31 outubro 2009

Superioridade dita vitória

Académico Viseu - Silgueiros 8:1
Golos Académico Viseu: Ferreirinha 4, Lobo, Jorge 2 e Alécio.
Académico Viseu: Tony, Tiago, Melo, Regueira, Jorge, Alécio, Leandro, Lobo, Vitinho, Ferreirinha e Nicolau.

Os juniores academistas tinham neste jogo, uma óptima oportunidade para darem a volta a um resultado menos positivo. O adversário era o Silgueiros que procurava uma vitória que os afasta-se dos academistas.
Contudo os jovens comandados por Sérgio Nunes mostraram que não estavam para brincadeiras e cedo começaram a marcar atingindo uma goleada que lhe permite cavalgar alguns lugares na tabela classificativa.

Outros resultados:
Povoenses - Mortágua 0:3
Campia - Viseu Benfica 0:6
Repesenses - Nelas 4:0
Mangualde - Ranhados 2:0
Molelos - Tondela 2:2
Cabanas Viriato - Santar 2:1


Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Viseu Benfica440019112
Repesenses4310104

10

Tondela4220137

8

Mortágua3201746
Académico Viseu32011446
Ranhados4202776
Nelas42025106
Silgueiros42025156
Molelos3120945
Mangualde4112894
Cabanas Viriato3102373
Santar4022792
Povoenses400

4

3140
Campia40042170

Depois de abre latas a goleada

Vouzelenses - Académico Viseu 0:8
Golos Academico Viseu: Zé Henrique (23, 30, 43 e 47 min) Diogo Pereira (27 e 38 min), Micael ( 67 e 76 min)

Vouzelenses: Lino, Sérgio, Rui Pedro, Chaves, César, Luís, Davide (Fábio, intervalo), Gustavo (Ferreira, 51 min), Cortenhal, Pedro e Sequeiro (Cabral, 63 min).
Treinador : Marco
Académico Viseu: Rui Pedro, Luis Pedro, Nuno, Rui Loureiro, Paulo Renato, Dani, Guilherme (Micael, 49 min) , Mauro (Mica, 49 min), Zé Henrique (Tiago, 56 min), Zé Pedro, Diogo Pereira.
Suplentes não utilizados: Renato.
Treinadores: Pipo, Nuno Gualter, Filipe Pipo.

Cartão amarelos:
Vouzelenses: david (27 min), Luís (33 min) e Fábio (44 min).
Académico Viseu:
Paulo Renato (27 min), Mauro( 31 min) e Guilherme (49 min).
Árbitro:Joel Portelada, Auxiliares: André Martins e David Monteiro.

Este foi um desafio disputado num excelente e bem tratado pelado embora de reduzidas dimensões. Frente a frente duas equipas que vinham de duas vitórias moralizadoras. O Académico de uma goleada em casa frente ao Drizes e o Vouzelenses uma vitória importante fora de casa.
A primeira parte foi disputada num ritmo um pouco apático por parte da equipa do Académico talvez confiando que um ou 2 golos fossem suficientes para apresentarem o trabalho feito e desta forma embora tenham atingido o intervalo com um score alargado a sua exibição estava um pouco longe do que estes jovens já nos têm habituado.
Com efeito, o descanso terá sortido o efeito desejado pelo tecnico da equipa do Academico e a equipa surgiu mais solta, mais alegre, com maior pressão e velocidade não dando espaço nem tempo para a equipa dos Vouzelenses poder dar resposta.
Embora o número de golos alcançado tenha sido igual ao da 1ª parte não restaram dúvidas duma exibição mais convincente nos últimos 40 minutos.
Com esta vitória gorda os jovens academistas continuam no topo da tabela classificativa de mão dada com o surpreendente São João da Pesqueira, mas onde a maior diferença entre golos dá à turma academista o posto cimeiro.


Outros resultados:
São João Pesqueira - Viriatos 4:1
Drizes - Penalva Castelo 3:1
Vilamaiorense - Cracks 1:2
Cinfães - Oliveira Frades 6:4
Castro - Resende 5:0

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu3300181

9

São João Pesqueira3300112

9

Cracks Lamego3210837
Castro3201856
Cinfães32011066
Oliveira Frades31111284
Viriatos3102363
Vouzelenses31022123
Drizes31023103
Penalva Castelo31023103
Vilamaiorense3003360
Resende30030120

Infantis Goleadores


Académico Viseu - Travanca 10:0
Golos Académico: Rui 3, Guilherme Costa 3, Pedro Pais, Rúben, Tiago Guerra e Bernardo.
Académico Viseu: Rui Pedro, Daniel Tavares, Rúben, Guilherme Lopes, Rui, Miguel Ângelo, Guilherme Costa, Pedro Pais, Denis, Bernardo, Tiago Guerra e Alexandre.

Os Infantis B academistas, tinham mais um jogo que poderia confirmar o bom Campeonato até agora realizado. Pelo outro lado estava uma equipa que procurava um melhor futebol que lhe permitisse conquistar os seus primeiros pontos nesta fase.
Dominando a partida desde o início os academistas foram apertando o cerco à defensiva contrária e os golos foram surgindo e pintando um marcador que se reveste em tons de goleada.
Com este resultado o Académico continua no topo da sua série premiando o Campeonato que está a realizar.

