28 fevereiro 2012

Aniversário João e Roldão




Hoje o iniciado João Silva faz anos.
Outro dos aniversariantes é o Ricardo Roldão infantil no nosso clube!
Um enorme abraço e que os sonhos que tenham se concretizem! Sonhem e verão que tudo se pode tornar realidade. Basta querer!

Continuem a serem como são e tudo vaão conquistar! Um enorme abraço amigos...

PARABÉNS CAMPEÃO!!!




























27 fevereiro 2012

Aniversário Paulo e Francisco Ferreira




Hoje o juvenil Paulo faz anos.
Outro dos aniversariantes é o Francisco Ferreira
Um enorme abraço e que os sonhos que tenham se concretizem! Sonhem e verão que tudo se pode tornar realidade. Basta querer!

Continuem a serem como são e tudo vão conquistar! Um enorme abraço amigos...

PARABÉNS CAMPEÕES!!!



















Sorteio Juniores

Hoje realizou-se a 2ª mão do playoff entre os 4ºs classificados das quatro séries do Nacional da 2ª Divisão de Juniores.

Frente a frente estavam o Moreirense e o Tourizense, esta última equipa que os academistas defrontaram na primeira fase. Após um empate a duas bolas em Moreira de Cónegos, a equipa do Touriz ganhou por 4-1 e assim conseguiu uma das duas vagas para a luta pela subida.

Esta vitória do Tourizense faz com que os academistas fiquem na série com 8 equipas:
  • Académico Viseu
  • Padroense
  • Salgueiros
  • Candal
  • Paredes
  • Infesta
  • Lourosa
  • Sabugal

Estas 4 equipas irão lutar entre si por o máximo números de pontos possíveis, evitando ficar nos últimos 4 lugares que ditam a descida aos distritais.
As equipas partem com os seguintes pontos
  • Padroense               17
  • Académico Viseu   17
  • Salgueiros                16
  • Candal                     15
  • Paredes                   14
  • Infesta                     10
  • Lourosa                    9 
  • Sabugal                     4

1ª Jornada (10.03.2012):
Salgueiros-Lourosa,
Candal-Sabugal,
Paredes-Infesta,
Padroense-ACADÉMICO VISEU;

2ª Jornada (17.03.2012):
Lourosa-Padroense,
Sabugal-Salgueiros,
Infesta-Candal,
ACADÉMICO VISEU-Paredes;

3ª Jornada (24.03.2012):
Lourosa-Sabugal,
Salgueiros-Infesta,
Candal-ACADÉMICO VISEU,
Padroense-Paredes;

4ª Jornada (31.03.2012):
Sabugal-Padroense,
Infesta-Lourosa,
ACADÉMICO VISEU-Salgueiros,
Paredes-Candal;

5ª Jornada (14.04.2012):
Sabugal-Infesta,
Lourosa-ACADÉMICO VISEU,
Salgueiros-Paredes,
Padroense-Candal;

6ª Jornada (21.04.2012):
Padroense-Infesta,
ACADÉMICO VISEU-Sabugal,
Paredes-Lourosa,
Candal-Salgueiros;

7ª Jornada (01.05.2012):
Infesta-ACADÉMICO VISEU,
Sabugal-Paredes,
Lourosa-Candal,
Salgueiros-Padroense.

26 fevereiro 2012

Arrancado a ferros



Académico Viseu - Penalva Castelo 2:1
Golos Académico Viseu: Hugo (53 min), Benjamim (80+4 min)
Golo Penalva Castelo: Rafael Carvalho (61 min)

Académico Viseu: Popó, Alex, Eduardo, Paulo, Rafael Silva, João André, Samuel (Alan, 77 min), Benjamim, Rui Pipo, Márcio (Hugo, intervalo) e Marcelo (Gonçalo Pipo, 65 min).
Suplentes não utilizados: Fábio, Pedro Pereira, Pedro Costa e Miguel.
Treinador: Roger.
Penalva Castelo: Renato, Pedro Almeida, Ricardo, Hugo Rebelo, Rogério, Marcos, Miguel, Rafael Carvalho, Rafael Pina (Stefan, 74 min), Renato Ferreira e Rafael Ascensão.
Suplentes não utilizados: David, Fábio Ferreira, Ricardo Almeida e Francisco Almeida.

Cartões amarelos:
Académico Viseu: Rafael Silva(55 min)
Penalva Castelo: Rogério (42 min)
Árbitro: José Gomes, Auxiliares: Ângelo Santos e Rui Cardoso.

