no escalão de sub-13, onde se defrontam o Viseu Benfica e o Académico de Viseu. Aos 2 minutos primeiro Diogo e depois Mike rematam forte para defesa com os pés de Gaby.. No minuto seguinte Guga remata forte e leva a bola a passar perto da baliza benfiquista.
O primeiro golo viria a acontecer à passagem do minuto 4 quando Diogo aparece solto de marcação e remata bem abrindo o marcador.
Aos 7 minutos Mike remata cruzado valendo o corte providencial da defesa benfiquista. Contudo aos 9 minutos Guga desmarca bem Diogo que aparece bem a tocar na bola e desviando de Gaby ampliando a vantagem academista.
No minuto seguinte remate forte de Mike que se dirige para a baliza Gaby valendo o corte providencial de Patrick.
Os academistas dominam e aos 13 minutos Guga bem desmarcado por Dani faz o terceiro golo academista. Dois minutos depois falha na defensiva academista a dar algum espaço aos avançados benfiquistas, deixando Bruno aparecer solto de marcação e Pedro na tentativa de desmarcar faz falta. Chamado a marcar Miguel remata colocado e vê a bola ainda embater no poste e anichar-se nas redes academistas.
Aos 21 minutos Mike desfere um grande remate que só para nas redes benfiquistas. Um golo de belo efeito!
A vantagem academista viria a ser ampliada por Guga que aparece solto e faz o quinto golo da equipa academista.
Aos 27 minutos novo golo viria a acontecer numa desmarcação de Leonardo a solicitar Guga que faz o terceiro golo da sua conta individual.
Chega-se ao intervalo com uma vantagem larga dos academistas que dominaram por completo os primeiros 30 minutos.
No primeiro minuto Dani bem solicitado por Nuno aparece em boa posição rematando cruzado e Gabyfaz uma boa defesa. Os benfiquistas estão melhor na partida e Miguel primeiro e depois Bruno rematam bem para defesas de Pedro.
Aos 38 minutos contudo os academistas viriam a marcar quando Dani tem uma boa jogada individual ultrapassando dois adversários e depois solicita Diogo que cabeceia e faz novo golo.
No minuto seguinte livre bem marcado por Leonardo, obrigando Gaby a boa defesa evitando assim o golo academista.
A resposta dá-se aos 43 minutos num remate forte mas sem a melhor direcção de Patrick. Partida aberta com ambas as equipas a procurarem o golo.
Aos 49 minutos Miguel marca bem o canto de forma tensa levando a bola a passar pela frente da área valendo a atenção de Pedro. Quatro minutos depois Miguel tem uma boa jogada individual e remata colocado reduzindo a vantagem academista.
Aos 57 minutos Nuno desmarca bem Dani que remata forte mas um pouco ao lado da baliza benfiquista.
Chega ao fim a partida com uma vitória merecida dos academistas numa partida que dominaram a partida frente a um adversário que também ele procurou o golo e assim tornou o mesmo mais emocionante.
video
Outros resultados:
Ranhados - Mortágua 2:3
Santo André - Santar 2:1
Ribeiradio - Nespereira 2:9
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Nespereira11920651529
Académico Viseu11911712228
Santo André11713292822
Mortágua11614271919
Viseu Benfica11317243113
Santar11317253910
Ranhados1121819547
Ribeiradio11001112640

Aniversário Leonardo

Hoje é o Leonardo que faz anos. Ele é infantil do nosso clube.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!
Sonha e verás que tudo é possível!







05 maio 2012

Ineficácia academista dita destino injusto

Académico Viseu - Cinfães 1:2
Golo Académico Viseu: Marcelo (77 min)
Golo Cinfães: Artur (33 min), Xoilas (38 min)
Académico Viseu: Popó, Pedro Pereira (Marcelo, 50 min), Eduardo, Paulo, Rafael, Rafael Barreiros (Gonçalo Pipo, 73 min) , Márcio, Benjamim (Pedro Costa, 65 min), Alex, Rui Pipo e Hugo.
Suplentes não utilizados: Fábio, Renato, Nando e Miguel.
Treinador: Roger.
Cinfães: Edgar, Jitas, Fanoco (Fraga, 70 min), Faneca, Piquet, Machado, Carlitos, Rui, Teles, Xoilas (João Paulo, 65 min) e Artur.
Suplentes não utilizados: João Pinheiro, João Braga, Fraga e Diogo.
Treinador: José Jesus.
Cartão amarelo:
Académico Viseu:
Benjamim (20 min)
Cinfães: Carlitos (34 min), Artur (39 min), Faneca (49 min)
Cartão vermelho:
Académico Viseu:
Gonçalo Pipo (78 min), Márcio (80 min)
Árbitro: José Duarte, Auxiliares: Carlos Silva e Jorge Ramos.