Outros Resultados:
Drizes - Casa Benfica Viseu 0:1
Viseu Benfica - Ranhados 5:1

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu541029413
Viseu Benfica5401296

12

Casa Benfica Viseu431017410
Repesenses310244

3

Drizes3102563
Ranhados410311183
Lusitano Vildemoinhos30031180
Travanca30030360

28 outubro 2009

Votação - JÁ OPERACIONAL

O nosso blog vai entrar numa votação para escolher o melhor blog de clubes da 2ª Divisão.
São 8 blogs que estão a votos de outros tantos clubes, no caso Gondomar, Ribeirão, Moreirense, Tirsense, Boavista, Lousada, Vieira e o NOSSO ACADÉMICO.


Fica aqui uma breve descrição dos mesmos

GONDOMAR SC (WWW.GONDOMARFUTDREAM.COM) - O Site "GondomarFutDream.com" foi criado em 15/08/2008 e tem até 3/10/2009 - 48191 visitas. É dedicado á equipa de Iniciados B do Gondomar SC que disputa a 2ª divisão da associação de futebol do Porto, mas também é possivél encontrar informação referente ás restantes equipas do Gondomar SC. Está ainda disponivél um jogo de membros do site através de registo que consiste em adivinhar os resultados dos jogos do campeonato dos Iniciados da 2ª divisão série 6 da AFP. O administrador do blog é Luis Pereira.

GD RIBEIRÃO (WWW.GDRIBEIRAO.BLOGSPOT.COM) - Este blogue de apoio ao Ribeirão foi criado em Março de 2007, já ultrapassou a fasquia das 75 mil visitas e já publicou mais de 315 artigos. Caracteriza-se por apresentar, de forma actualizada, noticias, resultados e classificações de todas as equipas do GD Ribeirão, desde os séniores aos escolinhas. O administrador deste blog é Ruben Gomes.

ACADÉMICO DE VISEU (http://www.academico.blogspot.com/) - Este blog dispõe de informação sobre as Camadas Jovens do Académico de Viseu, clube que disputa o campeonato nacional da II divisão zona centro. Nasceu a 31 Agosto de 2003 e visa dar voz aos jovens jogadores que muita das vezes não têm a notariedade que tanto merecem. O blog foi crescendo e actualmente recebe mais de 100 visitas diárias. Para além disso periodicamente faz-se entrevistas com os diversos jogadores e que desta forma permitem ao leitor conhecer melhor os potenciais craques. O administrador deste blog é Jorge Sá.

MOREIRENSE FC (WWW.MOREIRENSE1938.BLOGSPOT.COM) - Criado em Junho deste ano e conta com mais de 1200 visitas. Possuí um forúm, onde através de registo, o utilizador pode dar a sua opinião sobre os diversos temas que estão em debate. O administrador deste blog é Sandro Oliveira.

FUTEBOL CLUBE TIRSENSE (WWW.FUTEBOLCLUBETIRSENSE.BLOGSPOT.COM) - Este blog caracteriza-se por ser um blog não oficial, de informação, debate e divulgação do F.C. Tirsense. Foi criado a 19 de Agosto deste ano e tem mais de 20000 visitas. O administrador é João Maia.

THE BOAVISTA FOOTBALLERS (WWW.THEBOAVISTAFOOTBALLERS.BLOGSPOT.COM) - Criado em Maio de 2009, este blog disponibiliza toda a informação existente sobre o Boavista em todos os escalões e modalidades. Possuí forúm para todos os seus visitantes e conta com mais de 11 mil visitas. O administrador do blog é Pedro Calisto.

O BLOGUE DO LOUSADA "ORGANIZADOR" (WWW.OBLOGUEDOLOUSADA.BLOGSPOT.COM) - Com apenas 15 meses de existência, o Blogue do Lousada orgulha-se de ser a principal referência do clube na Internet. O número de visitas é um dos muitos testemunhos da grande afluência de visitas que este espaço tem recebido, contabilizando mais de 41000 visitas. Até ao momento, foram publicados 332 artigos, que obtiveram 866 comentários como resposta.

Desta forma caso queiras votar e ajudar que o nosso tenha boa prestação vai a um destes (ou a todos, LOL) e vota no nosso, pois aqui no nosso como é lógico não se pode votar em nós próprios. No nosso poderás escolher qualquer um dos outros, na votação que aparece aqui ao lado-->.
Faz deste teu blog um dos melhores. Força ai campeões!

27 outubro 2009

Dois jogos, dois resultados distintos

Penalva Castelo - Académico Viseu 3:5
Golos Académico: Morgado (3); Gonçalo Leitão (1) e Jogador do Penalva na P.B. (1).

As escolas A tinham uma deslocação sempre dificil ao terreno do Penalva do Castelo.
Como se previa foi um jogo de toada atacante de ambas as equipas procurando uma vitória que lhes permitisse uma subida na tabela classificativa
A vitória acabaria por sorrir aos academistas que desta forma assumem a perseguição ao líder Estrela de Mondego que possui mais um ponto que os academistas mas também com mais um jogo.

Outros resultados:
Viseu Benfica B- Estrela Mondego 3:5
Ferreira Aves - Mangualde 1:5

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Estrela Mondego32101077
Académico Viseu2200164

6

Sátão2110544
Mangualde2101863
Penalva Castelo2011571
Ferreira Aves201148

1

Viseu Benfica20024160



Académico Viseu - Dinamo Estação 1:3
Por sua vez, a equipa escola B academista, tinha mais um derby com a aguerrida e tecnicista equipa do Dinamo de Estação. Foi um jogo equilibrado decidido em pormenores e esses ditaram uma vitória para os dinamistas.

Força aí campeões!