Os juvenis academistas tinham um jogo com um adversário bem organizado e que prometia criar problemas aos locais.
Os academistas foram os primeiros a criar problemas numa das áreas quando Benjamim remata e obriga Renato a boa defesa.
O jogo corria a um ritmo muito lento e com muitas faltas e pausas e só aos 14 minutos é que Rafael Silva centra de forma tensa e obriga o guarda-redes penalvense a uma defesa incompleta e na sobra Samuel remata forte mas ao lado, quando os adeptos academistas já gritavam golo.
O Penalva do Castelo conseguia trocar bem a bola entre os seus jogadores e isso colocava bastantes dificuldades à defensiva academista. Desta forma aos 26 minutos Rafael Ascensão bem solicitado por Renato Ferreira aparece a rematar com muito perigo à baliza de Popó.
A partida parecia adormecida e os lances de perigo escasseavam e só aos 33 minutos Rafael Pina aparece com perigo a rematar para a baliza academista fazendo o golo mas prontamente anulado por fora de jogo.
Chegava-se ao intervalo com um empate justo numa primeira parte jogada de forma muito lenta e com demasiadas pausas e interrupções.
A segunda parte começou com uma toada bem mais acelerada e logo no primeiro minuto Hugo remata com muito perigo à baliza penalvense.
A resposta penalvense seria quase letal quando Rafael Carvalho aparece solto a rematar bem falhando por pouco o alvo.
Aos 49 minutos Rafael Silva obriga Renato a boa defesa vendo a mesma ainda embater com estrondo na sua barra.
Quatro minutos depois surge um dos momentos do jogo quando num lance de inspiração de Hugo na ala direita do seu ataque perto da linha lateral reflecte para o interior do campo e desfere um remate indefensável para Renato. Um grande golo que colocava os academistas na frente do marcador.
Os forasteiros reagiram bem ao golo e o seu jogador mais interventivo, no caso Rafael Carvalho aparece em boa posição solto de marcação mas sem conseguir o remate.
Na resposta aos 60 minutos Samuel tem uma boa jogada mas não consegue o melhor centro desperdiçando assim uma boa ocasião para os academistas quando estes se encontravam em vantagem numérica no seu ataque. Contudo no minuto seguinte os penalvenses viriam mesmo a empatar quando numa perca de bola em zona proibitiva a bola chega a Rafael Carvalho que consegue libertar-se de 3 defesas contrárias e remata bem batendo Popó.
Os academistas tentaram reagir ao golo sofrido mas de forma algo precipitada e aos 65 minutos Rafael Pina descobre bem Rafael Carvalho que novamente solto de marcação tenta o remate acrobático levando a bola a passar rente da baliza academista.
Os penalvense conseguiam controlar as investidas academistas e também eles procuravam responder em rápidos contra-ataques e assim o jogo estava bem mais emocionante.
Sobre os 75 minutos Hugo tem um bom centro para Samuel aparecer ao segundo poste a desmarcar Rui Pipo que remata valendo o corte providencial de Rogério.
Entrava-se já nos descontos e quando o empate parecia ser o resultado final, Rui Pipo após um lançamento golo tem um centro tenso para Benjamim que no interior da área parte para cima de um defesa contrária e na altura exacta e já de ângulo apertado desfere um remate colocado e sem hipótese para Renato.
Os academistas colocavam-se à frente no marcador e sem tempo para responder os penalvenses vêm surgir assim um castigo pesado para a sua entrega e mesmo futebol que colocou sempre muitas dificuldades aos academistas.


Out: nervosismo academista. Os jovens juvenis academistas partem para os jogos realizados com um maior nervosismo do que quando jogam fora e isso reflecte-se no seu futebol. Acima de tudo divirtam-se e verão que assim tudo é mais fácil. Lembrem-se que estão a fazer o que gostam e que nunca deverá ser uma obrigação e fonte de nervosismo. Acima de tudo libertem-se e a felicidade ficará bem mais perto!
In: acreditar até ao limite. Este jogo mostra que na vida se deve acreditar no que se faz até ao último suspiro. Quando já poucos acreditavam os academistas alcançaram uma vitória preciosa e isso premeia a sua entrega após o golo sofrido castigando em demasia a turma forasteira.
Outros resultados:
Viseu Benfica - Ranhados 2:3
Mortágua - Ranhados 4:1
Santacombadense - Tondela 0:1
Mangualde - Canas Senhorim 3:0
Repesenses - Molelos 7:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses16160095448
Académico Viseu181431631145
Mortágua181044651734
Viseu Benfica17845623028
Tondela17746373825
Molelos18746323525
Mangualde18747412525
Penalva Castelo16656472723
Canas Senhorim17728322923
Santacombadense186210373420
Nelas185310325218
Ranhados18211515757
Vouzelenses16001671890

25 fevereiro 2012

Aniversário Miguel Rodrigues

Hoje o juvenil Miguel Rodrigues faz anos.
Um enorme abraço e que os sonhos que tenhas se concretizem! Sonha e verás que tudo se pode tornar realidade. Basta querer!

