30 novembro 2011

Aniversário Bruno



Hoje o Bruno, um dos jogadores dos Juniores do nosso clube faz anos.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Acredita em ti e sonha e tudo vais conquistar
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!







28 novembro 2011

Juvenis arrancam vitória em terreno complicado

Mangualde - Académico Viseu 0:2

Outros resultados:
Vouzelenses - Nelas 2:4
Ranhados - Molelos 1:2
Repesenses - Tondela 9:0
Viseu Benfica - Canas Senhorim 3:3
Mortágua - Penalva Castelo 0:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses880062024
Académico Viseu871025122
Mortágua952229817
Molelos9513191616
Mangualde9423221214
Viseu Benfica8332321312
Canas Senhorim83239911
Penalva Castelo8242121310
Tondela713310266
Santacombadense712411135
Nelas812512265
Ranhados81077393
Vouzelenses70075820

27 novembro 2011

Aniversário Pedro Santos


Hoje o Pedro Santos, um dos jogadores dos Infantis do nosso clube faz anos.
Com a tua humildade e trabalho irás "conquistar" tudo o que mais desejas.
Acredita em ti e sonha e tudo vais conquistar
Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!
















Derrota ingrata nos descontos

Oliveirense - Académico Viseu 1:0

Académico Viseu: Diogo, Ruben, Carlos, Barreiros,Ricardo, Henrique, Benjamim, Bernardo (David ao intervalo), João Silva (Alexaos 50 min), Marcelo e Rui Cardoso (Renato aos 70 min).
Suplentes não utilizados: Miguel e Zé Pedro
Treinador: Hugo Pardal

O Académico de Viseu deslocou-se até Oliveira de Azeméis para defrontar a equipa local, com equipa academista um pouco desfalcada por motivos de doença de Hugo e castigo de Alan. O jogo começou com algum ascendente da equipa da casa nos primeiros minutos, mas sem perigo para a baliza do Académico. Passado os minutos iniciais o jogo passou a desenrolar-se mais a meio campo, como Académico a criar a única ocasião de maior perigo aos 25 min.
Na segunda parte o teor do jogo não se alterou, até que por volta do minuto 58 numa falta clara sobre Henrique o árbitro manda seguir e na sequência do lance Benjamim tenta parar o jogo numa disputa de bola, levando o árbitro a marcar falta e a exibir o cartão vermelho ao jogador do Académico.
O árbitro que até este lance não tinha comprometido,penalizou duplamente a equipa academista de forma injusta. A jogar com menos um elemento o Académico nunca deixou de procurar o golo e é neste período que criaas duas melhores ocasiões de golo.
Quando já o empate parecia o resultado final, já em período de descontos o defesa academista Ricardo alivia um bola dentro da área que caprichosamente bate num colega de equipa e entra na baliza. Foi um balde de água fria para a equipa do Académico que não merecia sair derrotadonum jogo em que as melhores ocasiões lhe pertenceram e em que a equipa teve uma atitude de grande carácter.

Outros resultados:
Gafanha - Repesenses 2:2
Taboeira - Oliveira Frades 5:1
Estrelas Almeida - Anadia 1:5
Beira Mar - Sanjoanense 3:0
Núcleo Guarda - São Romão 0:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Taboeira14122040638
Beira Mar141112411034
Gafanha14824271126
Oliveirense14824261726
Sanjoanense14653201523
Estrelas Almeida14635232221
Académico Viseu14554261520
Anadia14518142716
Repesenses1433891712
São Romão1423911299
Núcleo Guarda14221011298
Oliveira Frades14111214544

Empate em jogo equilibrado


Dínamo Estação - Académico Viseu 2:2
Golos Dínamo Estação: António Sérgio (12 min), Bruno (29 min)
Golos Académico Viseu: Diogo Fonseca (1 min), Vasco (43 min)
Dínamo Estação: João Pedro, João Cardoso, Guilherme Lopes, Duarte, José Soares, Marco Almeida, Bruno, Rodrigo, Samuel, António Sérgio, Fernando Dinis e Guilherme Machado.
Treinador: Lage.

Académico Viseu: Gui, Diogo Fonseca, Francisco, Vasco, JP, André, Nuno Oliveira, Miguel Loureiro, Guilherme Sousa, João Nunes, Mário e Kiki.
Treinador: Carlos Lopes.