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Castro 14:1
Repesenses - Viriatos 1:3
Ranhados - Viseu Benfica 0:5

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Lusitano Vildemoinhos33002519
Viriatos33001429
Viseu Benfica3201111

6

Ranhados311147

4

Dinamo Estação31115134
Repesenses31024103
Académico Viseu 3003190
Castro30033240

NOTA: Gostava de novamente pedir o favor de que se alguem assistiu a estes jogos me mande informações do mesmo. Para o meu mail jorge.miguel.sa@gmail.com, ou comentando aqui.

26 outubro 2009

Desequilibrio nos minutos finais

Repesenses - Académico Viseu 0:2
Golos Académico Viseu: Rui 2

Académico Viseu: Alexandre, Miguel Ângelo, Guilherme Lopes, Guilherme, Tavares, Rúben, Tiago Guerra, Rui, Rui Pedro, Denis e Pedro Pais.
Treinador: Simão

Os infantis B, tinham mais um derby neste jogo, com a aguerrida equipa do Repesenses.
Foi um jogo bastante equilibrado e onde ambas as equipas procuraram atingir o seu desidrato: o golo. Mas isso só viria mesmo a acontecer na entrada dos 5 minutos finais., com um golo de Rui.
O mesmo jogador viria ainda a bisar carimbando o resultado final que permite aos jovens academistas assumir de forma isolada o topo da tabela classificativa da sua série

Outros Resultados:
Travanca - Viseu Benfica 0:16
Lusitano Vildemoinhos - Drizes 1:3

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu330019410
Viseu Benfica3301245

9

Casa Benfica Viseu32101647
Repesenses310244

3

Drizes2101553
Ranhados310210133
Lusitano Vildemoinhos30031180
Travanca20020260

25 outubro 2009

Grandes

Oliveirense - Académico Viseu 1:3
Golo Oliveirense: Pedro (30 min)
Golos Académico Viseu: Rui Sérgio (25 e 62 min) e Guilherme Moita (69 min).

Oliveirense: Mesquita, Coelho, Rodrigo, Correia, Sousa, Fazenda, Suarez, Luís (Emídio, 60 min), Emanuel (Sérgio, 28 min), Pedro e André Pinto (Nuno, 42 min)
Académico Viseu: Pedro, Alexandre, Diogo, Stefane, João, Frederico (Gonçalo Pipo, 44 min), Rui Sérgio, Rui Pedro, Rui Filipe (Guilherme, 46 min), Márcio e Flávio (Tiago, 42 min)

Os iniciados academistas após um final de semana conturbado que envolveu a saida do técnico João Costa, tinham uma deslocação sempre dificil a Oliveira de Azemeis para defrontar a equipa local.
Os jovens academistas entraram bem na partida e viriam a marcar por Rui Sérgio, um goleador que tem feito estragos nas defensivas contrárias. A turma academista continuava a sua pressão mas viria a sofrer o empate numa grande penalidade.
Chegava-se ao intervalo com um empate que castigava em demasia os academistas face aos acontecimentos passados.
Contudo os academistas regressaram do balneário com um espírito guerreiro e de união de forma a conseguir um bom resultado e viriam a conseguir novo golo com o bisar de Rui Sérgio.
Com um bom futebol os academistas viriam ainda a marcar novamente já no período de descontos por Guilherme Moita, premiando da melhor forma um grande jogo destes campeões que souberam unir-se e mostrar a força de um grupo e vencer tudo o que se passou nesta semana.

Outros resultados:
Beira Mar - São Romão 4:0
Mangualde - Estação 3:0
Repesenses - Marialvas 0:1
Taboeira - Vildemoinhos 4:1
Águeda - Tourizense 0:2

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Beira Mar770028121
Académico Viseu760121718
Taboeira7511157

16

Marialvas741213813
Repesenses74031011

12

Tourizense7313151010
Oliveirense73138510
Mangualde7304979
São Romão73045119
Lusitano Vildemoinhos71064223
Águeda71064263
Estação70073200

24 outubro 2009

Goleadores


Académico Viseu - Drizes 8:0
Golos Academico: Gui (3 e 73 min), Dani (20 min), Diogo Pereira( 22 min), Zé Henrique (28 e 52 min), Zé Pedro(35 min) e Micael (77 min) .

Academico Viseu: Rui Pedro, Luís Pedro (Mica, intervalo), Nuno, Rui Loureiro, Paulo Renato (Tiago Almeida, 62 min), Dani, Guilherme, Mauro, Zé Henrique (Micael, 55 min), Zé Pedro e Diogo Pereira.
Suplentes: Renato, Daniel e Guilherme Batista .
Treinador: Pipo, Nuno Gualter e Filipe Pipo.
Drizes: Figueiredo, Gonçalo, Tiago, Fonseca (Francisco, 65 min), Silva, Carlos, Rafael, João Pedro Ricardo, 55 min), Stephane, Marcio e Pinto.
Suplentes não utilizados: Tózé, Cesar, Ruslan e Ricardo.
Treinador: Carlos Daniel

Cartão amarelo: Rafael (45 min) e Dani (65 min).
Arbitros: Pedro Saraiva, Auxiliares: Gonçalo Araujo e Catarina Araujo.