Continua a ser como és e tudo vais conquistar!

PARABÉNS CAMPEÃO!!!



















Exibição de gala academista dá vitória


Académico Viseu - Pinguinzinhos 3:0
Golos Académico Viseu: Melo, José Félix e Josué.
Académico Viseu: Rodrigo, Miguel Jesus, João Abreu, Rafa, José Félix, Leandro, Josué, Tomás, Melo, João Félix.
Treinador: Xavier.


Os benjamins A academistas após duas boas vitórias nos primeiros jogos desta fase derradeira tinham um jogo bastante complicado com uma equipa bastante forte que é a turma dos Pinguinzinhos.
Ambas as equipas entraram bem na partida tentando colocar-se à frente no marcador mas viriam a ser os academistas a ter as melhores ocasiões para marcar. O guarda-redes forasteiro conseguiu boas defesas sobretudo em lances onde os academistas lhe surgiram isolados perante si.
Os academistas viriam a marcar na sequência de uma bola parada, quando Melo marca bem um canto de forma directa e vê ainda a bola embater num adversário e rumar para as suas redes.
Os academistas conseguiram dar uma melhor sequência ao golo marcado e subiram a sua qualidade na partida e com isso criaram mais algumas ocasiões mas sem conseguirem ampliar a sua vantagem.
Vitória parcial justa dos academistas que foram sempre a melhor equipa nos primeiros 25 minutos embora a turma dos Pinguinzinhos também colocassem em cautela o guarda-redes Rodrigo.
Tal como na primeira parte os academistas rubricaram uma exibição sem grandes erros e viriam a marcar por José Félix, num grande lance colectivo da equipa academista.
Conseguindo trocar bem a bola os academistas não permitiam que a turma dos Pinguinzinhos criasse muitos lances de perigo e com isso era o Académico que estava mais perto de ampliar a sua vantagem.
Até ao final da partida os academistas viriam a marcar mais uma vez desta vez por Josué e com isso os academistas alcançavam uma vitória preciosa numa exibição irrepreensível frente a um adversário que vendeu cara a derrota.

Outros resultados:
Estrelas Mondego - Viriatos 1:4
Quintela Orgens - Souselo 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu3300939
Soutelo32101127
Pinguinzinhos32011146
Viriatos3102793
Quintela Orgens3012371
Estrelas Mondego30031170

Academistas conquistam

Castro - Académico Viseu 2:4

(BENJAMINS - SUB10 - Em actualização)

NOTA: Quem tiver mais pormenores sobre este jogo por favor mande-me para o meu mail: jorge.miguel.sa@gmail.com Obrigado!!

Outros resultados:
Pinguinzinhos - Repesenses 1:2
Pestinhas - Oliveira Frades 6:2
Nelas - Viseu Benfica 5:2
Viseu 2001 - Santo André 6:3
Dínamo Estação - Vila Chã Sá 3:2
Lusitano Vildemoinhos - Carregal Sal 3:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses171502903045
Oliveira Frades171115553334
Lusitano Vildemoinhos171034744433
Carregal Sal17953693532
Pestinhas171018754231
Académico Viseu17926703929
Dínamo Estação17764674227
Viseu 200117836623927
Vila Chã Sá17656655123
Pinguinzinhos17629653820
Nelas176110446219
Crasto17368474715
Viseu Benfica171115141734
Santo André170017141400

Infantis sub12 tombam perante lider

Castro - Académico Viseu 10:1

(INFANTIS - SUB12 - Em actualização)

NOTA: Quem tiver mais pormenores sobre este jogo por favor mande-me para o meu mail: jorge.miguel.sa@gmail.com Obrigado!!

Outros resultados:
Dínamo Estação - Viriatos :
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 4:1
Pinguinzinhos - Repesenses 1:1
Pestinhas - Oliveira Frades 9:0
Nelas - Viseu Benfica 1:10
Viseu 2001 - Santo André 7:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto171412571543
Pinguinzinhos171223832438
Repesenses171142721137
Lusitano Vildemoinhos171133613236
Viseu 2001171133472336
Pestinhas171133882233
Viseu Benfica171016653429
Penalva Castelo17827542826
Santo André174310337815
Académico Viseu174112286613
Oliveira Frades171412166310
Dínamo Estação16211325757
Nelas172114231327
Viriatos16111420684

Infantis aquecem manha fria com goleada

Ribeiradio - Académico Viseu 0:9
Golos Académico Viseu: Guga (2 min), Dani ( 11, 56 e 60 min), Miguel Silva (26 min), Mike (35, 45 e 53 min) e Nuno (48 min)

Académico Viseu: Pedro, Leo, Olavo, Silva, Guga, Dani, Mike, Rafa, Nuno e J.P.
Treinador: Vasco.