Este é o segundo jogo dos juvenis academistas. O Cinfães começa a partida com mais posse de bola e cabe a eles os primeiros remates mas sem grande perigo para a baliza de Popó.
O Cinfães entra melhor na partida e está a empurrar os academistas para terrenos mais atrasados.
Aos 10 minutos lance de difícil juízo do trio de arbitragem no remate forte de Hugo que embate no corpo do defesa cinfanense. Dois minutos depois centro de Hugo para Rui Pipo não conseguir o cabeceamento.
Os academistas estão agora por cima da partida a tentar jogar na rapidez dos seus atacantes.
Aos 16 minutos Popó responde com uma grande defesa após remate de Machado. Na resposta bom centro de Rui Pipo para Márcio aparece a antecipar-se de cabeça mas um pouco por cima.
Jogo bastante atrativo e aberto com ambas as equipas a procurarem o golo que os coloque na frente do marcador. Aos 25 minutos Rafael Silva remata forte levando a bola a passar muito perto da baliza cinfanense.
Aos 33 minutos livre de Machado a levar a bola a embater com estrondo na barra da baliza academista. Na sobra completamente solto de marcação Artur aparece a cabecear e fazer o golo inaugural da partida, aproveitando as muitas facilidades dadas pela defensiva academista.
Cinco minutos depois novo balde de água muito gelada quando Xoilas aparece vindo de trás a cabecear de forma imparável respondendo a um bom cruzamento do lado esquerdo do ataque cinfanense.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial do Cinfães fruto de algumas desatenções na defesa academista que resultou nos dois golos da equipa forasteira.
Os academistas entram na segunda parte a procurarem o golo que lhes permita ainda lutar pelo resultado final.
Aos 43 minutos boa jogada colectiva dos academistas com Hugo a aparecer bem a rematar mas um pouco ao lado da baliza cinfanense. Cinco minutos depois Hugo tem um lance de magia a ultrapassar bem dois defesas contrários e remata colocado vendo a bola embater com estrondo na base do poste da baliza. Grande infelicidade para os academistas.
No minuto seguinte nova jogada de Hugo a solicitar Rui Pipo que fica em boa posição mas de angulo apertado. Os academistas apertam o cerco aos defesas cinfanenses e aos 53 minutos Marcelo fica muito perto do golo no seu remate.
No minuto seguinte na sequência de um canto a bola passar muito perto da barra da baliza cinfanense.
Os academistas já merecem o golo pelo jogo já fabricado especialmente nesta segunda parte. Aos 60 minutos livre de Rafael Silva que passa perto da baliza cinfanense.
Os academistas estão na procura do golo mas o Cinfães.
Aos 72 minutos Rui Pipo remata colocado vendo a bola bater caprichosamente no poste da baliza da turma forasteira. Aos 77 minutos surge o merecido golo dos academistas num remate forte e colocado.
Derrota muito injusta dos academistas que rubricaram uma boa exibição mas que não conseguiram marcar as oportunidades que desfrutaram.
Arbitragem bastante contestada onde nos parece ter exagerado a nivel disciplinar. Para além disso a sua exibição ficou marcado com um lance ainda na primeira parte na área cinfanense onde parece que o defesa cinfanense ter tocado com a mão. Contudo a melhor posição do árbitro pode dar-lhe o benefício de dúvida. Uma arbitragem que merece alguma reflexão.

Out: eficácia academista. Os academistas foram bastante infelizes na altura do remate final e com isso viram o Cinfães alcançar uma vantagem larga que depois foi impossível ultrapassar. Sobretudo na segunda parte embora carregando viram alguns dos seus remates passaram perto da baliza cinfanense e mesmo em dois casos bater na base do poste da baliza contrária.
In: argúcia cinfanense e jogo academista. A equipa do Cinfães foi arguta e soube aproveitar algumas desatenções defensivas para atingir uma vantagem que em seguida soube de forma dedicada e esperta conservar até ao apito final. Na argúcia e preserverança esteve a chave do triunfo. Pelo outro lado este foi um dos melhores jogos dos academistas na condição de visitado. Os academistas procuraram sempre o golo e em muitos casos remeteram a equipa cinfanense para terrenos mais atrasados. Com muita entrega e pixão os academistas procuraram o golo mas que apareceu tarde e assim os academistas foram vergados a uma derrota injusta.