Os benjamins B também defrontavam a equipa do Dínamo da Estação, Os academistas entraram logo a vencer pois logo no primeiro minuto da partida Diogo Fonseca desfere um remate e João Pedro deixa a bola escapar-se por entre as pernas quando tentava agarrar a bola.
Após o golo a partida fica bem mais equilibrada e jogada no meio campo, onde a equipa do Dínamo Estação consegue trocar bem a bola e também ele criar perigo sobretudo pela acção de António Sérgio.
Aos 12 minutos o golo viria mesmo a surgir. Num lance algo polémico no interior da área a dupla de arbitragem assinala grande penalidade na disputa que André tem com um atacante local. Chamado a marcar António Sérgio faz o golo que premeia a boa reação da equipa local.
A resposta academista deu-se aos 18 minutos quando Miguel Loureiro remata forte mas um pouco ao lado da baliza de João Pedro.
Cinco minutos seria Marco a rematar bem à baliza defendida por Guilherme. Na resposta é Diogo Fonseca a rematar forte à baliza contrária valendo a atenção de João Pedro.
Foi com um empate com que ambas as equipas regressaram aos balneários para o merecido descanso.
Na segunda parte seria a equipa do Dínamo da Estação a entrar melhor na mesma e logo aos 29 minutos viria a marcar quando Bruno remata forte e Guilherme não consegue a defesa e desta forma os locais conseguem dar a cambalhota no marcador colocando-se em vantagem no marcador.
Os academistas não baixaram os braços e dois minutos depois André remata bem para João ter uma boa defesa. Aos 32 minutos era António Sérgio a rematar com perigo à baliza academista falhando por pouco o golo.
Aos 35 minutos André bem desmarcado por Miguel Loureiro remata forte para boa defesa do guarda-redes local. Quatro minutos depois Guilherme Machado aparece bem desmarcado valendo o corte providencial de Vasco.
Este jogador academista viria mesmo a marcar quando após uma boa subida no terreno é desmarcado por Miguel Loureiro e remata forte batendo João Pedro. Estava feito o justo golo do empate que reflectia melhor o equilíbrio marcante da partida.
Os academistas aos poucos assumiam mais o jogo e aos 47 minutos Francisco sobe bem no terreno e remata bem para defesa atenta do guarda-redes local.
Sobre os 49 minutos os academistas ficam perto de marcar quando Diogo Fonseca na sequência de um livre coloca à prova João Pedro que faz uma boa defesa.
No minuto seguinte António Sérgio fica perto do golo valendo também a atenção de Mário.
Chegava-se ao final da partida com um resultado justo onde ambas as equipas procuraram o golo e onde o equilíbrio foi bastante.
Arbitragem com dois lances polémicos em ambas as áreas onde a sua melhor posição lhes dá o benefício da dúvida.
In: apoio na hora negativa. O primeiro minuto do jogo mostrou como é belo o futebol sem guerrilhas. Num lance infeliz do guarda-redes do Dínamo todos os adeptos acarinham o mesmo o apoio naquele momento de desespero. Um momento especial numa partida onde o fair-play dominou. Assim é tão bonito!
Melhor em campo: António Sérgio e Vasco. Do lado dos jogadores do Dínamo Estação, houve um jogador por onde muito do jogo passou e as melhores ocasiões ocorreram consigo. Trata-se de António Sérgio que sempre que se aproximou da defensiva academista criou problemas à mesma e ainda viu a sua exibição ser premiada com um golo. Do lado dos academistas Vasco deu nas vistas na sua acção defensiva, onde com um bom momento de desarme não deixou que os adversários contrários deixassem criar muitos lances de perigo. Também ele viu a sua boa exibição ser coroada com um golo quando numa boa subida no terreno consegue aparecer no sitio ideal para marcar,

Outros resultados:
Vila Chã Sá - Repesenses 5:1
Santo André - Oliveira Frades 0:4
Pinguinzinhos - Carregal Sal 4:5
Pestinhas - Viseu Benfica 11:1
Crasto - Nelas 2:2
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 1:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos7511391616
Viseu 20017511401416
Repesenses7502471415
Carregal Sal7421311614
Oliveira Frades7412161113
Pinguinzinhos7313221210
Académico Viseu7313281810
Vila Chã Sá7241232010
Pestinhas6312261810
Crasto714226187
Nelas721412207
Dínamo Estação713321176
Santo André60063610
Viseu Benfica70074840

Dinamistas mais fortes que academistas

Dínamo Estação - Académico Viseu 4:2
Golo Dínamo Estação: Pina (6, 47 min), Peixe (9, 39 min)
Golo Académico Viseu: Rúben Miguel (8, 58 min)
Dínamo Estação: Tomé, Sá, Gonçalo, Costa, Tiago, André, Pina, Videira, Manuel, Peixe, Edu e António.
Treinador: Rafael.
Académico Viseu: Pedro Santos, Gonçalo, Ricardo Roldão, Francisco Guerra, Pedro Lopes, Rafael Filipe, Diogo, Leandro, Pedro Ferreira, Rúben Miguel, Rúben Torres e Rodrigo.
Treinador:Marco Tenreiro.

Árbitro: Marco Oliveira.