Os juvenis academistas tinham mais um jogo no ampeonato, onde procuraram a vitória de forma a consolidar a sua boa posição na taela classifictiva.
Foi um jogo de sentido único onde ficaram bem expressas as enormes diferenças do potencial das 2 equipas, disso atesta o resultado volumoso que se verificou no final da partida .
Não deixa de ser curioso, que pertenceu ao Drizes a melhor oportunidade do início do desafio, com um remate bastante perigoso no 1º minuto de jogo.
Da mesma forma, a entrada na 2ª parte foi idêntica com uma jogada tipica de contra ataque quase a surpreender o último reduto da equipa da casa.
O resumo do jogo pode ser feito com o filme dos golos que se foram sucedendo, ficando de permeio, mais algumas excelentes oportunidades que não foram concretizadas, ora por falta de perícia ora pela intervenção do sector mais recuado do Drizes .
Parabens às duas equipas pelo espectaculo proporcionado e pela correcção e fair play demonstrados .
Trabalho positivo, actuando disciplinarmente nos lances em que tal foi necessário de forma correcta.
Outros resultados:
São João Pesqueira - Castro 4:1
Viriatos - Vouzelenses 1:2
Penalva Castelo - Vilamaiorense 2:1
Cracks Lamego - Oliveira Frades 2:2
Cinfães - Resende 3:0

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu2200101

6

São João Pesqueira220071

6

Oliveira Frades2110824
Cracks Lamego2110624
Castro2101353
Vouzelenses2101243
Penalva Castelo2101273
Cinfães2101423
Viriatos2101223
Vilamaiorense2002240
Resende2002070
Drizes2002090

2 parte irreconhecível dita derrota


Mortágua - Académico Viseu 3:2
Golos Mortágua: Diogo (13 min), Santana (70 min) e Miguel (78 min)
Golos Académico: André Sobral (17 min) e Vitinho (33 min)

Mortágua: Kiko, Mauro, Bruno Baptista, Roberto, Rui Magalhães, Bruno Resende, Diogo (Rafael, 63 min), Barras, Santana (Joni, 90 min), Rui Pereira (Miguel, 77 min) e Hugo.
Suplentes não utilizados: Joel, Filipe, Ângelo e Ricardo.
Treinador: Abílio.
Académico Viseu: Cunha, André Sobral, Melo, Regueira, Jorge, Leandro, Vitinho, Alécio (João Rebelo, 67 min), Nicolau (Tiago, 88 min), Ferreirinha, Lobo (Fábio, 77 min).
Treinador: Sérgio Nunes.

Cartões Amarelos:
Mortágua: Bruno Baptista (14 min), Diogo (20 min), Barras (45 min) e Hugo (90+1 min)
Académico Viseu: Jorge (16 min), André (60 min), Ferreirinha (90+2 min)
Cartões Vermelhos:
Mortágua: Kiko (após fim do jogo)
Académico Viseu: André Sobral (86 min), Cunha (após fim do jogo)
Árbitro: Luis Ramos, Auxiliares: António Barros e Jorge Ramos (AF. Viseu)

Este jogo colocava em confronto duas equipas que tinham obtido resultados antagónicos na sua primeira jornada neste escalão de Juniores. O Académico vinha de uma vitória robusta em Cabanas de Viriato e o Mortágua de uma derrota tangencial no terreno do Viseu Benfica e desta forma ambas procuravam nova vitória.
Entrou melhor o Académico que logo no segundo minuto teve um lance de periogo quando Ferreirinha bem desmarcado por Nicolau não consegue o remate fatal. Na jogada seguinte novamente Ferreirinha fica perto do golo. Era o Académico que carregava e aos 10 minutos Vitinho tem uma boa jogada, conseguindo desmarcar Nicolau que roda bem e leva a bola a rasar o poste da baliza local.
Contra a maré do jogo seria o Mortágua que no seguimento de um canto marcado por Santana a bola sobra para Diogo que aproveita uma má saida de Cunha e perante a apatia da defesa academista empurra para o golo inaugural.
A resposta é pronta pelos academistas e num cruzamento Bruno Baptista intercepta o mesmo com o braço. Chamado a marcar Ferreirinha permite a defesa a Kiko.
Todavia o mesmo jogador aos 17 minutos tem uma boa jogada individual entrando pela área contrária e tenta o remate que bate caprichosamente no poste e se dirige para André Sobral que faz o merecido golo do empate.
A partida entrava numa toada mais equilibrada com ambas as equipas a lutarem muito mas sem grandes lances de perigo e onde as picardias iam aumentando de volume sem a devida punição do árbitro.
Só aos 32 minutos é que se viria a ter momentos de emoção quando num bom ataque conduzido por Lobo pela ala direita do seu ataque para Vitinho aparecer e fazer o golo que permitia ao Académico dar a cambalhota no marcador.
Com este golo o Académico de Viseu controlava o jogo e onde o Mortágua procurava responder em rápidos contra-ataque. Todavia aos 37 minutos o Académico voltaria a marcar por Lobo, mas cujo lance muito rápido seria anulado pelo auxiliar de Luis Ramos a castigar um eventual fora de jogo. Já sobre o intervalo bom lance de Nicolau que descobre Ferreirinha que remata para boa defesa de Kiko.
Chegava-se ao intervalo com uma vitória justa academista que premiava a sua melhor exibição e que até pecava por escasso.
Contudo a segunda parte iria reservar um Mortágua mais atrevido e a procurar pressionar mais os academistas que tiveram uma segunda parte irreconhecível. Contudo seria novamente o Académico que teria uma ocasião de golo quando Lobo já no interior da área tenta o remate acrobático que saiu fraco.
Aos 65 minutos surge a grande ocasião de golo quando Alécio é bem desmarcado e perde algum tempo para o remate fatal, desperdiçando assim soberana oportunidade para dar maior tranquilidade às hostes academistas. Com o tempo o Mortágua foi crescendo e empurrando os academistas para terrenos mais atrasados e aos 56 minutos Hugo marca bem o canto e obriga Cunha a boa defesa.
Contudo o Mortágua em novo canto aos 70 minutos, viria a marcar quando Cunha não consegue o melhor alívio no cruzamento deixando a bola para Santana que faz o golo do empate.
A resposta academista viria a acontecer 3 minutos a seguir quando Ferreirinha sobe bem pela ala direita centrando bem para Rebelo que em boa posição não consegue de forma incrível o remate.
Era a vez do Mortágua acreditar e aos 75 minutos centro puxado de Mauro que obriga Cunha a boa defesa. Contudo aos 79 minutos Hugo tem um bom lance pela esquerda do seu ataque vencendo dois defesas academistas e sobre a linha final centra atrasado para Miguel recém-entrado rematar e dar a cambalhota no resultado.
Aos 85 minutos Ferreirinha tem uma boa jogada individual desmarcando Nicolau que em boa posição não consegue o golo.
Até ao final da partida o Académico procurou mais com o coração do que com a cabeça o empate mas que não conseguiu obter.
Arbitragem com um critério técnico muito lato que por vezes cria problemas e situações de tensão tal como aconteceu neste jogo. A nível disciplinar não soube controlar os lances de maior virilidade e que roçavam a violência. Teve influência no resultado final com o golo mal anulado aos academistas, pois Lobo ao rematar estava atrasado em relação ao cruzamento de André Sobral. Por fim novo lance onde ficou dúvidas desta vez num ataque local onde nos parece ter sido mal assinalado um fora de jogo quando o avançado local já se iria dirigir para a baliza de Cunha. Uma má arbitragem!