Empate ingrato

video
Académico Viseu - Viseu 2001 1:1
Golo Académico Viseu
: Vasco (16 min)
Golo Viseu 2001: Pedro (38 min)
Académico Viseu: Guilherme, André, Miguel, Kiki, Vasco, Diogo, Xico, Francisco, Guilherme Sousa, Luiz, JP e João.
Treinador: Carlos Lopes.
Viseu 2001: Francisco Cruz, Zé Ricardo, António, Tomás, Sérgio, Guilherme, Henrique, André, Pedro, Lourenço, Gonçalo e Bernardo.
Treinador: Vasco


Os jovens benjamins B academistas tem mais um derby, onde desta vez o adversário é o Viseu 2001. É um jogo que promete fortes emoções num jogo que nenhuma equipa quererá perder.
Os academistas começam com mais posse de bola mas ainda sem se aproximarem com muito perigo da baliza de Francisco Cruz. Os academistas estão a trocar bem a bola a procurar um espaço para o remate. Contudo o primeiro lance de algum perigo para uma das balizas cabe aos forasteiros quando Sérgio aparece perante Guilherme valendo a atenção deste. Na resposta é Vasco a rematar forte mas sem a melhor direcção.
As equipas parece estarem encaixadas e só aos 14 minutos é que Miguel Loureiro remata forte valendo o corte providencial do defesa contrário.
O marcador viria a funcionar à passagem do minuto 16 na sequência de um canto marcado por André e ao segundo poste Vasco aparece solto e faz o primeiro golo academista. Cinco minutos depois Vasco desmarca bem Guilherme Sousa que isolado perde algum tempo para o remate e permite o desarme.
Aos 22 minutos Vasco aparece bem a antecipar-se a Francisco Cruz e vê o seu remate embater na barra. Lance de infelicidade dos academista!
Dois minutos depois Luiz num remate forte obriga o guarda-redes forasteiro a defesa complicada. Já sobre o apito para o intervalo Xico sobre a linha consegue aliviar a bola quando a bola se dirigia para as suas redes após remate de Sérgio.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial do academistas que se ajusta ao futebol praticado por ambas as equipas.
Segunda parte começa tal como a primeira com mais posse de bola e aos 32 minutos Vasco remata forte à barra da baliza academista. A resposta dá-se dois minutos depois com um livre de Pedro a levar perigo à baliza academista.
Aos 38 minutos Miguel Loureiro aparece bem posicionado e fica perto do golo. Esse golo viria a acontecer para o Viseu 2001 num remate de Pedro onde André é agarrado pelo atacante forasteiro.
O Viseu 2001 está melhor na partida a conseguir ter mais posse de bola com os academistas aos 45 minutos a ficarem perto do golo quando Miguel Loureiro consegue o centro faltando o remate final de Luiz.
Os academistas tentam o golo que os coloque novamente na frente do marcador.
Ambas as equipas procuraram o golo que está a cativar o publico que assiste a partida.
Chega-se ao final da partida com um empate que premeia a entrega do Viseu 2001 e que castiga a ineficácia academista que embora tendo algumas boas oportunidades não conseguiu as concretizar.
Arbitragem com actuação desastrosa, com muitos lances ajuizados de forma errada para ambas as equipas e deixando outros por assinalar. No lance mais polémico para ajuizar, parece ter errado no seu juízo. Juizo esse que acabou por influenciar no resultado final.
Out: arbitragem. Um jogo em que ambas as equipas lutaram com raça, querer e muito empenho não mereciam o trabalho bastante infeliz da dupla de arbitragem. Com bastantes lances ajuizados de forma incorrecta. Um trabalho algo desinspirado e que influenciou no resultado final.
In: jogo de ambas as equipas . Ambas as equipas procuraram o melhor resultado possível e disfrutaram de bastantes oportunidades para marcar e por isso o resultado até acaba por ser escasso e não reflectir isso mesmo. Um jogo que empolgou e cativou o muito publico que assistiu à partida.

Outros resultados:
Repesenses - Viseu Benfica 11:0
Dínamo Estação - Crasto 7:3
Vila Chã Sá - Nelas 6:4
Pinguinzinhos - Pestinhas 5:0
Oliveira Frades - Carregal Sal 5:1
Santo André - Lusitano Vildemoinhos 0:10
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses2522121364367
Lusitano Vildemoinhos2517351185754
Académico Viseu251447975246
Pestinhas251429995544
Dínamo Estação251276936143
Carregal Sal251276894943
Oliveira Frades2513210785941
Vila Chã Sá251159937438
Pinguinzinhos2511410985137
Viseu 2001259511745532
Crasto256712686825
Nelas257217639523
Viseu Benfica251123162354
Santo André251024171883

03 maio 2012

Aniversário Rafael Barreiros


Hoje o Rafael Barreiros, um dos jogadores dos Juvenis do nosso clube faz anos.
És daqueles amigos que será eterno e que faz pensar que o futebol é bem mais que um mero jogo de chutos e pontapés.
Aos amigos especiais deseja-se tudo o que de melhor se quer para nós mesmos e para ti espero que tenhas tudo o que os teus sonhos desejam e mereces! Sonhar é um passo para concretizar!

Continua a ser como és AMIGO!

Obrigado por seres quem és! PARABÉNS CAMPEÃO!!!