Os infantis b têm mais um derby no seu escalão, onde o seu adversário é o Dinamo Estação. Um jogo em que ambas as equipas procuram o golo. Os academistas entram a ter mais posse de bola mas aos 5 minutos os locais viriam a marcar quando Pina aparece entre a defensiva academista e faz o golo.
Está inaugurado o marcador que poderia ter funcionado novamente um minuto depois quando Manuel desmarca Pina e este obriga Pedro a boa defesa. Na resposta numa jogada de contra-ataque Ricardo Roldão aparece bem mas não consegue o golo.
Aos 8 minutos boa desmarcação de Leandro para Rúben Miguel que aparece nas costas da defesa do Dinamo e perante Tomé faz o golo do empate.
Manuel desmarca bem Peixe que faz o golo e coloca novamente os locais em vantagem no marcador.
Sobre os 11 minutos Pina aparece bem e obriga Pedro a boa defesa.
O jogo está mais equilibrado e jogado a meio campo com os lances de perigo a não acontecerem. Sinal disso é que só aos 25 minutos acontecer um momento de emoção quando Rúben Miguel aparece bem a rematar para defesa de Tomé. Na sobra Pedro não consegue dar o melhor remate. A resposta dá-se aos 28 minutos quando novamente Pina aparece bem a cabecear à barra da baliza defendida por Pedro.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial do Dínamo Estação que conseguiu criar mais ocasiões de perigo fruto de uma boa troca de bola que abriu frechas na defensiva academista.
Aos 31 minutos bom remate de Rúben Miguel para Tomé responder com defesa incompleta. Na sobra Rafael deixa-se antecipar pelo defesa contrário. Três minutos depois novamente Rúben Miguel aparece a rematar com perigo à baliza de Tomé.
Os academistas estão bem mais pressionantes e aos 38 minutos Ricardo Roldão na marcação de um livre obriga Tomé a boa defesa. Contudo no minuto seguinte o Dinamo Estação viria a marcar quando Peixe aparece solto de marcação no interior da área academista e sem marcação faz o remate cruzado e amplia a vantagem local.
O marcador viria novamente a marcar à passagem do minuto 45 quando Pina remata cruzado e faz novo golo.
A equipa do Dínamo Estação com os golos está bem mais tranquila e consegue trocar bem a bola. Contudo aos 54 minutos Rúben Miguel leva a bola a embater com estrondo na base do poste da baliza de Tomé.
O golo viria a acontecer três minutos depois com Rúben Miguel a marcar após um bom remate que só para nas redes contrárias.
Vitória justa do Dínamo Estação que foi a equipa que conseguiu trocar bem a bola.


Outros resultados:
Santo André - Oliveira Frades 1:1
Pinguinzinho - Penalva Castelo 2:1
Pestinhas - Viseu Benfica 3:0
Viriatos - Repesenses 0:5
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 1:4
Crasto - Nelas 2:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Pestinhas660038318
Crasto752017417
Pinguinzinhos751130916
Lusitano Vildemoinhos751122816
Repesenses751125616
Viseu 20017421221314
Penalva Castelo722314138
Santo André62229208
Viseu Benfica720521186
Dínamo Estação720512266
Oliveira Frades71248225
Nelas711511394
Académico Viseu710611303
Viriatos70076350

Doce sabor da vitória

video


Crasto B - Académico Viseu 1:2
Golos Académico Viseu: Rui Filipe (GP) , Guilherme (2ª parte)
Académico Viseu: Rui Pedro, Miguel, Gigi, David Tadeu, Pedro Pais (João Lage), Matheus (Ângelo), David Lopes (Gonçalo), Mauricio, Guilherme, Gustavo (Marinho), Rui Filipe (Dani).
Suplentes não utilizados: Ricardo e Lucas


Os iniciados B academistas deslocaram-se a Castro Daire para defrontar a equipa do Crasto. Ambas as equipas procuravam neste jogo atingir a sua primeira vitória.
Os academistas entraram ao ataque e nos primeiros minutos viram uma bola beijar o poste da equipa local. Depois de algum domínio de jogo os academistas viriam a marcar de grande penalidade.
Com o golo sofrido os jogadores locais procuraram reagir da melhor forma e no fim do primeiro tempo, de livre directo a bola sai bem colocada e dá o golo do empate.
No segundo tempo, contrariamente ao que tem acontecido, os academistas continuaram a jogar bom futebol e atacaram bastante acabando por fazer o 2 golo por intermédio de Guilherme.
Desta forma estando novamente em vantagem no marcador os academistas conseguiram preservar a mesma e alcançar uma saborosa vitória.

Outros resultados:
Molelos - Pinguinzinhos 2:2
Penalva Castelo - Mortágua 3:1
Pestinhas - Canas Senhorim 3:0
Campia - Viseu Benfica 2:7
Lusitano Vildemoinhos - Mangualde 8:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos880041324
Canas Senhorim852113917
Molelos8521151017
Viseu Benfica852123717
Pestinhas851219916
Pinguinzinhos842315714
Penalva Castelo842212614
Repesenses B832310911
Mangualde922515208
Mortágua82158197
Académico Viseu81166154
Crasto B90278342
Campia90187440

26 novembro 2011

Erros ditam derrota


Infesta - Académico Viseu 2:1
Golo Infesta: João Pinto (15, 52 min)
Golo Académico Viseu: Dani (60 min)
Infesta: Pedro, Miguel, Nuno, Mansilha, Figueiredo, Rui Pedro, Rocha, João Pinto, Luis Neves (Diogo Mendes, 75 min), Sousa (Rosinhas, 64 min), Diogo Ferreira (Rafa, 84 min).
Suplentes não utilizados: Rui Neves, Rúben, Henrique e Márcio.
Treinador: José Catalão.
Académico Viseu: Rui Pedro, Nuno Oliveira, Bruno, Jason, Ricardo (Marco, 84 min), Dani, João Ricardo, Mauro, Gui, Lucas (Tiago, 56 min), Rafael (Marcelo, 76 min).
Suplentes não utilizados: Leandro, Rui Loureiro e Pedro Costa.
Treinador: Pipo, Carlos Moreira e Filipe Pipo.