Os infantis A academistas deslocaram-se ao Vale de Lafões para defrontar a equipa do Ribeiradio. Tal como no primeiro jogo desta 2ª fase os academistas entraram com o propósito de vencer e isso viria a resultar numa entrada mais pressionante.
Esta foi coroada com o primeiro golo à passagem do minuto 2 com um golo de Guga.
Os academistas continuavam a pressionar e a ter mais posse de bola e aos 11 minutos Dani, após assistência de Miguel Silva, aparece isolado a ampliar a vantagem dos academistas.
Com este golo a partida fica mais equilibrada com ambas as equipas a procurarem novo golo que só viria a acontecer à passagem do minuto 26 sendo Miguel Silva o artilheiro.
Chega-se com esse resultado ao merecido descanso que viria a ser alterado ao quinto minuto da segunda parte num golo de Mike.
A segunda parte foi completamente dominada pelos academistas que viriam a marcar ao minuto 45 quando Mike bisa na partida. Três minutos depois é a vez de Nuno a colocar o seu nome nos marcadores da partida.
Neste período os academistas estavam por cima e na entrada dos ultimos 10 minutos viriam mesmo a marcar quando Mike faz o hattrick na partida.
Até ao final da partida, os viseenses viriam a marcar por mais duas vezes aos 56 e 60 minutos com Dani a ser o marcador de serviço e assim colocar o ponto final no marcador.
Vitória justa e ampla dos academistas que continuam a mostrar um bom momento de forma.

Outros resultados:
Santo André - Mortágua 2:1
Nespereira - Ranhados 4:0
Viseu Benfica B - Santar 3:6
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu22001916
Nespereira2200806
Santar2101673
Ranhados2101573
Santo André21012113
Mortágua2011121
Viseu Benfica2011361
Ribeiradio20023140

Derby equilibrado tendeu para os benfiquistas

Académico Viseu - Viseu Benfica 0:1
Académico Viseu: Rui Pedro, Miguel, David Tadeu, Manuel, Pedro Pais (Lage, 65 min), Zé Pedro (Pereira, 65 min), Daniel (Maurício, 50 min), Simão Pipo, Gui, David (Rui Filipe, 50 min) e Tiago (Gustavo, intervalo).
Suplentes não utilizados: Diogo.
Treinador: Gustavo.
Viseu Benfica: Daniel, Renato, Xico, Daniel, Bruno, Costa, Gustavo, Francisco, Rui, Gui, Guerra.
Suplentes: Hugo, Diogo, Simão, Vilar, Rui Pedro, Pedro Rafael, Seabra.
Treinador: Luis Brito.

Cartão amarelo:
Académico Viseu:
Manuel (29 min.)
Árbitro: Rui Pires Rosa.


Este e um derby da cidade de Viseu, com as equipas do Académico de Viseu e o Viseu e Benfica. Começa melhor os academistas com mais posse de bola e a conseguirem empurrar os forasteiros para terrenos mais atrasados e logo ao quinto minuto jogada de entendimento entre Gui e Tiago mas este ultimo não consegue o melhor remate.
Os academistas estão a conseguir trocar a bem. Aos 20 minutos boa ocasião para os benfiquistas com Bruno a rematar com muito perigo para a baliza academista.
Os benfiquistas estão melhor na partida e conseguem dois lances de muito perigo com primeiro Bruno e depois Daniel a rematarem com perigo valendo a atenção de Rui Pedro.
Aos 29 minutos nova boa ocasião para os benfiquistas com o cabeceamento de Xico. No minuto seguinte ė a vez de Bruno levar novamente muito perigo a baliza local.
Chega-se ao intervalo com um empate que castiga a eficácia benfiquista que após uma entrada menos positiva conseguiu assumir o dominio do jogo e ter um punhado de boas jogadas que colocaram em sobressalto a defensiva academista.
Aos 41 minutos remate com perigo de Simão Pipo para boa defesa de Daniel. Contudo aos 47 minutos os benfiquistas viriam a marcar quando numa jogada de insistência Bruno consegue ganhar aos defesas academistas e consegue entrar na área contrária e perante Rui Pedro desvia dele e abre o marcador.
Aos 55 minutos Simão pipo desmarca bem Gui que remata forte e obriga Daniel a grande defesa. No minuto seguinte boa remate de Maurício que bate com estrondo na barra da baliza benfiquistas.
Os academistas estão por cima da partida e conseguem ter mais lances de perigo. Na resposta Bruno bem solicitado aparece solto valendo o corte providencial de Manuel a evitar o golo.
Os forasteiros conseguem controlar as investidas academistas e com isso obtém uma vitoria que acaba por ser injusto para a entrega academista que equilibrou bastante a partida mas que não conseguiu aproveitar as boas oportunidades criadas.
Arbitragem tranquila.