Out: violência final. Este foi um jogo marcado por picardias quer dentro quer fora e as situações foram-se avolumando sem as devidas correcções das entidades mais competentes. Desta forma as cenas finais são um triste resumo do que se assistiu nesta partida e acabar um jogo que deve ser uma festa com violência não pode deixar ninguém feliz. Como se diz infelizmente o futebol por vezes é o tubo de escape de muitas situações negativas vividas durante uma semana e que tornam desta forma este desporto menos belo. REFLECTIR é preciso!

NADA TERMINOU, CAMPEÕES! FORÇA AI!!!


Outros resultados:
Santar - Molelos 2:2
Tondela - Mangualde 5:3
Silgueiros - Cabanas Viriato 2:1
Ranhados - Repesenses 1:2
Viseu Benfica - Povoenses 6:0
Nelas - Campia 3:0

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Viseu Benfica33001319
Tondela3210115

7

Repesenses321064

7

Ranhados3201756
Nelas3201566
Silgueiros3201476
Molelos2110724
Mortágua2101443
Académico Viseu2101633
Santar3021672
Mangualde3012691
Cabanas Viriato2002160
Povoenses300

3

3110
Campia30032110

Infantis categóricos

Sátão - Académico Viseu 1:4
Golo Sátão: Rafa (34 min)
Golos Académico Viseu: João (8 min, pb), Marcelo (21 e 36 min), Hugo (60 min)

Sátão: Luis Faro, Pedro Barros, Paródias, Bernardo, Chico, João, Rafa,Diogo, Ricardo Fotobela, Carlos Filipe, Bruno Oliveira e Luís Rafael.
Treinador: Paulo.
Académico Viseu: Miguel, Carlos Santos, Rafael Barreiros, Gonçalo Sousa, Zé Pedro, João Silva, Rui Cardoso, Rui SIlva, Hugo, Marcelo, Leo e Diogo.
Treinador: Júlio.

Este era um jogo que colocava frente a frente as duas equipas que estavm em primeir lugar na sua série do Campeonato de Infantis. Com duas vitórias em dois jogos, ambas as equipas entravam na partida com o firme propósito de vencer e assim assumi o topo da tabela.
Começou melhor o Académico, mais pressionante e a dominar as investidas à área contrária e viria a marcar à pssagem do minuto 8 quando Gonçalo Sousa tem um centro tenso com João na tentativa de aliviar a bola, toca mal nela e trai o desamparado Luis Faro.
Estava feito o golo inaugural e o Sátão responde logo de seguida quando Rafa marca bem um livre para o interior da área e João aparece sem marcação para não ter o melhor remate.
Era o melhor período da turma local e aos 14 minutos surge a melhor ocasião para o empate quando João lança Bernardo que numa boa jogada ultrapassa dois defesas contrárias mas frente a Miguel, obriga este a uma grande defesa.
Aos poucos o Académico consegue assumir o seu jogo e aos 18 minutos primeiro Hugo e depois Leo obrigam Luis Faro a duas boas defesas.
Pouco passava dos 21 minutos quando João tem uma perca de bola em zona proibitiva e a bola sobra para Marcelo que com tempo remata cruzado ampliando assim a vantagem academista.
Já perto do apito para o intervalo Hugo tem uma boa jogada individual e remata bem para Lui brilhar evitando assim novo golo academista.
Chegava-se ao intervalo com uma vitória justa academista face ao seu dominio na primeira parte.
A segunda parte começava como acabou a primeira com Hugo a travar mais um duelo com Luis Faro e a ter um bom remate que obriga o guarda-redes local a nova boa defesa. Dois minutos a seguir jogada de enorme confusão na área academista com Bruno Oliveira a surgir caido na área após toque da defensiva academista. Fica a dúvida se o toque é suficiente para a falta, mas em cima do lance o árbitro manda assinalar grande penalidade. Chamado a marcar Rafa remata forte e bate Miguel que ainda adivinha o lado.
Todavia o Académico não sente este golo sofrido e no minuto a seguir viria a marcar quando João tem um bom cento e Marcelo ao 2º poste aparece bem e empurra a bola para a baliza contrária.
Com este golo o Sátão tenta reagir onde Rafa asume o papel primordial e por duas vezes tem bons remates para defesas atentas de Miguel. Contudo o Académico a partir dos 15 minutos assume por completo o jogo e Hugo conduz uma boa jogada de contra-ataque para desmarcar Rafael Barreiros que remata um pouco torto.
No minuto seguinte é Leonardo que tem uma boa leitura de jogo lança Hugo que vindo de tr´s remata forte àbase do poste da baliza local.
Era um período de enorme pressão academista onde os cantos se sucediam e Hugo primeiro e depois Rui em boa posição obrigam Luis a esforços suplementares para evitar o ampliar do marcador.
Aos 24 minutos nova ocasião para o Académico marcar quando Rafael Barreiros ganha a bola na sua defesa assumindo o ataque e em boa posição remata por alto.
O Sátão tentava reagir mas as as forças já eram escassas e o Académico dominava essas investidas. Aos 60 minutos novo bom momento quando Carlos Santos a rematar bem e obriga Luis Faro a nova boa defesa. Já sobre o habito final golo merecido para os academistas face ao jogo mostrao na segunda parte e para Hugo que tem um bom remate de longe batendo o voo de Luis Faro.
Vitória justa academista que dominou a partida e mostrou ser um candidato à passagem à fase seguinte face a um adversário que teve poucas ocasiões de golo.