Cartão amarelo:
Infesta: Rocha (28 min), Nuno (32 min), Miguel (41 min), Rosinhas (76 min)
Académico Viseu: Lucas (23 min), Nuno Oliveira (39 min), Marco (90+ 3 min)
Árbitro: Ricardo Coimbra, Auxiliares: Nicolas Oliveira e Tiago Mendes.

Este é um jogo bastante importante para ambas as equipas juniores do Académico do Viseu e do Infesta.
Aos 3 minutos Luis aparece bem nas costas da defesa academista e Rui Pedro atento evita o golo. Três minutos depois Sousa aparece novamente bem e leva a bola a passar rente da barra academista.
Sobre os 10 minutos Miguel já de ângulo dificil quase que surpreende o guarda-redes academista. A equipa local está por cima do jogo, mas aos 12 minutos Dani em boa posição remata perto da baliza local.
Sobre os 15 minutos surge o golo numa jogada em que a bola aparece nas costas da defensiva academista e João Pinto aparece bem a fazer o golo inaugural.
A equipa local procura jogar nas costas da defensiva academista aproveitando a velocidade dos seus avançados, o que tem levado perigo à baliza defendida por Rui Pedro.
Sobre os 25 minutos boa jogada de Nuno Oliveira a centrar para o interior da área local, onde aparece Dani a cabecear para defesa atenta de Pedro. Os viseenses estão a reagir bem ao golo sofrido e tentam assumir o seu jogo.
Aos 35 minutos Guilherme e Rafael aparecem em boa posição mas não conseguem o remate para o golo. Boa ocasião para os academistas. Sete minutos depois na sequência de um livre João Ricardo remata forte à barra da baliza defendida por Pedro. Na sobra do lance a bola ainda chega a Nuno Oliveira mas que na opinião do trio de arbitragem se encontrava em fora de jogo. Um lance polémico e também um momento de infelicidade para os academistas.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial para o Infesta fruto de uma melhor entrada na partida, de onde resultou o golo.
Os academistas entram na segunda parte a pressionar tendo mais posse de bola mas caberia aos locais e melhor ocasião para marcar quando Rocha numa boa jogada individual aparece a rematar à barra da baliza viseense.
Aos 52 minutos numa boa jogada colectiva João Pinto aparece novamente no sitio ideal a marcar após remate de Luís Neves.
Tal como no primeiro golo os academistas reagem bem ao golo e aos 60 minutos Jason no interior da área ganha o lance para primeiro Rafael e finalmente Dani a rematar para colocar os academistas na procura de um resultado com pontos.
Seis minutos depois livre na ala direita do ataque academista marcado por João Ricardo para Dani aparecer ao segundo poste solto de marcação cabecear sem a melhor direcção.
O jogo esta mais equilibrado com ambas as equipas a procurarem não cometer erros fatais. Aos 73 minutos numa desatenção da defesa local a bola chega a João Ricardo que em boa posição não consegue o golo. Os academistas estão mais rematadores.
A partida esta em aberto mas sem grandes ocasiões para o golo.
No primeiro dos 6 minutos de compensação Gui aparece bem e em boa posição remata muito perto. Na resposta Figueiredo aparece bem a rematar valendo a defesa de Rui Pedro.
Chega-se ao final da partida com uma vitória da equipa local, num jogo bastante equilibrado onde o empate talvez se ajustasse melhor.
Arbitragem com dois critérios disciplinares distintos nas 2 partes mas que contudo esteve bem nos lances mais difíceis de analisar esteve bem. No lance na grande área local parece que a bola vai à mão do defesa local sem qualquer intencionalidade do mesmo.
Out: nervosismo academista. Os academistas mostram-se muito nervosos e na altura H não conseguem concretizar e com isso ficam mais longe das vitórias. Por vezes a bola parece picar e vendo-se a perder bem cedo os academistas sentiram em demasia a pressão do jogo e não conseguiram praticar o jogo que estes jogadores sabem.
Melhor em campo: Rocha. Foi o maestro da equipa local e que conseguiu delinear as jogadas de ataque do Infesta. O jogo passou muito por ele e pela sua boa leitura de jogo que criou muitos problemas aos academistas.

CAMPEÔES! Acredito em vocês e no vosso querer. Isso ainda nos vai dar aquilo que procuramos. É hora de ainda nos unirmos mais e remarmos em conjunto para levar o barco a bom termo. EU ACREDITO!