Out: eficácia. Foi o ponto menos positivo de ambas as equipas pois as mesmas criaram bastantes oportunidades mas não as conseguiram aproveitar e assim o resultado não expressa isso mesmo. Um ponto a melhorar.
In: equilibrio. Foi um jogo bastante equilibrado em que ambas as equipas tiveram o seu dominio na partida. Nesses períodos ambas disfrutaram de boas ocasiões para marcar mas onde a falta de eficácia por um lado e as boas defesas não permitiram mais golos. Um jogo equilibrado que merecia mais golos e onde o empate representasse melhor o mesmo.
Outros resultados:
Penalva Castelo - Molelos 0:1
Pestinhas - Pinguinzinhos 1:2
Campia - Mangualde 0:6
Crasto B - Mortágua 3:1
Repesenses B - Canas Senhorim 6:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos17151184646
Repesenses B181224521738
Pinguinzinhos181225371038
Molelos18954292032
Viseu Benfica171025392632
Pestinhas17935382130
Canas Senhorim17845242728
Mangualde17837342927
Penalva Castelo17827292126
Académico Viseu183213203511
Mortágua173113145310
Crasto B18121516705
Campia18111613944

23 fevereiro 2012

Aniversário Alex

Hoje o Alex, um dos jogadores dos Juvenis do nosso clube faz anos.
Com humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Acredita em ti, sonha e tudo vais conquistar!
PARABÉNS CAMPEÃO!!!


20 fevereiro 2012

Aniversário Pedro Costa


Hoje o Pedro Costa, um dos jogadores dos Juvenis do nosso clube faz anos.
Com humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Acredita em ti, sonha e tudo vais conquistar!
PARABÉNS CAMPEÃO!!!


19 fevereiro 2012

Canenses alcançam vitória

Canas Senhorim - Académico Viseu 2:0
Académico Viseu: Rui Pedro, Dani (Gustavo), Pipo (João Pereira), Gui, Zé Pedro (João Lage), David Filipe, Miguel, Gigi, Matheus (Tiago), Pedro Pais e David.
Suplentes: Simão Rodrigues



NOTA: Quem tiver mais pormenores sobre este jogo por favor mande-me para o meu mail: jorge.miguel.sa@gmail.com Obrigado!!


Outros resultados:
Molelos - Pestinhas 1:1
Pinguinzinhos - Campia 6:0
Mangualde - Crasto 3:2
Mortágua - Repesenses 0:10
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 5:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos17151184646
Pinguinzinhos17112535935
Repesenses B171124461635
Pestinhas16934371930
Viseu Benfica16925382629
Molelos17854282029
Canas Senhorim16844232128
Penalva Castelo16826292026
Mangualde16737282924
Académico Viseu173212203411
Mortágua163112135010
Campia17111513884
Crasto B17021513712

Juvenis superiores em terreno complicado

Tondela - Académico Viseu 0:3
Golos Académico Viseu: Rui Pipo 2 e Benjamim.

Académico Viseu: Popo, Pedro (Alex), João André, Paulo, Rafael, Rafael Barreiros, Márcio (Benjamim), Chalana, Samuel, Hugo (Marcelo) e Rui Pipo.
Suplentes não utilizados: Mário, Renato, Alan, Ricardo, Alex

Os juvenis academistas tinham uma deslocação a Tondela para defrontar a equipa local.
Num terreno em que o adversário reserva sempre muitas dificuldades para os seus oponentes, os academistas foram conseguindo impor o seu jogo e viriam mesmo a marcar por Rui Pipo que fez o resultado com que ambas as equipas viriam a regressar aos balneários.
Nos últimos 40 minutos apesar da réplica tondelense os academistas viriam a conseguir marcar por duas vez, por Rui Pipo novamente e Benjamim. Com estes dois golos os viseenses alcançaram uma vitória que os mantêm nos lugares cimeiros e em boa posição para alcançar a fase final deste escalão.


NOTA: Quem tiver mais pormenores sobre este jogo por favor mande-me para o meu mail: jorge.miguel.sa@gmail.com Obrigado!!