Melhor em campo: Marcelo. Uma formiguinha lutadora que defende e ataca de forma certa. Conseguiu premiar a sua exibição com dois golos e com estes levou de vencida um duelo com Luis Faro que também rubricou uma boa exibição evitando mais golos academistas
In: poder academista. Mostrou ter uma equipa compacta e com bastantes soluções no banco. Conseguiu eliminar os pontos fortes da turma local e assumir um jogo que se previa mais dificil do que na prática se assistiu. Mostrou-se a bom nível na defesa e no ataque e sai deste jogo com a liderança na tabela classificativa.
Out: fragilidades locais. Não conseguiu mostrar o seu bom futebol, muito devido à boa acção academista que eliminou os seus pontos fortes. Teve uma segunda parte mais fraca onde poucas ocasiões de perigo criou e desiludiu um pouco. Pela sua parte Luis Faro foi a figura da partida que com um punhado de boas defesas evitou um resultado mais largo.
Outros resultados:
Mangualde - Viseu Benfica 2:1
Viriatos - Penalva Castelo 0:3
Lusitano Vildemoinhos - Paivense 4:1

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu33001839
Lusitano Vildemoinhos320187

6

Sátão32012146
Penalva Castelo3201736
Paivense3102873
Viriatos3102512

3

Mangualde31022203
Viseu Benfica30031140

22 outubro 2009

Força aí campeão!

Toni, espero que o pior momento já tenha passado e que a recuperação seja rápida e com tudo de bom a acontecer.
Força ai dos teus amigos que esperam que tu continues a lutar pelo teu sonho e por tudo o que mereces e que conquistes isso!!















Espalha esse TEU SORRISO!
Abraço Jorjão e amigos

Resultados agridoces

Académico Viseu - Viseu Benfica B 11:1

As escolas A após o adiamento do seu primeiro jogo teve neste sábado passado o primeiro jogo. Frente à equipa B do Viseu e Benfica os academistas foram mostrando-se mais fortes e marcando vários golos até atingir a marca dos 11 golos com que o resultado final iria ser pintado.
Boa estreia academista neste escalão que nos ultimos anos tem assegurado o acesso às fases finais do mesmo

Outros resultados:
Estrela Mondego - Ferreira Aves 3:3
Sátão - Mangualde 3:2

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Estrela Mondego2110544
Sátão2110544
Académico Viseu1100111

3

Ferreira Aves101033

1

Penalva Castelo1010221
Mangualde1001350
Viseu Benfica10011110


Académico Viseu - Viriatos 0:4

Por sua vez, a equipa B, uma equipa btante jovem e com margem de manobra defrontou a equipa dos Viriatos que e mostrou mais forte e venceu os academistas por 4-0. Força aí campeões!

Outros resultados:
Castro - Repesenses 1:3
Dínamo Estação - Ranhados 2:2
Viseu Benfica - Lusitano Vildemoinhos 0:1

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Lusitano Vildemoinhos22001106
Viriatos22001116
Ranhados211042

4

Viseu Benfica210161

3

Repesenses2101373
Dinamo Estação20112121
Académico Viseu 2002060
Castro20022100

20 outubro 2009

Resultados Escolas

Gostava de pedir o especial favor a quem assistiu neste fim de semana aos jogos das nossas Escolas o favor de me informar sobre os mesmos, visto não ter estado presente nos mesmos.
Se assistiu aos jogos:
Académico Viseu B - Viriatos
Académico Viseu A - Viseu Benfica


Comente esta noticia com pormenores do mesmo. Será possivel? Muito obrigado!

18 outubro 2009

Cambalhota no sprint final


Académico Viseu - Repesenses 2:1
Golos Académico Viseu:Flávio (33 min) e Rui Sérgio (70+4 min)
Golo Repesenses: Diogo Correia (3 min, pb)

Académico Viseu: Pedro Martins, Alexandre, Dio Correia, Stefane Costa, João Rodrigues (André Cunha, 48 min), Frederico (Flávio, 21 min), Rui Sérgio, Márcio, Guilherme (Gonçalo Pipo, 53 min), Rui Pipo e Tiago Pinto (Rafael Silva, intervalo)
Suplentes não utilizados: Mário Loureiro, Bernardo e Renato.
Treinador: João Costa
Repesenses: Rafa, Lopes (Hugo, intervalo), Pedro, Seara, Fábio Amaral, Ferraz, Gui (Girão, intervalo), Dio Varanda, Abreu (Tiago Pereira, 47 min), ricardo (Fábio, 61 min) e António José.
Suplentes não utilizados: Luis e Henrique
Treinador: Filipe Amaral