Outros resultados:
Beira Mar - Padroense 1:1
Salgueiros - Candal 1:0
Académica Coimbra - Paredes 3:1
Tourizense - Lourosa 5:1
Penafiel - Sabugal 6:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Penafiel121020361132
Académica Coimbra12100228930
Salgueiros12615181619
Padroense12534191118
Tourizense12534221518
Beira Mar12534242318
Paredes12525222117
Candal12525231817
Lourosa12417143213
Académico Viseu12336222612
Infesta1230922329
Sabugal1210118443

Aniversário Tiago


Hoje o Tiago, um dos jogadores dos Juniores do nosso clube faz anos.
És daqueles amigos que será eterno e que faz pensar que o futebol é bem mais que um mero jogo de chutos e pontapés.
Desejo-te que os teus sonhos se concretizem pois bem mereces! Sonhar é um passo para concretizar! E com a tua humildade, querer e trabalho vais lá.
Para sempre amigo...

Parabéns e tudo de bom CAMPEÃO!!





21 novembro 2011

Derby tombou para repesenses

Académico Viseu - Repesenses 1:2


NOTA: Gostava de solicitar uma ajuda na elaboração desta noticia! Quem tenha assistido ou tenha mais informações do mesmo, contacte-me para jorge.miguel.sa@gmail.com. Muito obrigado!

Outros resultados:
Mortágua - Pestinhas 0:2
Viseu Benfica - Crasto B 5:0
Pinguinzinhos - Lusitano Vildemoinhos 0:2
Mangualde - Penalva Castelo 0:2
Canas Senhorim - Campia 4:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos770033221
Canas Senhorim752013617
Molelos751113816
Viseu Benfica742116514
Pinguinzinhos741313513
Pestinhas741216913
Penalva Castelo73229511
Repesenses B832310911
Mangualde822414128
Mortágua72147167
Crasto B80267322
Académico Viseu70164141
Campia80175370

20 novembro 2011

Erros pagam-se caros

video
São Romão - Académico Viseu 2:2
Golos do Académico Viseu:
João Silva (8 e 33 min)
Académico Viseu: Miguel (Diogo ao 58 min), Ricardo, Rafael Barreiros, Renato (Rúben aos 58 min), Henrique (Bernardo ao intervalo), Alan, Marcelo, Rui Cardoso, Hugo, Benjamim e João Silva.
Suplentes não utilizados: David, Alex e Zé Pedro.
Treinador: Pardal

Depois de duas vitórias consecutivas o Académico de Viseu deslocava-se a casa do S. Romão com o firme propósito de continuar na senda dos triunfos. Foi com esta atitude que logo aos 8 minutos de jogo e na sequência de um livre marcado por Marcelo e queo guarda-redes serrano não consegue segurar a bola  João Silva mais rápido abriu o marcador.
Os academistas tinham mais tempo a bola respondendo o São Romão com alguns contra-ataques. Por volta dos 23 minutos de jogo uma desatenção de Alan que perde a bola para o avançado da casa em lugar proibido permite aos serranos empatarem o jogo.
Já a caminhar para o fim do primeiro tempo, Hugo escapa-se à defesa contrária e centra a bola aparecendo João Silva ao segundo poste que já quase sem ângulo consegue colocar o Académico de novo na frente do marcador.
Na sequência do golo Alan festeja o golo de forma exagerada junto do público local o que levou o árbitro a mostrar-lhe o cartão amarelo.
Chega-se ao intervalo com um resultado inteiramente justo, onde acontece um dos episódios mais negativos da partida quando os jogadores se encaminhavam para a zona dos balneários e pelo que nos foi transmitido um dos jogadores insultou Alan que reagiu da pior forma agredindo o mesmo jogador tendo o árbitro exibido o cartão vermelho e desta forma levar o Académico a jogar toda a segunda parte com dez jogadores.
Com menos um jogador o Académico jogou mais fechado no seu meio campo partindo sempre que possível para o ataque e teve duas oportunidades flagrantes para o conseguir quando aos 48 minutos Bernardo aparece desmarcado e atira às redes laterais já sem guarda-redes pela frente.
No minuto seguinte é Marcelo que num forte remate atira à barra. Foi o canto do cisne, pois na jogada seguinte e numa bola bombeada para a área academista os defesas não são lestos a tirar a bola e o São Romão empata.
Até ao fim do jogo e apesar de jogar com menos um jogador o Académico atacou mais e merecia outro resultado.
É de realçar a atitude dos nossos jogadores que jogando a segunda parte em inferioridade numérica bateram-se com valentia e mereciam outro resultado, havendo atitudes que não se podem ter pois quem sai mais prejudicada é a equipa.

Out: Mais uma vez o público local teve nota negativa, uma vez que passaram todo o jogo a provocar os jogadores academistas e a manifestarem de forma provocatória, entrando mesmo em campo no intervalo o que contribuiu para a exaltação dos ânimos. Atitude menos pensada de Alan que ao agredir um adversário foi em primeiro castigado e depois castigou a equipa obrigando a mesma a jogar 35 minutos em desvantagem numérica. Uma palavra de força para ti e que este acto te ajude a evoluir, pois com os erros também se deve aprender.