Outros resultados:
Vouzelenses - Viseu Benfica 0:12
Ranhados - Repesenses 0:9
Molelos - Mortágua 0:0
Nelas - Mangualde 1:2
Canas Senhorim - Santacombadense 3:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses15150088345
Académico Viseu171331611042
Mortágua17944611631
Viseu Benfica16844592428
Molelos17745312825
Penalva Castelo16655462523
Canas Senhorim16727322623
Mangualde17647382522
Tondela16646363822
Santacombadense17629373320
Nelas17539314818
Ranhados17111512734
Vouzelenses16001671890

Arrancado a ferros


Académico Viseu - Viriatos 4:2
Golos Académico Viseu: Josué (19 min), Leandro (20 min), Raul (43 min), João Abreu (50 min)
Golo Viriatos: Josué (21 min, pb), Rúben (25 min)
Académico Viseu: Rodrigo, José Félix, Josué, Tomás, Melo, João Félix, Raul, Miguel, João Abreu e Leandro.
Treinador: Xavier.
Viriatos: Guilherme, Zé Pedro, Ricardo Amaral, André Marques, Rúben, Diogo Marques, Gabriel Oliveira, Kiko, André Gonçalves, Hugo Guerra, Rafael e João Brilhante.
Treinador: Rui Roque.

Os academistas têm mais um derby viseense desta vez os Viriatos são o seu adversário.
Primeiro remate cabe aos academistas com Raul aos 2 minutos mas que passe longe da baliza forasteira. Dois minutos depois é a vez de Melo rematar forte mas um pouco por alto.
Aos 7 minutos grande jogada de Raul a entrar na área contrária e desmarca Leandro que em boa posição tem um remate por alto. Boa oportunidade desperdiçada pelos academistas.
Cabe aos academistas as melhoras ocasiões para marcar e aos 12 minutos Melo marca um canto para Raul aparecer bem mas sem conseguir o melhor cabeceamento. Dois minutos depois Diogo Marques num livre obriga Rodrigo a grande defesa a evitar o golo.
Após uma boa entrada dos academistas, os forasteiros conseguem equilibrar a partida. Aos 19 minutos os academistas viriam mesmo a marcar num momento de enorme inspiração de Josué que remata colocado e abre o marcador a favor dos academistas. Um grande golo a colorir o marcador.
No minuto seguinte boa jogada academista com Leandro a aparecer em boa posição e depois desfere um bom remate ampliando a vantagem academista. Contudo nos instantes seguintes Josué é infeliz e numa tentativa de desarme introduz a bola na sua baliza.
Aos 25 minutos Diogo Marques desmarca bem Rúben que aparece em boa posição e remata bem fazendo o golo do empate.
No primeiro minuto da segunda parte Rúben aparece em boa posição mas não consegue o golo. Os Viriatos entram melhor nos últimos 25 minutos. Aos 31 minutos Leandro marca bem um livre mas Melo não consegue o remate. Três minutos grande ocasião para os academistas com Raul a rematar à barra da baliza forasteira.
Os academistas pressionam e empurram os forasteiros para terrenos mais atrasados e viriam a ter o justo prémio aos 43 minutos quando Leandro consegue numa jogada individual passa pelos seus adversários e desmarca Raul que aparece em boa posição a desviar a bola de Guilherme fazendo o golo que coloca os academistas novamente à frente do marcador.
Sobre o apito para o final da partida Melo tem uma boa leitura de jogo desmarcando João Abreu que faz o golo que dá a tranquilidade final aos academistas.
Vitória justa academista frente a uma equipa voluntariosa e que deu tudo por outro resultado, o que resultou num bom e emocionante jogo.

Outros resultados:
Souselo - Estrelas Mondego 6:0
Pinguinzinhos - Quintela Orgens 4:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Pinguinzinhos22001116
Soutelo22001016
Académico Viseu2200636
Quintela Orgens2002260
Viriatos2002380
Estrelas Mondego20020130

18 fevereiro 2012

Infantis goleadores

video
Académico Viseu - Santo André 10:1
Golos Académico Viseu: Miguel Silva (2 min), Gustavo (7, 8, 15, 59 min), Dani (18, 52 e 59 min), Mike(50 e 51 min)
Golo Santo André: Miguel Silva (29 min)
Académico Viseu: João Pedro, Leo, Olavo, Miguel Silva, Gonçalo, Daniel, Mike, David, Rafa e Nuno.
Treinador: Vasco.
Santo André: Francisco, Paulo, André, Figueira, Alex, Miguel, Rafa, André Costa, Rodri, Marinho, Pedro Costa, Diogo.
Treinador: Vitor Hugo.