Cartões amarelos: Rui Pipo (60 min) e André Cunha (70+5 min)
Árbitro: Nuno ventura, Auxiliares: Carlos Pereira e Duarte Pinheiro (Viseu)

Este era um derby viseense que colocava duas das melhores equipas da serie C dos Nacional de Iniciados. Entrou melhor a turma forasteira que logo aos 3 minutos viria a marcar quando uma falta de comunicação entre Diogo Correia e Pedro Martins levam a bola a bater em Diogo e a anichar-se nas redes academistas.
Galvanizados pelo golo madrugador o Repesenses controlava o jogo, onde abreu e Ricardo eram os elementos que colocavam a defensiva academista em permanente alerta. O nervosismo academista começou aos poucos a dissipar-se a partir dos 10 minutos e aos 13 minutos Guilherme tem um bom centro onde Rui sérgio consegue cabecear mas um pouco por alto. Na resposta é Diogo Varanda que de forma acrobática leva mais uma vez o perigo à baliza academista.
A partida estava mais equilibrada e jogada muito no meio campo sem grandes momentos de emoção e só à passagem do minuto 27 é que surge algo de realce. Lance duvidoso na área academista quando os adeptos repesenses reclamam uma alegada mão de um defesa academista no interior da sua área. Mais perto do lance o árbitro mandou seguir.
Aos 33 minutos boa jogada de Abreu a desmarcar bem Ricardo que é desarmado da melhor forma por Pedro Martins que assim evita o ampliar do marcador. Quem não marca sofre e esta máxima concretizou-se quando Flávio bem lançado em velocidade consegue ultrapassar os defesas contrárias e é mais forte que Rafa e faz o golo do empate, numa altura que este resultado já se ajustava.
Chegava-se ao intervalo que parecia ajustado face a uma melhor entrada repesenses que contudo o Académico foi aos poucos controlando e assumindo o seu jogo.
Tal como na primeira parte foi o Repesenses que entrou melhor na segunda parte e aos 40 minutos novo lance polémico quando Abreu remata e a bola aparenta bater no peito de Diogo Correia. Todavia os adeptos forasteiros reclamam nova grande penalidade. Dois minutos a seguir Hugo remate bem e colocado e Pedro Martins tem uma boa defesa com os pés quando os adeptos repesenses já gritavam golo.
Aos poucos o Académico Viseu assumia o jogo e aos 45 minutos Diogo marca bem um livre e tanto Márcio como Stefane não conseguem concretizar quando estavam em boa posição para o golo.
Dois minutos a seguir grande ocasião de golo para os academistas quando Rui Pipo bate bem um livre e Rafa não consegue a melhor defesa e Márcio em boa posição não consegue encaminhar a bola para as redes repesenses.
Era o Académico agora que pressionava e aos 51 minutos Flávio obriga Rafa a defesa atenta.
O Académico empurrava o Repesenses para terrenos mais atrasados de onde saia em rápidos contra.ataques onde Ferraz e Hugo eram os elementos que levavam o perigo à baliza de Pedro Martins.
Entrava-se numa fase onde qualquer erro poderia ser fatal e isso viria mesmo a acontecer quando num canto marcado por Rui Pipo, Rafa não consegue a melhor defesa e deixa a bola a pingar para Rui Sérgio que é mais forte que dois defesas contrárias e na briga consegue rematar levando as bancadas academistas ao rubro com um golo marcado mesmo no sprint final.
Arbitragem muito um critério técnic muito lato a deixar jogar que por vzes leva a deixar faltas por assinar. Nos lances mais contestados parece ter tido razão, pois encntrava-se em cima dos mesmos e sem foco de desestabilização.
Vitória academista mesmo no limite que premeia a insistência, castigando em demasia uma turma repesenses que tudo fez para regressar a casa com poucos.

Melhor em campo: Alexandre. Simplesmente imperial! Não perdeu um lance e foi a trave mestre de uma defesa que soube aos poucos controlar os impetos repesenses. Ainda procurou alimentar o seu ataque com rápidas investidas e desta forma foi o melhor elemento na partida.
Out: comportamentos. Já não é a primeira que ouço nestes derbys frases de promoção à violência por parte de quem deve formar os jovens jogadores. Um adulto deve ser sempre um exemplo para estes jovens jogadores e incentivar a que batam em colegas e muito dos casos amigos acho que roça mesmo o ridículo. Embora no foco da emoção os jovens ainda conseguem ser eles sim o bom exemplo!
In: equipas. Duas boas equipas que lutaram com os seus melhores argumentos pelo melhor resultado. Conseguiram mostrar o seu bom nível e cativar o público para este derby que foi vivido com muita emoção, entrega e dedicação.

Outros resultados:
São Romão - Mangualde 0:1
Estação - Oliveirense 0:1
Marialvas- Águeda 5:1
Tourizense - Lusitano Vildemoinhos 5:0
Beira Mar - Taboeira 2:0


Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Beira Mar660024118
Académico Viseu650118615
Taboeira6411116

13

Repesenses64021010

12

Oliveirense63127210
Marialvas631212810
São Romão6303579
Tourizense621313107
Mangualde6204676
Lusitano Vildemoinhos61053183
Águeda61054243
Estação60063170

Empate justo infantil



Académico Viseu - Casa Benfica Viseu 2:2
Golos Académico Viseu: João Caiado (28 min, pb) e Rúben (38 min)
Golos Casa Benfica: José (6 e aos 52 min)

Académico Viseu: Alexandre, Daniel Tavares, Rúben, Ferreira, Denis, Rui, Miguel Ângelo, Tiago Guerra, Guilherme Costa, Bernardo, Guilherme e Rui Pedro.
Treinador: Simão.
Casa Benfica Viseu: Elísio, Bernardo Pereira, Tiago, Filipe, José, Bernardo Figueiredo, Rodrigo, Gabri, Rúben, Pedro teles, João Caiado e João Teles.
Treinador: Luís Filipe.