Outros resultados:
Núcleo Guarda - Beira Mar 0:3
Anadia - Taboeira 0:2
Repesenses - Oliveirense 0:1
Oliveira Frades - Gafanha 2:2
Sanjoanense - Estrelas Almeida 0:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Taboeira13112035535
Beira Mar131012381031
Gafanha1381425925
Sanjoanense13652201223
Oliveirense13724251723
Estrelas Almeida13634221721
Académico Viseu13553261420
Anadia1341882613
Repesenses1332871511
São Romão1322911298
Núcleo Guarda13211011297
Oliveira Frades13111114594

NOTA: Gostava de agradecer às ajudas do Sr Sidónio Silva e Débora Martins pelas informações e vídeos que me enviaram tornando assim a noticia mais agradável de se ler. Muito obrigado!

Primeira parte academista dita leis

video

Viseu Benfica - Académico Viseu 1:4
Golo Viseu Benfica: Ricardo (45 min)
Golos Académico Viseu: Josué (2 min), Raul (6, 25 min), Guilherme Melo (11 min)
Viseu Benfica: Pedro, João Coelho, David, Lage, Diogo, Bernardo Melo, Ricardo, Saraiva, Gonçalo Santos, João Correia, Márcio e José Carvalho.
Treinador: Carlos Coutinho.
Académico Viseu: Rodrigo, Rafa, Diogo, Tomás, Abreu, João Félix, Raul, Josué, Leandro, Melo, Miguel, José Félix.
Treinador: Xavier.

Os benjamins A academistas defrontam o Viseu Benfica. Começa bem o Académico Viseu que logo no segundo minuto viria a marcar com Josué a aparecer bem e com um remate forte bate Pedro.
Aos 5 minutos Leandro aparece em boa posição. No minuto seguinte Raul aparece bem na ala esquerda do seu ataque e desfere um bom remate que só para nas redes benfiquistas.
Guilherme começa a jogada com uma desmarcação para Raul que descobre Leandro que fica perto do golo. Aos 11 minutos momento de magia com Guilherme Melo a desferir um remate indefensável! Um golo de levantar os adeptos.
Os academistas dominam a partida e os benfiquistas não conseguem reagir e criar situações de real perigo para a baliza defendida por Rodrigo.
A equipa benfiquista consegue equilibrar a partida mas a melhor ocasião de perigo surge no minuto 24 quando José Félix sobe bem e cria o desequilíbrio e quando desmarca Raul este aparece em boa posição para desferir um bom remate. No minuto seguinte novo grande golo para os academistas com Raul a desferir um remate indefensável que também ele fica para recordar.
Primeira parte de muito bom nível dos academistas que entraram bastante pressionantes na partida e conseguiram mostrar o seu futebol.
Os benfiquistas entram bem na segunda parte e têm mais posse de bola mas a grande jogada de perigo surge aos 31 minutos quando após uma grande jogada de Raul que desmarca bem José Félix que com a baliza à sua mercê não consegue o golo.
A partida decorre sem grandes lances de perigo para ambas as áreas. Aos 45 minutos o Viseu Benfica viria mesmo a marcar na sequência de um canto com Ricardo mais alto que a defesa contrária e fazer o golo que reduz a vantagem academista.
Os locais estão a jogar melhor mas não conseguiram alterar o marcador com que se chega ao final da partida.
Vitória justa academista fruto de uma grande primeira parte num jogo onde a arbitragem se mostrou a bom nível sem grandes erros, onde ambas as equipas procuraram sempre jogar sem criar problemas a esta dupla.
Out: para se reflectir!
In:  fair-play. Como é bonito o futebol, quando jogado com enorme lealdade e onde se procura sempre mostrar o futebol de forma pura como estes jovens o fizeram ao lado dos 50 minutos desta partida. De destacar o final sempre bonito com que ambas as equipas se despediram dos adeptos que assistiram a esta partida.
Melhor em campo: Raul. Uma exibição muito lutadora e empenhada. Sempre na procura de estar no sitio certo e tentar o golo viu a sua exibição ser coroada com dois golos, sendo o ultimo de um bom recorte técnico. Foi a par de Guilherme Melo, os desequilibradores na equipa academista numa equipa que esteve bastante bem.



Outros resultados:
Dinamo Estação - Lusitano Vildemoinhos 3:5
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses440023512
Académico Viseu43011989
Lusitano Vildemoinhos420216186
Dínamo Estação41049203
Viseu Benfica40047230

video

Ofertas comprometem academistas


Académico Viseu - Repesenses 4:5
Golo Académico Viseu: Leonardo (23 min), João Pedro (31, 38 min), Rúben (51 min)
Golo Repesenses: Simão (2, 6 min), Nuno (8 min, pb), Vasco Almeida (9 min), Rodrigo (15 min)
Académico Viseu: Pedro, Leonardo, Nuno, Rúben, Miguel Tiago, Rafa, João Pedro, Daniel, Rúben Torres, David e Olavo.
Treinador: Tiago Santana.
Repesenses: Zé Mario, Vasco Cunha, Vasco Almeida, Guilherme, Simão, Rodrigo, João Manuel, João Norberto, Zé Pedro, Gonçalo, Pedro Amaral e Bruno Almeida.
Treinador: Fernardo e Luis Daniel.

Árbitro: Bruno Pedro e Nuno Silva.