Os infantis A academistas têm o inicio da 2ª fase com o Santo André num jogo em que ambas as equipas procuram começar da melhor forma o campeonato.
Aos 2 minutos os academistas viriam a marcar com Miguel Silva a rematar de forma imparável para o marcador. Os academistas estão melhor na partida e aos 7 minutos Gustavo bem solicitado aparece a fazer o golo.
No minuto seguinte novo golo viria a surgir outra vez por Gustavo num lance onde foi bem solicitado por Dani. Aos 10 minutos Daniel marca bem o canto para Mike aparecer a cabecear um pouco .
Cinco minutos depois novamente num canto os academistas viriam a marcar quando Daniel marca o canto para Gustavo aparecer a cabecear e fazer o hattrick na partida.
Premiando a boa exibição de Dani este numa jogada de insistência remata forte para uma primeira defesa de Francisco que contudo se mostra incompleta e na sobra da mesma Dani mostra-se mais lesto que a defesa contrária e faz o quinto golo academistas.
Os academistas continuam a dominar a partida e aos 23 minutos na marcação de um livre marcado por Leo obriga Francisco a boa defesa. Cinco minutos depois André Costa num bom remate leva a bola a embater com estrondo na base do poste academista. Na sobra a bola chega a Pedro Costa que remata forte e vê a bola tocar em Miguel Silva que trai João Pedro.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas justa face ao melhor futebol praticado.
Os academistas entram a pressionar os forasteiros mas o ritmo da partida é bem mais lento e sem grandes ocasiões para acontecer o golo.
Aos 40 minutos boa ocasião para os forasteiros quando André Costa num forte remate leva a bola a embater com estrondo na baliza academista na sobra é Miguel a rematar sem a melhor direcção.
A resposta academista dá-se dois minutos depois com Rafa bem desmarcado mas não consegue o golo. Aos 49 minutos boa jogada individual de Rafa a centrar mas sem nenhum colega conseguir o melhor remate.
Contudo no minuto seguinte lançamento longo de João Pedro para Mike aparecer sozinho perante Francisco e fazer o sexto golo academista. Instantes depois novo golo viria a surgir quando  Miguel Silva desmarca bem Mike que consegue rodar e fazer o golo academista.
Aos 52 Rafa centra bem para Dani aparecer a marcar de forma acrobática o oitavo golo academista. Aos 58 minutos os academistas viriam a marcar quando Dani desmarca bem Gustavo que em boa posição consegue novo golo para os locais.
Sobre o apito para o final da partida os academistas viriam mesmo a marcar o seu décimo golo, desta vez com Dani a surgir e a responder a um canto marcado na ala esquerda do seu ataque.
Vitória justa dos academistas frente a um adversário que não conseguiu criar muitos lances de perigo para a sua defensiva.


Out: fragilidades forasteiras. Os jovens jogadores forasteiros mostraram várias fragilidades quando os academistas pressionavam e com isso os golos ficavam mais perto. Sem conseguir criar muitos lances de perigo para a baliza de João Pedro a derrota foi assim um passo inevitável.
In: golos resultantes da pressão academista. Os academistas quando pressionaram e trocaram a bola
 conseguiram criar oportunidades para marcar e obter uma goleada que tanto ansiavam. Com os golos surge a alegria que deve estar sempre no vosso futebol. Confiem em vocês campeões!

Outros resultados:
Mortágua - Viseu Benfica B 0:0
Santar - Nespereira 0:4
Ranhados - Ribeiradio 5:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Académico Viseu11001013
Nespereira1100403
Ranhados1100533
Viseu Benfica1010001
Mortágua1010001
Ribeiradio1001350
Santar1001040
Santo André10010100

Entrada de rompante trambela dita vitória

video

Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos 3:4
Golos Académico Viseu: André (13 min), Diogo Fonseca (36 min) e Vasco (49 min)
Golos Lusitano Vildemoinhos: João Guilherme (3, 12, 42 min), Pedro Francisco (4 min)
Académico Viseu: Guilherme, João, Luiz, João Pedro, Diogo Fonseca, André, Xico, Miguel Loureiro, Vasco, Francisco, Kiki e Edgar
Treinador: Carlos Lopes.
Lusitano Vildemoinhos: Tomás, Gonçalo, Tiago, João Guilherme, Pedro Francisco, Diogo, Pedro Fernandes, Pedro Pereira, Duarte, João Gustavo, Simão e André.
Treinador: Fernando Pereira.