Este era um jogo onde se jogava a liderança da série D do Campeonato de Infantis. Começava melhor o Casa do Benfica que logo no primeiro minuto disfruta de uma boa ocasião quando José centra largo quase surpreendendo Alexandre.
A resposta é pronta com Bernardo a centrar bem e Ferreira em boa posição a não conseguir o melhor remate.
Aos 6 minutos surge um dos momentos do jogo quando José remata a bola e Alexandre consegue a defesa, levando a bola a embater na base do seu poste. Caprichosamente a bola percorre toda a linha sem entrar na baliza. Mal posicionada no campo a árbitra assistente dá sinal de golo dando desta forma tons ao marcador de forma errada.
Este golo tem o condão de enervar ainda mais os jovens academistas e eram os benfiquistas que dominavam a partida com rápidas triangulações procurando o golo que esteve perto de acontecer à passagem do minuto 15 quando novamente José coloca à prova Alexandre. Aos 17 minutos é João Caiado que tem uma boa jogada individual e libertando-se dos seus oponentes remata bem mas Alexandre mostra serviço evitando assim o ampliar do marcador.
A partir dos 20 minutos o Académico começa a assumir o jogo e aos 24 minutos é Rui que remata forte mas sem a melhor direcção.
Contudo aos 28 minutos surge o golo academista depois de Ferreira marcar o canto e Miguel Ângelo tocar na bola e esta ainda toca em João Caiado que em missão defensiva trai o esforçado João Teles.
Estava feito o empate, resultado que se ajustava aquilo que se via onde após uma melhor entrada dos benfiquistas, os academistas conseguiram equilibrar e ter também eles oportunidades de golo.
Tal como na primeira parte é a Casa do Benfica que com boas trocas de bola levava o perigo à baliza de Alexandre. Isso aconteceria aos 37 minutos quando Bernardo Pereira remata bem mas fraco para defesa atenta de Alexandre.
No minuto seguinte o golo viria mesmo a surgir mas por parte do Académico no seguimento de um canto onde os jovens academistas demonstram o maior poderio fisico e Rui ganha o lance já no interior da área e liberta para Rúben que remata bem fazendo o golo que dava a cambalhota no marcador.
A partir deste golo os jovens benfiquistas carregam no acelerador e aos 40 minutos é Bernardo Figueiredo na marcação de um livre que obriga Alexandre a boa defesa.
Era a luta da técnica contra a força e Gabri aos 48 minutos obriga mais uma vez Alexandre a boa defesa. Por outro lado o Académico assentava o seu jogo em rápidas reposições de forma a procurar vantagem no poderio físico de Rui que foi bastante bem marcado por Bernardo Pereira. A justiça no marcador viria a surgir quando aos 52 minutos Rúben consegue ganhar o lance e no meio da confusão José consegue ser o elemento mais frio e bater o esforçado Alexandre.
Aos 56 minutos novo caso polémico quando parece haver lance para grande penalidade no interior da área academista num lance dividido onde em boa posição o árbitro fica com dúvidas e nada assinala.
Estava feito o empate que poderia ter sido alterado já sobre o apito para o final quando Gabri tem boa jogada individual que liberta para Rodrigo que em boa posição falha o alvo do
Resultado justo, onde ambas as equipas procuraram embora que de formas distintas o melhor resultado possível.
Arbitragem desastrosa.
Melhor em campo: Alexandre. O guarda-redes academista mostrou toda a sua atenção e com um punhado de boas e atentas defesas manteve o Académico na luta pelo melhor resultado. É um guarda-redes que mostrou serviço sempre que foi chamado e de forma calma conseguiu vencer muito dos duelos que travou.
Out: equipa de arbitragem. Foram erros atrás de erros! Começando com o uso inapropriado de equipamentos da mesma cor que os academistas e acabando em faltas mal assinaladas foram 60 minutos de uma arbitragem fraca. A equipa de arbitragem formada nestes escalões de formação por 2 elementos neste jogo só se resumiu praticamente a um e no instante que o outro agiu, foi de forma errada quando assinalou golo numa jogada que não tinha acontecido. Ficou prejudicado o futebol e principalmente as duas equipas que mostraram um melhor nível exibicional que a terceira equipa em terreno.
In: ambas as equipas. Enquanto que a Casa do Benfica mostrou um futebol rendilhado, bonito e de permanentes trocas de golo, o Académico mostrou um futebol directo e acima de tudo prático. Ambas procuraram embora que por caminhos distintos o melhor resultado que seria a vitória e desta forma não mereciam ter o travo amargo da derrota. Parabéns campeões!
Outros resultados:
Ranhados - Travanca 10:0
Viseu Benfica - Repesenses 2:1

Clube

J

V

E

D

GM

GS

Pontos

Académico Viseu32101747
Casa Benfica Viseu32101427
Viseu Benfica220185

6

Repesenses210142

3

Ranhados31021033
Drizes1001240
Travanca10010100
Lusitano Vildemoinhos20020150

Aniversário Diogo Cunha


Hoje é o Diogo Cunha o aniversariante. Ele é Junior no nosso clube.

Parabéns CAMPEÃO!!