Este é um derby citadino no escalão de sub-13: entre as equipas do Académico e . Aos dois minutos numa desatenção entre Pedro e Leonardo a bola sobre para Simão que aproveita e faz um golo simples. Três minutos depois novo golo viria a acontecer novamente por Simão que após boa defesa de Pedro bisa na partida.
No minuto seguinte bom centro de Rodrigo que é interceptado por Nuno que trai o seu guarda-redes.
O Repesenses sem estar a jogar ao seu melhor nível consegue aproveitar as fragilidades da defensiva e Vasco Almeida num remate vê o seu remate ainda tocar num defesa contrária e só parar nas redes academistas.
A resposta academista dá-se aos 12 minutos com um livre marcado por Miguel Tiago que obriga o guarda-redes repesense a boa defesa.
Dois minutos depois grande defesa do guarda-redes forasteiro a remate de Miguel Tiago que merecia outro desfecho.
Rodrigo bem desmarcado por Zé Pedro faz o golo que amplia a vantagem repesense à passagem do minuto quinze.
Aos 18 minutos Guilherme aparece em boa posição mas não consegue o golo após boa defesa de Pedro.
Cinco minutos depois os academistas viriam a marcar na sequência de uma grande penalidade a castigar mão do defesa forasteiro. Chamado a marcar Leonardo bate forte e reduz o marcador para os academistas. Aos 25 minutos bom remate de Guilherme a obrigar Pedro a boa defesa.
Chega-se ao intervalo com um resultado gordo para o Repesenses que castiga em demasia os erros que os academistas tiveram nos primeiros 10 minutos da partida.
Os academistas entram bem na segunda parte e viriam novamente a marcar logo no primeiro minuto. O golo aconteceu na sequência de uma grande penalidade, convertida da melhor forma por João Pedro.
Os academistas estão a jogar bem melhor que os primeiros 10 minutos e estão a criar situações mais perigosas para a baliza repesense.
Na resposta Simão por duas vezes leva o perigo à baliza defendida por Pedro. Na resposta aos 36 minutos Leonardo remata para defesa fácil de Bruno Almeida.
Dois minutos depois os academistas viriam mesmo a marcar numa boa jogada de Rúben que centra bem para João Pedro aparecer e fazer o golo que premeia a boa reacção academista.
Aos 40 minutos João Norberto obriga Pedro a nova grande defesa a evitar o golo forasteiro. Dois minutos depois novamente João Norberto vê o seu remate bater com estrondo na barra da baliza academista.
Aos 44 minutos grande ocasião para os academistas quando Rúben aparece bem a rematar com muito perigo à baliza defendida por Bruno Almeida.
A resposta forasteiro dá-se dois minutos depois com João Norberto a rematar num livre com muito perigo à baliza academista. O mesmo jogador fica perto de marcar num remate muito perto da baliza defendida por Pedro. No minuto seguinte é a vez de Simão ver o seu cabeceamento bater com estrondo no poste da baliza academista.
Aos 50 minutos novo golo para os academistas quando numa disputa de bola entre dois defesas repesenses e Rúben, este ganha o lance e faz o golo que anima ainda mais os locais. Que grande atitude!
Ambas as equipas procuraram o golo até ao apito final da partida mas não conseguiram fazer trabalhar mais nenhuma vez o marcador da partida.
Resultado penalizador para os academistas que entrando bastante nervosos deram erros em demasia que depois com uma enorme atitude quase conseguiram atenuar com 40 minutos de enorme qualidade.


Out: erros defensivos madrugadores. Foram 15 minutos iniciais onde tudo correu mal aos academistas e onde a forte e madura equipa repesense mostrou ser letal perante as ofertas dadas pelos jogadores academistas.Cinco golos sofridos de uma forma algo precipitada não deu margens a um resultado com pontos.
In: atitude academista. Vendo-se a perder por 5-0 nos primeiros 15 minutos os academistas poderiam ter baixado os braços mas isso não aconteceu. Com uma atitude guerreira e de muita entrega os academistas foram pressionando os seus adversários e mesmo marcando criando dificuldades a uma boa equipa repesense. Como tinha referido no ultimo jogo lutar deixa-nos sempre mais perto de uma poissível vitória e isso foi o que se assistiu apos uma entrada menos positiva. Quando se luta e se perde resta-nos sair de cabeça bem levantada pelo que se fez.
Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Viseu Benfica 2:0
Ranhados - Casa Benfica Viseu :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu 2001651038816
Lusitano Vildemoinhos642028614
Repesenses6411351213
Viseu Benfica630340109
Casa Benfica Viseu510412153
Académico Viseu
610518313
Ranhados50052910

19 novembro 2011

Pinguins mais maduros vencem academistas

 
Académico Viseu - Pinguinzinhos 1:3
Golos Académico Viseu: Rúben Torres (59 min)
Golos Pinguinzinhos: Bernardo (3, 57 min), Rúben Torres (39 min, pb)
Académico Viseu: Rodrigo, Pedro Ferreira, Rúben Torres, Diogo, Pedro, Francisco, Rúben, Roldão.
Treinador: Vasco.
Pinguinzinhos: Diogo Rodrigues, Fábio Coimbra, Diogo Ribeiro, João Gomes, Francisco Melo, Eurico Leitão, Bernardo, Rodolfo, Fábio Penha, Pedro Sousa.
Treinador: Paulo Coelho e Hélder Pereira.