Este era um derby sempre apetecível onde frente a frente se encontravam duas das melhores equipas deste escalão sub-10.
A equipa do Lusitano de Vildemoinhos entrou bastante forte na partida e conseguindo trocar bem a bola entre os seus jogadores viria mesmo a marcar à passagem do minuto três quando João Guilherme aparece bem na área academista a fazer a bola sobrevoar Guilherme e levar a bola a anichar-se nas redes academistas.
Os academistas pareciam muito nervosos e numa perda de bola em zona proibitiva permite aos forasteiros partir para o ataque onde após uma boa jogada na ala direita do seu ataque a bola chega a Francisco que aparece vindo de trás a marcar o golo.
Cabia aos trambelos o dominio da partida e não deixavam os academistas assentar o seu jogo e aos 8 minutos João Guilherme obriga o guarda-redes Guilherme a boa defesa.
O mesmo jogador viria mesmo a bisar à passagem do minuto 12 quando após um bom remate de primeira vê a bola rumar às redes academistas.
Este terceiro golo sofrido parece ter tido o condão de acordar os academistas e no minuto seguinte André remata forte e obriga Tomás a defesa que contudo se revela infrutífera para anular o remate do academista.
Com este golo os academistas assumiam agora o domínio da partida e aos 15 minutos Miguel Loureiro desmarca bem Vasco que remata com perigo à baliza contrária.
Três minutos depois é a vez de Diogo rematar por alto mas mesmo assim obriga Tomás a boa defesa e na sobra Kiki remata sem a melhor direcção. Na resposta Pedro Francisco remata perto da baliza academista.
Os academistas estavam melhor na partida e aos 22 minutos na marcação de um livre Diogo Fonseca obriga Tomás a boa defesa evitando assim o reduzir do marcador.
Seria com este resultado de 1-3 com que ambas as equipas iriam regressar aos balneários, resultado esse que premiava a melhor entrada dos jogadores trambelos.
A entrada nos últimos 25 minutos ao contrário da primeira parte é melhor para os academistas e no primeiro minuto Diogo Fonseca remata com perigo à baliza de Tomás.
Aos 29 minutos André após boa desmarcação de Miguel Loureiro aparece bem e remata com perigo à baliza forasteira.
A resposta do Lusitano Vildemoinhos acontece aos 33 minutos com João Guilherme a desmarcar-se da melhor forma e remata forte mas vale a atenção de Xico a fazer o corte providencial a evitar o golo.
Aos 35 minutos Miguel Loureiro consegue uma boa recuperação de bola e lança André que aparece a rematar colocado obrigando Tomás a boa defesa.
Corolário do melhor momento dos academistas aos 36 minutos no seguimento de um canto a bola chega a Diogo Fonseca que remata colocado e faz o golo que coloca ainda mais os academistas na luta pelo melhor resultado.
No ano seguinte Vasco após bom passe de André remata bem mas sem a melhor direcção.
Contudo aos 42 minutos novo balde de água gelada viria a abater-se na reacção academista quando João Guilherme na sequência de um livre remata forte e vê a bola ainda tocar num defesa academista e assim trair o guarda-redes academista.
Aos 47 minutos Pedro Francisco bem solicitado por Gonçalo remata colocado para boa defesa de Guilherme.
No minuto seguinte os academistas viriam a marcar o seu terceiro golo aos 49 minutos quando Vasco aparece bem a responder a um bom cruzamento da ala direita do seu ataque.
Contudo poucos segundos restariam para o apito final e assim os academistas não conseguiram o empate que seria o resultado mais justo.


Out: entrada academista. Foi uma entrada muito nervosa dos jovens academistas e vendo-se cedo a perder por dois golos não conseguiram nos primeiros 10 minutos mostrar o bom futebol que habitualmente apresentam.
In: reacção à adversidade, entrada trambela. Os jogadores do Lusitano de Vildemoinhos entraram da melhor forma na partida e logo nos primeiros minutos marcariam por duas vezes. Com uma enorme pressão sobre os jogadores contrários os forasteiros mostraram um bom futebol que lhes permitiu assumir o dominio do jogo e corolário disso foram os 3 golos conseguidos. Por outro lado os academistas vendo-se a perder aos 12 minutos por três golos parece que acordaram com o ultimo golo sofrido e a partir daí foram para a frente na procura de golos e de um resultado mais ao seu agrado.  Uma enorme entrega e dedicação de ambas as equipas num jogo muito agradável de se assistir.
Melhor em campo: João Guilherme. Foi o elemento desequilibrador da equipa forasteira. Com uma maior compleição fisica este jovem jogador trambelo conseguiu ganhar muitos lances com isso. Com três golos (embora um deles contando com a ajuda de um defesa contrário) deu à sua equipa uma ajuda muito importante para a obtenção da vitória.

Outros resultados:
Repesenses - Pestinhas 3:2
Vila Chã Sá - Pinguinzinhos 4:3
Carregal Sal - Nelas 5:3
Santo André - Dínamo Estação 1:5
Oliveira Frades - Crasto 4:3
Viseu Benfica - Viseu 2001 1:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses161402882942
Oliveira Frades161114532734
Carregal Sal16952673232
Lusitano Vildemoinhos16934714230
Pestinhas16918694028
Académico Viseu16826663726
Dínamo Estação16664644024
Viseu 200116736563324
Vila Chã Sá16655634823
Pinguinzinhos16628643620
Nelas165110396016
Crasto16367454315
Viseu Benfica161114111684
Santo André160016111340