Os infantis sub 12 academistas tinham os Pinguinzinhos como adversário em mais um jogo no seu campeonato. Os forasteiros entraram bem na partida e logo no terceiro minuto viriam a marcar na sequência de uma grande penalidade a castigar uma falta no interior da sua área, após uma desatenção da defensiva local. Chamado a marcar Bernardo remata bem e bate Rodrigo, abrindo assim o marcador a favor dos forasteiros.
Aos 6 minutos canto bem marcado por Bernardo com Rodolfo a surgir bem ao segundo poste mas sem conseguir o melhor remate.
A resposta do Académico daria-se aos 10 minutos num remate de Diogo para defesa fácil de Diogo Rodrigues.
Três minutos depois Rúben tem uma boa jogada individual a centrar bem para Roldão não conseguir o remate que resulte no golo do empate.
A partida estava equilibrada e ambas as equipas procuravam o golo e aos 18 minutos Rodolfo após boa jogada colectiva remata bem mas leva a bola a passar longe da baliza local.
Sobre os vinte minutos primeiro Bernardo e depois Rodolfo obrigam Rodrigo a boas defesas a evitar o ampliar do marcador a favor dos academistas. Já sobre o apito para o intervalo Bernardo novamente coloca à prova Rodrigo que responde a bom nível.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos forasteiros que foi a melhor equipa nesta primeira parte.
Os academistas entram melhor na segunda parte com Rúben a empurrar os locais para terrenos mais ofensivos.
Todavia aos 36 minutos é novamente Bernardo a rematar forte e obriga Rodrigo a nova boa defesa. Dois minutos depois os Pinguinzinhos quase que marcam quando após um cruzamento de Eurico Leitão a bola passa perto da baliza e ainda bate em Pedro que quase atraiçoa o seu guarda-redes.
Contudo no minuto seguinte os academistas viriam mesmo a ser infelizes quando num corte de Rúben Torres a bola encaminha-se para a sua baliza, com Rodrigo a defender bem mas sem conseguir evitar que a mesma não pare nas suas redes. Fica a dúvida se a bola ultrapassa por completo a linha fatal em mais um lance contestado.
A resposta academista dá-se 6 minutos depois com Rúben a rematar perto da baliza forasteira. A resposta santacombadense dá-se no minuto seguinte quando Francisco Melo remata forte e obriga Rodrigo a nova boa defesa.
O guarda-redes assumia-se como uma das figuras do jogo e aos 55 minutos faz mais uma boa defesa a remate de Diogo Ribeiro. No minuto seguinte boa jogada de Rúben que centra bem para Rúben Torres aparecer a rematar muito perto da baliza forasteira.
Aos 58 minutos os Pinguinzinhos viriam mesmo a marcar quando após uma bola perdida no interior da sua área Bernardo aparece bem a bisar na partida para gáudio dos seus adeptos.
Já sobre o apito para o término da partida os academistas viriam a alcançar o justo golo num remate forte e de belo efeito de Rúben Torres. Chega-se ao final da partida com uma vitória justa forasteira onde contudo os academistas mostraram-se melhor do que nos últimos jogos e realizaram uma exibição colorida e muito empenhada frente a uma forte equipa dos Pinguinzinhos.
Má arbitragem.
Out: arbitragem. Acumulou bastantes erros para ambas as equipas, sendo o pior elemento em campo. Condicionado por actuar sozinho errou em vários lances não mantendo o critério igual na avaliação do mesmo tipo de lance em momentos de jogo distintos.
In: jogo atacante de ambas as equipas. Jogo aberto onde ambas as equipas as equipas procuraram sempre o golo e que resultou em 4 golos. Os jogadores tentaram sempre os remates mas os guarda-redes de ambas as equipas ainda evitaram um maior número de golos, num jogo bastante disputado e que cativou o publico existente.
Melhor em campo: Bernardo e Rodrigo. Bernardo foi um jogador inteligente e mostrou ser uma grande mais valia na equipa forasteira. Com uma boa leitura de jogo soube criar sempre muito perigo com os seus remates ou desmarcações para os seus colegas. Uma exibição premiada com dois golos que contribuíram para a vitória da sua equipa. Do outro lado Rodrigo foi sempre um enorme muro e com um punhado de grandes defesas conseguiu evitar o ampliar do marcador para os forasteiros. Uma exibição muito atenta e corajosa de um guarda-redes jovem.
Outros resultados:
Viseu Benfica - Crasto 1:2
Repesenses - Santo André 9:1
Oliveira Frades - Dínamo Estação 2:1
Penalva Castelo - Pestinhas 1:5
Viriatos - Viseu 2001 2:3
Nelas - Lusitano Vildemoinhos 3:7
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto651015216
Pestinhas550035315
Viseu 2001642021914
Pinguinzinhos641128813
Lusitano Vildemoinhos641118713
Repesenses641120613
Penalva Castelo622213118
Santo André52128197
Viseu Benfica620421156
Oliveira Frades61147214
Académico Viseu61059263
Dínamo Estação61058243
Nelas61059373
Viriatos60066300